Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Moscou divulga novo distrito inteligente como laboratório vivo

Moscou divulga novo distrito inteligente como laboratório vivo

A prefeitura de Moscou decidiu implantar quase trinta novas tecnologias "inteligentes" em um bairro já consolidado da cidade, um estudo de caso que servirá como modelo para a avanliação da viabilidade de cada um destes novos instrumentos. Contando com uma população de pouco mais de 8.000 habitantes, o distrito recebeu novos sistemas de iluminação inteligente, gestão inteligente de resíduos e sistemas de aquecimento inteligente. A prefeitura de Moscou pretende avaliar o impacto destas novas tecnologias na vida de seus moradores a tempo de revisar o projeto global de renovação urbana à partir das análises deste projeto piloto.

Ao criar projetos piloto como este, as cidades tendem a escolher áreas novas, vazias ou até mesmo abandonadas para construir um distrito completamente novo, o que é mais rápido, mais fácil e mais econômico. No entanto, as autoridades de Moscou decidiram por instalar todas estas tecnologias em um bairro já consolidado no centro da capital, com isso será possível avaliar com maior precisão de que maneira estas soluções podem melhorar a vida das pessoas. Desde abril de 2018, as autoridades estão implementando diferentes sistemas inteligentes em edifícios selecionados, situados no distrito de Maryino, no sudeste de Moscou. O distrito modelo inclui sete edifícios de apartamentos com diferentes anos de construção, de 1996 a 1998. Cada edifício possui um sistema de construção diferente, proporcionando mais variáveis para a avaliação dos sistemas implantados.

Maryino District. Imagem Cortesia de Creative Commons
Maryino District. Imagem Cortesia de Creative Commons

Andrey Belozerov, Assessor de Estratégias e Inovações da CIO de Moscou, explicou: “Nós não queremos construir um distrito de inovação a partir do zero, como um distrito modelo que pouco tem a ver com a realidade de nossa cidade. Nosso objetivo é testar tecnologias em bairros já consolidados para melhor observar as suas implicações na vida cotidiana de nossos cidadãos. Quando o projeto piloto for concluído, pretendemos revisar o projeto de renovação urbana de toda a cidade, incorporando tudo aquilo que estiver dando bons resultados para qualificar a vida dos moscovitas, seja nos bairros mais novos, seja nos bairros mais antigos”.

Os moradores do distrito modelo tem acesso hoje aos sistemas mais modernos e inteligentes de aquecimento, iluminação e coleta de lixo. No total, cada um dos edifícios residenciais selecionados foram equipados com vinte e nove tecnologias inteligentes diferentes. Ainda como parte do projeto, instalamos a primeira estação de recarga de veículos elétricos na cidade de Moscou - ela já se tornou um local conhecido que toda a população frequenta para recarregar os veículos elétricos disponíveis na cidade. Além disso, uma rede Wi-Fi gratuita está disponível no local. Cada morador possui acesso a um aplicativo móvel gratuito para atender o interfone de casa quando ninguém estiver presente, ou até mesmo abrir a porta de casa sem a necessidade de usar a chave. O projeto procura melhorar a qualidade de vida e proporcionar conforto e segurança aos seus moradores.

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Moscou divulga novo distrito inteligente como laboratório vivo" [Moscow Launches New Smart City District as a Living Lab] 20 Dez 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/907797/moscou-divulga-novo-distrito-inteligente-como-laboratorio-vivo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.