Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Lacaton & Vassal vence o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea

Lacaton & Vassal vence o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea

Lacaton & Vassal vence o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea
Lacaton & Vassal vence o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea, © Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

O projeto Transformação de 530 Casas – Grand Parc Bordeaux de Lacaton & Vassal architectes, Frédéric Druot Architecture e Christophe Hutin Architecture foi reconhecido com o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea. A inovadora renovação de três grandes blocos de habitação social em Bordeaux foi elogiada por "melhorar radicalmente o espaço e a qualidade de vida de seus ocupantes" e por otimizar seus custos de vida econômicos e ambientais.

© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal © Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal © Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal © Lacaton & Vassal, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal + 7

A transformação dos edifícios ofereceu aos residentes novas qualidades espaciais ao inventariar precisamente aquelas existentes que deveriam ser preservadas e quais estavam faltando e deveriam ser acrescidas. Como resultado, grandes jardins de invernos e varandas foram acrescentados para permitir que cada apartamento desfrute de mais espaços, iluminação natural e mobilidade. Pequenas janelas pré-existentes foram substituídas por grandes portas de vidro de correr voltadas para os jardins de inverno. O projeto também conta com novos saguões de entrada e jardins frontais. 

© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

Um dos aspectos mais impressionantes do projeto é o fato de nenhum morador ter saído de sua casa durante as obras. Tendo a permanência dos residentes como meta, o projeto evitou intervenções na estrutura e nas escadas pré-existentes, limitando-se a trabalhar apenas com as instalações e acabamentos. 

© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

Com 3,80 metros de profundidade, as extensões dos apartamentos foram feitas de módulos, lajes e colunas pré-fabricados, trazidos ao canteiro de obras e içados às suas posições. Além de ampliar o espaço interno das unidades, as extensões conectam cada ambiente aos jardins de inverno, proporcionando uma área privativa semi-externa que melhora o desempenho energético do envelope construído. 

De frente para a estrutura acrescentada, as janelas originais foram removidas pois continham elementos contaminados com amianto. Por trás do novo fechamento em vidro que vai do chão ao teto, cortinas térmicas oferecem isolamento extra para os interiores. Na fachada oposta, painéis transparentes de policarbonato corrugado e esquadrias de alumínio foram montados e equipados com cortinas solares reflexivas.

© Jordi García via EU Mies. Image Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Jordi García via EU Mies. Image Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

O júri valorizou o fato do projeto abordar o parque habitacional europeu do período pós-guerra usando o mínimo de recursos para alcançar o maior efeito possível. Em vez de demolir, ação que despenderia muita energia, neste caso o cliente compreendeu e apoiou as vantagens de transformar os três edifícios existentes. Isso mudou a vida das pessoas para melhor sem subestimar o modo como antes viviam.
- Citação do Júri. 

© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Philippe Ruault, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

O projeto vencedor foi escolhido dentre cinco finalistas - pré-selecionados dentre uma lista de 40 edifícios - e celebra as tendências e oportunidades de reutilização adaptativa, habitação e cultura em toda a Europa. Este ano, 383 trabalhos foram nomeados para o Prêmio, oriundos de 38 países de todo o continente europeu.

No prêmio Emerging Architecture 2019, o escritório reconhecido foi o BAST, com sede em Toulouse, selecionado por seu projeto para um refeitório escolar em Montbrun-Bocage, próximo aos Pireneus franceses.

© Lacaton & Vassal, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal
© Lacaton & Vassal, via EU Mies. Imagem Transformation of 530 dwellings / Lacaton & Vassal

Fundada em 1987 pela União Europeia, a Comissão Europeia, o Parlamento Europeu e a Fundació Mies van der Rohe - Barcelona, o Prêmio Mies Van der Rohe é um dos mais prestigiados e importantes da arquitetura europeia. Atribuído bienalmente a obras concluídas nos últimos dois anos, o prêmio “pretende fomentar a arquitetura de dois modos: estimulando a maior circulação de profissionais em toda a União Europeia em resposta a comissões transnacionais; e apoiando jovens arquitetos no início de suas carreiras." 

Entre os vencedores das edições passadas estão o DeFlat, do NL Architects e XVW Architectuur, o Philharmonic Hall Szczecin de Barozzi / Veiga; o Harpa Concert Hall and Conference Centre em Reykjavik, projetado por Henning Larsen em colaboração com o escritório islandês Batteríið e o artista Olafur Elíasson; e o Neues Museum in Berlin, projetado por David Chipperfield Architects e Julian Harrap.

Os prêmios serão entregues em uma cerimônia no dia 7 de maio no Pavilhão Mies van der Rohe em Barcelona. Saiba mais sobre os vencedores deste ano e os eventos em torno do prêmio, aqui.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "Lacaton & Vassal vence o Prêmio Mies van der Rohe 2019 de Arquitetura Contemporânea" [Grand Parc Bordeaux Wins 2019 EU Prize for Contemporary Architecture - Mies van der Rohe Award] 10 Abr 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/914809/lacaton-and-vassal-vence-o-premio-mies-van-der-rohe-2019-de-arquitetura-contemporanea> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.