Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

"Uma casa para morrer" do Snøhetta é vetada pela prefeitura de Oslo

"Uma casa para morrer" do Snøhetta é vetada pela prefeitura de Oslo

A prefeitura de Oslo, em votação recente, decidiu vetar a aprovação do projeto “Uma cada para morrer”, concebido pelo escritório de arquitetura Snøhetta e localizado no terreno da antiga casa e oficina do pintor Edward Munch, no oeste da capital norueguesa. A decisão tomada pelos conselheiros municipais foi publicada pelo jornal norueguês The Local, o que parece por um ponto final ao projeto colaborativo desenvolvido ao longo dos últimos oito anos entre o Snøhetta e o artista norueguês Bjarne Melgaard.

"Uma casa para morrer" tornou-se um dos projetos mais controversos na história recente da Noruega, devido à sua arquitetura e a maneira como ela se refere ao legado de um dos artistas mais famosos do país.

Detalhe dos pilares. Imagem © MIR and Snøhetta
Detalhe dos pilares. Imagem © MIR and Snøhetta

O projeto foi concebido em parceria entre Snøhetta e Melgaard para ser uma casa de forma escultural e residência do artista e sua família. Ao longo do processo que tem se arrastado por quase uma década, o projeto passou por várias reviravoltas e concessões. Melgaard havia concordado previamente em mudar o projeto da casada lugar para que somente a estrada que dá acesso à residência invadisse terrenos públicos.

Embora o audacioso plano tenha sido aprovado pelas autoridades nacionais e órgãos de conservação do patrimônio, o novo projeto foi barrado pelo conselho municipal de Oslo, o qual cita a sua localização como o principal entrave, sem fazer referência aquilo que não os cabe julgar, a forma do edifício.

Detalhe de um dos renderes prévios durante o processo de projeto. Imagem © Snøhetta
Detalhe de um dos renderes prévios durante o processo de projeto. Imagem © Snøhetta

Nos estamos trabalhando em defesa da área onde o projeto da residência foi implantado, um espaço verde de uso público que deve permanecer à serviço da comunidade local, por isso solicitamos que os responsáveis encontrem uma nova solução para a implantação do edifício.
-Declaração do conselho da cidade de Oslo

Em reação ao veto da prefeitura Melgaard disse ao jornal Aftenposten: “Em nosso país, infelizmente, existe uma grande oposição a tudo aquilo que é novo”.

Vista do antigo ateliê do artista. Imagem © Snøhetta
Vista do antigo ateliê do artista. Imagem © Snøhetta
Vista do ateliê de inverno de Munch onde deverá ser implantado o novo projeto. Imagem © Snøhetta
Vista do ateliê de inverno de Munch onde deverá ser implantado o novo projeto. Imagem © Snøhetta

O projeto tem sido amplamente discutido em todas as frentes, o The New York Times por exemplo, descreve que "um artista pretende construir um edifício em forma de OVNI ao lado do antigo estúdio de Edvard Munch". No início deste ano, o projeto foi exibido na Selvaag Art Collection, apresentando de forma detalhada o processo de projeto desenvolvido pelos arquitetos em parceria com artista Bjarne Melgaard.

Saiba mais sobre o projeto "Uma casa para morrer" e porquê este é um dos edifícios mais controversos da história recente da arquitetura norueguesa, acessando aqui.

Via: The Local, Norway

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. ""Uma casa para morrer" do Snøhetta é vetada pela prefeitura de Oslo" [Snøhetta's "A House to Die In" Blocked by Oslo Councilors] 28 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/900782/uma-casa-para-morrer-do-snohetta-e-vetada-pela-prefeitura-de-oslo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.