Dominique Perrault vence concurso para o projeto do novo Instituto de Design e Inovação de Shenzhen

Dominique Perrault vence concurso para o projeto do novo Instituto de Design e Inovação de Shenzhen

A Dominique Perrault Architecture, em parceria com o escritório chinês de arquitetura Zhubo Design Co, acaba de ser anunciada como a equipe vencedora do concurso internacional para o projeto do novo campus do Instituto de Design e Inovação de Shenzen, China. Implantada junto ao pé de uma longa montanha, a estrutura projetada pela equipe de arquitetura da Dominique Perrault se revela como um edifício horizontal delicadamente encaixado na paisagem, preservando as vistas para a montanha à medida que procura estabelecer uma relação direta com o entorno natural.

Cortesia de Dominique Perrault ArchitectureCortesia de Dominique Perrault ArchitectureCortesia de Dominique Perrault ArchitectureCortesia de Dominique Perrault Architecture+ 10

O novo campus do Instituto de Design e Inovação, inserido junto à Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul (SUSTech) de Shenzhen, foi concebido para acomodar uma comunidade de mais de 4.000 novos alunos. O projeto apresentado pela equipe de arquitetura da Dominique Perrault foi inspirado no caractere do alfabeto chinês “—”, o qual consiste em uma única linha horizontal e foi traduzido pelos arquitetos na forma de um edifício de mais de 700 metros de comprimento. O programa deste extenso edifício que parece pairar sobre a exuberante floresta que cerca o campus da Universidade de Ciência e Tecnologia no extremo sul da cidade de Shenzhen, se organiza em torno de dois elementos principais, os quais foram chamados pelos arquitetos de “Hiper-Solo” e “Hiper-Cobertura”.

Cortesia de Dominique Perrault Architecture
Cortesia de Dominique Perrault Architecture

O “Hiper-Solo”, que representa a planta baixa do edifício, acolhe todos os espaços de serviços e locais de encontro do novo Instituto de Design e Inovação da Universidade de Ciência e Tecnologia de Shenzhen. A organização do programa neste primeiro nível foi pensada pelos arquitetos de forma a induzir e incentivar as trocas e interações entre os alunos e a comunidade acadêmica em geral. Como que serpenteando por baixo do extenso volume suspenso do edifício principal, um passeio público opera como elemento de conexão entre os diversos elementos do programa do novo edifício. Os espaços de uso compartilhado com a universidade, como a biblioteca, o auditório e as salas de exposições, estão contidas em uma série de volumes circulares em forma de cúpula. Implantado junto ao limite entre o campus e a cidade, um anfiteatro público opera como uma nova porta de entrada para a universidade, acolhendo tanto alunos como visitantes.

Cortesia de Dominique Perrault Architecture
Cortesia de Dominique Perrault Architecture

O volume principal do edifício em barra, por sua vez, abriga principalmente as salas de aula e laboratórios de ensino, com um amplo parque panorâmico em forma de terraço aberto. Chamado de “Hiper–Cobertura”, este parque público acessível articula-se de forma a integrar uma série de programas e atividades, desde jardins e áreas de lazer até instalações esportivas. Desta forma, a imensa cobertura jardim também desempenha um papel fundamental na operação do edifício como um todo, abrigando ainda um amplo sistema de gestão de águas e geração de energia. O sistema de proteção de fachada, com suas sutis linhas verticais, proporciona ao edifício uma aparência vibrante que dialoga com a paisagem. O layout interno, por outro lado, é bastante livre e foi pensado para proporcionar uma maior flexibilidade, permitindo ao edifício adaptar-se às futuras demandas que possam surgir com o tempo. 

Cortesia de Dominique Perrault Architecture
Cortesia de Dominique Perrault Architecture

O projeto para o novo campus do Instituto de Design e Inovação de Shenzhen faz parte de uma série de concursos internacionais de arquitetura organizados recentemente por algumas das principais instituições públicas da cidade Shenzhen. Com o principal objetivo de divulgar o nome da cidade e promover-me-ia-la como um novo pólo internacional para as ciências, cultura e inovação, esta ampla iniciativa já conta com uma série de outros importantes projetos em andamento, como o Conservatório de Música projetado por Miralles Tagliabue EMBT, o projeto de Jean Nouvel para a Ópera House de Shenzen e o Museu Marítimo concebido pelo SANAA.

  • Localização: Bao’an Education City, Fenghuangshan Creative Park, Shenzhen, China
  • Área do terreno: 348 955 m²
  • Área construída: 300 000 m²
  • Cliente: Engineering Design Management Center of Bureau of Public Works of Shenzhen Municipality, Shenzhen, China
  • Arquitetos locais: ZHUBO DESIGN CO., LTD; Shenzhen, China
  • Paisagismo: PWP LANDSCAPE ARCHITECTURE, California, E.U.A.
  • Consultor de Engenharia: BuroHappold Engineering, Reino Unido
  • Perspectivas e videos: Fancy Digital Technology Co Limited, Pequim, China

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Cutieru, Andreea. "Dominique Perrault vence concurso para o projeto do novo Instituto de Design e Inovação de Shenzhen" [Dominique Perrault Architecture Wins Competition for Shenzhen’s Institute of Design and Innovation] 12 Abr 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/959765/dominique-perrault-vence-concurso-para-o-projeto-do-novo-instituto-de-design-e-inovacao-de-shenzhen> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.