Nova Iorque aprova lei que exige edifícios seguros para pássaros

Nova Iorque aprova lei que exige edifícios seguros para pássaros

O Conselho Municipal de Nova Iorque aprovou uma lei que exige que todas as novas edificações acima de 23 metros de altura (75 pés) usem vidros seguros para aves. Estima-se que mais de 200 mil pássaros colidam anualmente com as superfícies envidraçadas dos edifícios da cidade. 

A legislação entrará em vigor em dezembro de 2020. O projeto de lei foi apresentado pelo membro do Conselho do Brooklyn, Rafael Espinal, e foi aprovado com 41 votos a favor e apenas 3 contra. Segundo o New York Times, 29% dos pássaros desapareceram da América do Norte desde 1970. A nova lei exige que 90% dos primeiros 23 metros verticais das fachadas dos novos edifícios sejam construídos com materiais seguros para pássaros. “Os pássaros são uma parte vital do nosso ecossistema e tenho orgulho de que a cidade de Nova Iorque esteja assumindo a responsabilidade por nosso papel nesse ecossistema que existia muito antes dos nossos imponentes arranha-céus”, disse Espinal.

Rita McMahon, diretora do Wild Bird Fund, diz que esta "é uma decisão histórica. O que o Conselho fez foi salvar milhares de vidas e, esperamos, outras cidades, construtores e arquitetos seguirão o exemplo de Nova Iorque.” A nova lei está alinhada com os planos do prefeito Bill de Blasio, que pretende proibir a construção de arranha-céus de vidro, visando reduzir em 30% as emissões de efeito estufa na cidade. 

Via Curbed NY

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Nova Iorque aprova lei que exige edifícios seguros para pássaros" [New York City Votes to Require Bird-Friendly Construction] 26 Dez 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/930581/nova-iorque-aprova-lei-que-exige-edificios-seguros-para-passaros> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.