Impermeabilização à base de pneus reciclados: redução de desperdícios e emissões

Impermeabilização à base de pneus reciclados: redução de desperdícios e emissões

No México, 40 milhões de pneus usados são jogados fora todos os anos e apenas 12% são reciclados. Pneus são um resíduo de difícil manuseio, devido ao grande volume produzido, sua durabilidade e aos seus componentes que são prejudiciais ao meio ambiente. Segundo especialistas, no México cerca de 5 milhões de pneus são reciclados em produtos orgânicos e na indústria de cimento.

Pneus velhos podem ser usados como um agregado para a fabricação de cimento Portland ou como uma fonte alternativa de combustível para criar o próprio cimento Portland [1]. A maioria, no entanto, acabará em aterros, em telhados, em hortas ou em ruas, mares, rios e florestas. O fato de os pneus não serem biodegradáveis e fortes o suficiente para resistir ao teste do tempo significa que eles dominam uma quantidade significativa de espaço nos aterros sanitários.

via Overcrew / Shutterstock
via Overcrew / Shutterstock

Muitas vezes, os pneus são queimados em vez de reciclados devido ao seu potencial combustível, mas pesquisas mostram que as emissões desses pneus são perigosas para o meio ambiente e para as pessoas. A queima de pneus produz fumaça tóxica e preta e a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) explica em seu documento "Emissões de ar da combustão de pneus de sucata" (“Air Emissions from Scrap Tire Combustion”) que testes de laboratório mostram que a queima de pneus libera 34 diferentes compostos mutagênicos no ar. Esses compostos representam o maior potencial de efeitos nocivos para os sistemas hormonal, imunológico e nervoso, pulmões e coração, e podem até causar câncer.

É preciso, porém, vontade política dos governos para acelerar a reutilização de pneus. A parte mais cara do processo para muitos é a coleta e transferência de pneus para a usina de reciclagem e, portanto, eles acabam sendo despejados em algum lugar ou queimados ilegalmente. A empresa mexicana a3p utiliza pneus reciclados para fabricar materiais impermeabilizantes, descrevendo aqui os desafios, "temos uma fábrica no Distrito Federal onde 300.000 unidades são recicladas semestralmente. Se houvesse uma planta em cada um dos 32 estados do México, instalada diretamente onde eles são encontrados como lixo, 40 milhões seriam esgotados".

Courtesy of a3p
Courtesy of a3p
Courtesy of a3p
Courtesy of a3p

A impermeabilização a3p, Imperllanta, pode ser usada em várias aplicações e, devido aos seus componentes de borracha, é altamente flexível e duradoura. Embora alguns tipos de impermeabilização devam ser reaplicados anualmente, Imperllanta pode durar de 7 a 10 anos antes do novo revestimento. O produto também é ecológico e com um bom custo-benefício, proporcionando uma economia média de 66% em relação a outros produtos de impermeabilização de superfícies de borracha. No México, o produto já foi utilizado com sucesso em projetos tão grandes quanto o Aeroporto Internacional de Toluca [1].

Courtesy of a3p
Courtesy of a3p

As possibilidades de reciclagem e reutilização de pneus também podem gerar maior atividade econômica do que simplesmente usar pneus para combustão, mantendo os pneus usados fora do fluxo de resíduos e evitando a liberação de poluição e emissões nocivas ao meio ambiente. Pneus velhos podem ser usados como materiais de construção, desde o uso de pneus inteiros na construção de terra batida até pedaços de pneus que se tornam aterros ou isolamento abaixo do nível da estrada [2]. Alguns produtos de vestuário, como sapatos, podem ser criados a partir do corte e estampagem de pneus, e outro uso comum é em quadras esportivas e coberturas de playground.

Courtesy of a3p
Courtesy of a3p

Em uma escala mais individual, os pneus de sucata também podem ser utilizados em muitos novos usos criativos. Assentos, balanços, jardineiras, mesas, equipamentos de playground e até lâmpadas (e certamente vários outros projetos) podem ser criados a partir de pneus. O reaproveitamento dessas rodas de borracha duráveis e versáteis contribui para uma mentalidade geral e prática de reutilização para indivíduos e comunidades. Em uma empresa ou mesmo na capacidade do governo, ele pode desviar literalmente toneladas de resíduos dos aterros e impedir que emissões nocivas sejam liberadas no ar, enquanto utiliza um material disponível e conveniente para suas qualidades mais úteis.

Pneus reaproveitados como assentos. Image © Megan Schires
Pneus reaproveitados como assentos. Image © Megan Schires

[1] http://www.la-razon.com/suplementos/el_financiero/Llega-proteccion-llantas-recicladas-financiero_0_3101089868.html
[2] https://archive.epa.gov/epawaste/conserve/materials/tires/web/html/civil_eng.html

Galeria de Imagens

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: "Impermeabilização à base de pneus reciclados: redução de desperdícios e emissões " [Recycling Tires as Waterproofing Reduces Landfill Waste and Emissions] 30 Mar 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/936455/impermeabilizacao-a-base-de-pneus-reciclados-reducao-de-desperdicios-e-emissoes> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.