Réplica em escala real da Villa Savoye de Le Corbusier "naufraga" na Dinamarca

Réplica em escala real da Villa Savoye de Le Corbusier "naufraga" na Dinamarca

A réplica de um dos mais icônicos projetos de Le Corbusier, a Villa Savoye, foi parcialmente submersa em meio a um fiorde na Dinamarca como parte do festival Floating Art 2018. A instalação intitulada “Flooding Modernity” foi concebida pelo artista Asmund Havsteen-Mikkelsen como uma resposta ao chamado “naufrágio do domínio público, após o escândalo da manipulação de dados pessoais das mídias sociais pela Facebook-Cambridge Analytica”.

Parte da programação do festival de arte de verão organizada pela cidade de Vejle e pelo Veijle Art Museum, o modelo em escala 1:1 de mais de cinco toneladas foi rebocado até o fiorde onde foi parcialmente submerso para representar o "naufrágio" de um futuro utópico.

Cortesia de Asmund Havsteen-MikkelsenCortesia de Asmund Havsteen-MikkelsenCortesia de Asmund Havsteen-MikkelsenCortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen+ 15

A instalação, uma cópia fiel de um dos cantos da famosa Villa Savoye de Le Corbusier, é a mais recente interpretação de Havsteen-Mikkelsen da obra do arquiteto suíço naturalizado francês, tendo já produzido outros 25 desenhos e nove pinturas à respeito do icônico projeto de 1931.

Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen

Para mim, a Villa Savoye é um símbolo da modernidade e do iluminismo. Representa a fé na racionalidade do homem e no progresso da humanidade. Depois de todos estes escândalos, acredito que a fé na humanidade foi parcialmente naufragada pelo uso insensato da tecnologia para a manipulação da opinião pública. Nosso senso de modernidade está "afundando" pouco à pouco. Acredito na necessidade de "reestabelecer" as nossas instituições públicas e políticas - porque estas que existem hoje, já "naufragaram" com as nossas esperanças por um futuro mais democrático.
- Asmund Havsteen-Mikkelsen, em entrevista para a ICON Magazine

Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen

A réplica de isopor é uma das dez obras expostas no Fiorde de Vejle durante o festival Floating Art 2018, um evento que busca incentivar jovens “artistas e arquitetos a refletir e investigar temas contemporâneos”. Outros trabalhos expostos incluem uma mensagem dentro de uma garrafa chamada “Floating Thoughts from a Waiting Position”, de Kristian Blomstrøm Johansson e parceria com a Cruz Vermelha, e o “Floating Blanket”, de Tina Helen, que transporta os visitantes pela superfície do fiorde guiados pelas correntes marítimas.

Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen
Cortesia de Asmund Havsteen-Mikkelsen

The Floating Art festival começou no dia 23 de Junho e vai até o dia 02 de Setembro de 2018.

Via: ICON Magazine / Asmund Havsteen-Mikkelsen

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "Réplica em escala real da Villa Savoye de Le Corbusier "naufraga" na Dinamarca" [Full-Size Replica of Le Corbusier's Villa Savoye Sunk in Danish Fjord] 02 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/899405/replica-em-escala-real-da-villa-savoye-de-le-corbusier-naufraga-na-dinamarca> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.