Tank Shanghai, um centro de arte contemporânea dentro de tanques de combustível abandonados

Tank Shanghai, um centro de arte contemporânea dentro de tanques de combustível abandonados

O aguardado Tank Shanghai, projetado pelo escritório OPEN Architecture, foi aberto ao público após seis anos de projeto e construção. Localizado às margens do rio Huangpu, na região oeste da cidade, onde cinco tanques de combustível abandonados outrora serviram ao Aeroporto de Longhua, o projeto consiste em um novo tipo de centro de artes contemporâneas. A proposta "transforma contêineres de combustível em recipientes de cultura, ao mesmo tempo em que presta homenagem ao passado industrial do lugar."

O projeto foca em uma “Super Superfície” em forma de Z que, através de deslocamentos no nível do terreno, abre espaço para o programa do centro de artes e define o desenho da paisagem. 

© Qingshan Wu© OPEN Architecture© Qingshan Wu© Qingshan Wu+ 9

© OPEN Architecture
© OPEN Architecture

Os tanques reaproveitados variam em programa, um deles sendo usado para apresentações de música ao vivo, outro como restaurante, e três deles como espaços de exibição artísticas e culturais. 

© Qingshan Wu
© Qingshan Wu

O projeto foi inaugurado com três exposições artísticas: Universe of Water Particles in the Tank, uma instalação digital do coletivo de arte japonês teamLab; Under Construction, uma exposição coletiva de artistas chineses contemporâneos; e uma exposição individual do trabalho do escultor argentino Adrián Villar Rojas. Atraindo quase dez mil visitantes em seu primeiro final de semana, o Art Park “reencarna de uma só vez as relíquias industriais para uma nova era do desenvolvimento urbano de Xangai e também redefine a forma e as possibilidades de um centro cultural contemporâneo”.

© Qingshan Wu
© Qingshan Wu

Ano de projeto: 2013-2019
Status: Construído
Cliente: Shanghai West Bund Development Group
Operadora: TANK Shanghai
Programa: Galerias de arte, espaços para eventos, restaurante, café, clube de música ao vivo, escritório do museu e armazenamento de arte
Área construída: 10,845 m²
Área do terreno: 47,448 m²
Localização: West Bund, Distrito de Xuhui, Xangai
Arquitetos: OPEN Architecture
Diretor encarregado: LI Hu, HUANG Wenjing
Equipe de projeto: YE Qing, LUO Ren, Victor QUIROS, ZHOU Tingting, CHEN Xiuyuan,  LI Zhentao, ZHAO Yao, LU Di, JIA Han, ZHANG Yiwen, Steven SHI, ZHOU Xiaochen, HUANG Zhonghan, Laurence CHAN, Cynthia Yurou CUI, YANG Qi, GE Can, GAO Qi, Stephanie LEE, JIN Boan, ZHANG Hao, WANG Mangyuan, YAN Dihua, ZHANG Chang, Tomas KOWALSKY, JIANG Simin
Arquitetos locais: Tongji Architectural Design Group
Paisagismo: Beijing EDSA Orient Planning & Landscape Architecture Co., Ltd.
Consultoria em iluminação: Shanghai Ming Chi Architecture and Engineering Co., Ltd.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "Tank Shanghai, um centro de arte contemporânea dentro de tanques de combustível abandonados" [OPEN Architecture's Art Park Opens in Shanghai Inside Old Fuel Tanks] 03 Abr 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/914174/tank-shanghai-um-centro-de-arte-contemporanea-dentro-de-tanques-de-combustivel-abandonados> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.