O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos

Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos

Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos
Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos, Souq Aljuma, pelos autores
Souq Aljuma, pelos autores

Como parte de nossa cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2018, apresentamos a proposta para o Pavilhão do Egito. A seguir, os participantes descrevem sua contribuição.

O pavilhão egípcio, com curadoria dos arquitetos Islam El Mashtooly e Mouaz Abouzaid, e do professor de arquitetura Cristiano Luchetti, propõe o tema do redesenvolvimento e estratégias de requalificação de espaços comerciais espontâneos em todo o país. O fenômeno do comércio "livre", não estruturado, muitas vezes abusivo e ilegal é predominante em muitas áreas urbanas e suburbanas. O souk tradicional não está mais confinado a ruas estreitas e espaços intersticiais do tecido histórico. De fato, o espaço do comércio estende seus tentáculos sem problemas ao longo das linhas de fluxos urbanos sem qualquer regra aparente. O projeto para o pavilhão se concentra nessas espacialidades estratégicas, mas também em seu conteúdo. O comércio de Roba Becciah é uma grande parte de todas as atividades do mercado. Os itens em desuso produzidos e descartados pelas sociedades consumistas são primeiro coletados e depois empilhados em grandes áreas para criar enclaves monofuncionais para fins comerciais futuros. Roba Becciah representa para os curadores uma importante metáfora da condição antropológico-urbana do mundo contemporâneo.

Por isso, o projeto do “mercado urbano” busca repensar o papel do “espaço livre” dentro do denso tecido morfológico e social da cidade. Trata-se de uma proposta que visa a atualização e “governança” de grandes áreas urbanas permitindo um "uso livre” que contribui para uma melhor vida das metrópoles contemporâneas.

Sobre este autor
AD Editorial Team
Autor
Cita: AD Editorial Team. "Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos" [Egyptian Pavilion at Venice Biennale to Explore How Urban Markets Are Redefining the Concept of "Free Space"] 18 Mai 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894531/pavilhao-do-egito-na-bienal-de-veneza-2018-explora-tema-dos-mercados-urbanos> ISSN 0719-8906