Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Vencedores do concurso de arquitetura da UED: imaginando a cidade do futuro

Vencedores do concurso de arquitetura da UED: imaginando a cidade do futuro
© Cui Kai
© Cui Kai

O segundo Concurso Internacional de Planejamento Urbano e Design de Hebei - Desenho Urbano de Xingdong, organizado pela Revista Urban Environment Design (UED), anunciou sua lista de vencedores para a edição deste ano, com o tema "Cidade do Futuro".

Empresas de arquitetura premiadas participaram da competição, refletindo sobre o urbanismo transformador de Xingtai e interpretando seu desenvolvimento contínuo com base em fatores sociais, econômicos, demográficos, ecológicos e culturais.

Cortesia de Zaha Hadid Architects © Yang Baojun © Yang Baojun © UNStudio + 13

A cidade chinesa de Xingtai é um importante ponto focal entre Pequim, Tianjin e Hebei. Com os novos desenvolvimentos no distrito de Xingdong, foi importante explorar e integrar suas vantagens espaciais e industriais e construir uma plataforma internacional para empreendimentos e negócios estrangeiros. A competição foi baseada nas condições de desenvolvimento existentes na cidade de Xingtai, combinadas com estratégias recentes e visões futuristas.

Primeiro colocado: Equipe Cui Kai 
Projeto: Como ativar uma nova área através do planejamento e desenho? Desenvolvimento liderado por infraestrutura como uma das abordagens.

© Cui Kai
© Cui Kai

A equipe de Cui Kai propôs uma "economia sob trilhos de alta velocidade" como a energia motriz da "Cidade do Futuro" de Xingdong, com base em sua adjacência ao trem de alta velocidade. A proposta vencedora é eficiente, gerenciável e pode ser executada dentro de um curto período de tempo. A empresa integrou a arquitetura às paisagens e à estação, combinando a cidade em uma forma espacial "orientada a aglomerados". A implementação de “serviços circulantes” situou a Estação Leste de Xingtai no coração da cidade, combinando estrategicamente comércio, exposições, conferências, hotéis e infraestruturas residenciais. A cidade também foi alinhada ao planejamento regional do "Eixo de Desenvolvimento de Jingbaoshi", criando um novo impulso para o desenvolvimento econômico de Xingdong.

Segundo Colocado (1): Equipe Yang Baojun
Projeto: Como a cidade vive com o meio ambiente? "Inverta" o pensamento e a natureza como lar.

© Yang Baojun
© Yang Baojun

A proposta de "Breeze City" da equipe Yang Baojun foi selecionada como um dos segundos colocados na competição. A proposta era sustentável, orientada para o futuro e flexível em termos de desenvolvimento. O projeto concentrava-se em três corredores "de vento", introduzindo uma nova "brisa" no novo distrito. A proposta criou seu próprio jardim, servindo de pano de fundo para o rio Niuwei. Os sistemas de água chegam ao oeste, ligando Xingtai à cidade de Niu, a Expo Horticultura, o Parque Ecológico Central e o trem de alta velocidade de Xingdong. Oficinas, fóruns de arte, áreas de jardinagem foram implementadas ao longo do rio, construindo uma "comunidade ecológico-artística".

© Yang Baojun
© Yang Baojun

Segundo Colocado (2): UNStudio
Projeto: Qual é o caminho para o futuro? "Azul esverdeado" para prosperar.

© UNStudio
© UNStudio

A proposta "Capital Verde, Cidade Azul" do UNStudio re-imagina o conceito de "cidade futura", definindo um impulso econômico que se concentra na saúde física, mental e social dos moradores da cidade. O estúdio propôs um "motor ecológico verde-azulado" que coabita humanos, plantas e animais em um ambiente seguro e limpo. Sua implementação sustentável foi a de paisagismo, elementos de água, arquitetura e infraestrutura.

© UNStudio
© UNStudio

Com o passar do tempo, os requisitos para as cidades têm se modificado. Do "baixo custo, aceleração" às profundas mudanças na "re-inovação, qualidade", a nova era exige desenvolvimento de alta qualidade em muitos aspectos, enfatizando humanismo, habitabilidade, características e ecologia. Atualmente, a China está em processo de informação, inteligência, ecologia e humanismo. As cidades em mudança não estão mais rigidamente ligadas à forma espacial tradicional. As cidades precisam de mais esforços para retornar às necessidades das pessoas, melhorar a experiência urbana, melhorar a qualidade da cidade e promover melhor o desenvolvimento urbano futuro. - Revista UED

Outras propostas notáveis incluem:

Morphosis

© Thom Mayne Team
© Thom Mayne Team

O estúdio de Thom Mayne propôs o conceito de “Nova área de Xingdong, cidade de cem parques”, uma junção de paisagens naturais, conectando diferentes comunidades e tecidos urbanos, além de promover um desenvolvimento sustentável e equilibrado.

© Thom Mayne Team
© Thom Mayne Team

Zaha Hadid Architects

Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects

A proposta de Zaha Hadid Architects trouxe um novo modelo de projeto urbano que foca no crescimento da urbanização, a evolução econômica e cultural e as mudanças no ambiente construído, mas que reflete no planejamento urbano tradicional.

Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects

Equipe He Jingtang

He Jingtang propôs um conceito de planejamento baseado no tema “difundir a cultura, criando um futuro fora da cidade”. Seu desenho é baseado em quatro características que são “observação de estrelas, rega, construção e jardinagem”. Este é um plano que traz harmonia com a natureza e alta qualidade de vida.

© He Jingtang
© He Jingtang

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "Vencedores do concurso de arquitetura da UED: imaginando a cidade do futuro" [Winners of UED's Architecture Competition Imagine the City of the Future] 09 Nov 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/927853/vencedores-do-concurso-de-arquitetura-da-ued-imaginando-a-cidade-do-futuro> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.