Santiago Calatrava é condenado pelo Tribunal de Contas de Veneza por erros em projeto de ponte

Santiago Calatrava é condenado pelo Tribunal de Contas de Veneza por erros em projeto de ponte

O arquiteto espanhol Santiago Calatrava foi condenado pelo Tribunal de Contas de Veneza a pagar 78.000 euros por erros que aumentaram o custo da construção da Ponte da Constituição no Grande Canal da cidade.

Inaugurada em 2008, a ponte de quase 100 metros de comprimento, construída em aço e vidro, gerou controvérsias desde que foi apresentada, tanto por sua forma quanto pelo custo - que passou de 7 a 11,6 milhões de euros. 

A sentença aprovada no dia 6 de agosto condena o arquiteto por uma uma "negligência grosseira" na estimativa inicial, segundo apontaram diferentes meios de comunicação. Além de Santiago Calatrava, o engenheiro Salvatore Vento também foi condenado a pagar 10.989 euros.

Não apenas os atrasos e aumento do custo foram citados na condenação, mas também os numerosos casos de quedas de pessoas que caminham sobre a pavimentação de vidro e a subsequente construção de uma plataforma para permitir o acesso de cadeirantes. 

Via El País

Sobre este autor
Cita: Equipo Editorial. "Santiago Calatrava é condenado pelo Tribunal de Contas de Veneza por erros em projeto de ponte" [Santiago Calatrava recibe multa por negligencia en su puente de Venecia] 15 Ago 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/923135/santiago-calatrava-e-condenado-pelo-tribunal-de-contas-de-veneza-por-erros-em-projeto-de-ponte> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.