Ampliar imagem | Tamanho original
A réplica de um dos mais icônicos projetos de Le Corbusier, a Villa Savoye, foi parcialmente submersa em meio a um fiorde na Dinamarca como parte do festival Floating Art 2018. A instalação intitulada “Flooding Modernity” foi concebida pelo artista Asmund Havsteen-Mikkelsen como uma resposta ao chamado “naufrágio do domínio público, após o escândalo da manipulação de dados pessoais das mídias sociais pela Facebook-Cambridge Analytica”. Parte da programação do festival de arte de verão organizada pela cidade de Vejle e pelo Veijle Art Museum, o modelo em escala 1:1 de mais de cinco toneladas foi rebocado até o fiorde onde foi parcialmente submerso para representar o "naufrágio" de um futuro utópico. A instalação, uma cópia fiel de um dos cantos da famosa Villa Savoye de Le Corbusier, é a mais recente interpretação de Havsteen-Mikkelsen da obra do arquiteto suíço naturalizado francês, tendo já produzido outros 25 desenhos e nove pinturas à respeito do icônico projeto de 1931. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar