Luís Pedro Pinto vence concurso para a expansão da sede da Ordem dos Arquitectos em Lisboa

Luís Pedro Pinto vence concurso para a expansão da sede da Ordem dos Arquitectos em Lisboa

Luís Pedro Pinto venceu o concurso para a expansão da sede da Ordem dos Arquitetos em Lisboa, Portugal. Selecionado entre os 66 trabalhos apresentados, o projeto faz parte de um concurso público e, segundo o júri, foi elogiado por “sua coesão, coerência e imagem unitária”.

A proposta vencedora, que mostra leveza informal e uma geometria rigorosa, respeita o ambiente e se destaca do contexto urbano, segundo o júri. De fato, o relatório final afirma que a intervenção escolhida “se distingue por sua singularidade expressa pela implantação original em uma relação equilibrada entre os aspectos urbanos do local, o posicionamento em frente ao prédio da sede da OA, a requalificação ambiental da rua (na melhoria das suas condições de salubridade), bem como na salvaguarda e requalificação dos valores patrimoniais presentes”.

Image © LAMB3D
Image © LAMB3D

Luís Pedro Pinto, nascido em Lisboa em 1978, colabora em projetos na Bak Gordon Architects há mais de uma década antes de estabelecer em 2018 sua própria prática, o STUDIO_LPP. Classificado em 2012, como um Grupo de Interesse Público, sua proposta sugere uma requalificação rápida e expressiva do edifício, enfatizando uma relação volumétrica autônoma e garantindo uma passagem coberta solicitada no programa, mantendo a autonomia formal para os edifícios: a Sede e o Anexo.

O desenho de Luís Pedro Pinto confere especial importância à rua, "na clara definição de seus limites, no aumento efetivo da área de estar e de uso, nas possibilidades de circulação e no cuidadoso arranjo das funções aqui estabelecidas". Sua abordagem gera um espaço público aberto e funcional, melhorando a elevação existente ao sul dos Banhos de São Paulo e a nova fachada do edifício anexo.

Cortesia de Luís Pedro Pinto
Cortesia de Luís Pedro Pinto
Cortesia de Luís Pedro Pinto
Cortesia de Luís Pedro Pinto

Elogiando a fachada preexistente, a intervenção imaginada mantém o essencial e o necessário para o novo projeto. Uma linha de ajuste (e demolição) definida a cerca de 3,2 metros do solo apoiará a nova construção e corresponderá ao início da curva. Além disso, esse gesto serve para, entre outras coisas, remover o peso de uma parede que já está muito deformada, ajudando na sua estabilidade. “Essa parede será mantida, do lado de fora, em seu estado atual, sem pintura, limpeza ou elevações (apenas tecnicamente garantindo sua integridade). Ela carregará sua memória, pôsteres colados, grafites ou pinturas antigas e reforçará o contraste com um novo e imaculado volume acima”, afirma Luís Pedro Pinto.

Continue lendo para conhecer os vencedores dos três primeiros lugares. Confira a lista completa dos premiados aqui.

1° Lugar

Luís Pedro Pinto

Image © LAMB3D
Image © LAMB3D

2° Lugar

Pedro Matos Gameiro Arquitecto + Bugio II Arquitectura Unipessoal

2° Lugar. Imagem Cortesia de Pedro Matos Gameiro Arquitecto, Lda + Bugio II Arquitectura Unipessoal, Lda
2° Lugar. Imagem Cortesia de Pedro Matos Gameiro Arquitecto, Lda + Bugio II Arquitectura Unipessoal, Lda

3° Lugar

Samuel Dias Arquitectos

3° Lugar. Imagem Cortesia de Samuel Dias Arquitectos
3° Lugar. Imagem Cortesia de Samuel Dias Arquitectos

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Luís Pedro Pinto vence concurso para a expansão da sede da Ordem dos Arquitectos em Lisboa" [Luís Pedro Pinto Selected to Design the Expansion of the OA Headquarters in Lisbon] 09 Jul 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/943257/luis-pedro-pinto-vence-concurso-para-a-expansao-da-sede-da-ordem-dos-arquitectos-em-lisboa> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.