Oito edifícios do Plano Piloto recebem o Selo CAU/DF – Arquitetura de Brasília

Oito edifícios do Plano Piloto recebem o Selo CAU/DF – Arquitetura de Brasília

Dois edifícios do Plano Piloto de Brasília receberam o Selo CAU/DF – Arquitetura de Brasília 2020 e outros seis o receberão nos próximos dias. Lançado em agosto deste ano pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal, o selo tem o objetivo de reconhecer o valor histórico das edificações não monumentais de Brasília e de seus autores, bem como divulgar as boas práticas de conservação e manutenção predial que preservaram a linguagem arquitetônica do movimento moderno.

SQS 204 bloco K. Foto © Marina LiraSQS 210 bloco C. Foto © Joana FrançaSQN 108 bloco D. Foto © Victor MachadoSQN 206 bloco I. Foto © Victor Machado+ 9

A solenidade de entrega do Selo aos primeiros dois edifícios contemplados – SQS 210 bloco C e SQS 309 bloco E – ocorreu na quarta-feira, dia 2 de dezembro, com a presença dos (co)autores dos projetos arquitetônicos e/ou de seus familiares, de síndicos, autoridades locais, moradores e representantes do CAU/DF.

SQS 309 bloco E. Foto © Joana França
SQS 309 bloco E. Foto © Joana França

Quem passar próximo aos edifícios poderá ver o Selo aplicado diretamente sobre o prisma de identificação dos blocos residenciais e também posicionado em placas nas portarias de entrada. O Selo é uma marca desenvolvida e doada pelo arquiteto e urbanista Danilo Barbosa – coordenador da equipe que criou o projeto das placas de sinalização da cidade, em 1976.

SQS 314 bloco K. Foto © Joana França
SQS 314 bloco K. Foto © Joana França

Na solenidade de entrega do Selo, houve também a outorga de certificados ao(s) autor(es) do projeto original (ou um representante); ao(s) autor(es) do projeto de reforma/restauro (se houver); ao responsável técnico pela execução da obra, e ao condomínio. Os demais edifícios indicados e não contemplados este ano pelo Selo CAU/DF – Arquitetura de Brasília receberão uma carta com observações realizadas pela Comissão Temporária de Patrimônio do CAU/DF e continuarão a ser observados nas próximas edições.

SQS 203 bloco C. Foto © Joana França
SQS 203 bloco C. Foto © Joana França

A partir de 2021, a intenção do Conselho é abrir inscrições para edifícios que se considerem aptos a receber o Selo.

As edificações do cotidiano, infelizmente, nunca tiveram o mesmo reconhecimento histórico que os destacados palácios, igrejas e edifícios públicos de Brasília. Muitas foram alvos de sucessivas reformas de manutenção predial que alteraram suas características originais, principalmente de suas fachadas. O Selo vem, portanto, reconhecer o trabalho daqueles profissionais que souberam preservar as características originais dessas edificações em seus projetos de reforma, sem deixar de adaptá-las às exigências da legislação atual, às normas técnicas, às novas funcionalidades e tecnologias advindas com o avanço dos tempos. — Daniel Mangabeira, presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal

Os seis edifícios que ainda receberão o selo são: SQS 314 bloco K, SQN 108 bloco D, SQN 206 bloco I, SQN 416 bloco H, SQS 204 bloco K e SQS 203 bloco C.

SQN 416 bloco H. Foto © Victor Machado
SQN 416 bloco H. Foto © Victor Machado

Via CAU/DF

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Oito edifícios do Plano Piloto recebem o Selo CAU/DF – Arquitetura de Brasília" 03 Dez 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/952629/oito-edificios-do-plano-piloto-recebem-o-selo-cau-df-nil-arquitetura-de-brasilia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.