O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018

Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018

Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018
Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018, Casa del Infinito . Image © Javier Callejas
Casa del Infinito . Image © Javier Callejas

A Accademia Adrianea di Architettura di Roma concedeu o Prêmio Piranesi 2018 ao arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza por sua destacada carreira profissional relacionada ao Patrimônio Histórico.

O Prêmio Piranesi é um importante reconhecimento internacional, patrocinado pela Accademia Adrianea, a Ordine degli Architetti de Roma e a Casa dell'Architectura, que reconhece as qualidades do trabalho de um arquitecto e a sua aproximação ao clássico.

Consejo consultivo de Castilla y León. Image © Javier Callejas
Consejo consultivo de Castilla y León. Image © Javier Callejas

O arquiteto espanhol receberá o prêmio prestigioso na sexta-feira, 16 de março de 2018, na Casa dell'Architettura, onde oferecerá uma aula magistral em que falará sobre o Panteão e como este magnífico edifício esteve presente constantemente ao longo de sua carreira e no processo de concepção de sua arquitetura. Além disso, ele lembrará os destaques de sua carreira profissional, que começou em 1978.

Neste sentido, o arquiteto espanhol destaca:

"A arquitetura foi, é e será o resultado da combinação de razão e intuição. Ou, como bem exigia Vitrúvio, cumprir com as Utilitas, as Firmitas e as Venustas. "Creio que uma busca implacável pela beleza é o que vem reconhecer este Prêmio Piranesi".

Casa Cala. Image © Javier Callejas
Casa Cala. Image © Javier Callejas

Campo Baeza nasceu em Valladolid, onde seu avô era um arquiteto. No entanto, desde os dois anos ele morou em Cádiz, "a cidade onde viu a Luz". É professor de projetos na Escola de Arquitetura de Madri, ETSAM, onde leciona há mais de 35 anos. Já colaborou na ETH em Zurique e na EPFL em Lausanne, na Universidade da Pensilvânia na Filadélfia, na Bauhaus em Weimar, na Universidade Estadual do Kansas, na Universidade CUA em Washington e em 2016, e na L'Ecole d 'Arquitetura em Tournai, Bélgica. Mais recentemente, ele ensinou na Universidade de Buffalo, onde foi nomeado Cadeira Visitante Clarkson em Arquitetura de 2017.

Deu conferências em todo o mundo e recebeu importantes prêmios, como o Torroja pela Caja Granada ou o Prêmio de Excelência Docente da Universidade Politécnica de Madri. Em 2013, recebeu a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow da Tessenow Society, Hamburgo, o Prêmio Memorial Arnold W. Brunner da Academia Americana de Artes e Letras, a Arquitetura de Prêmios Internacionais em Pedra de Verona e o Real Instutute of British Architects (RIBA) Internacional Fellowship 2014. Da mesma forma, em 2014 foi eleito acadêmico de número da Seção de Arquitetura da Real Academia de Belas Artes de San Fernando, na Espanha. Em 2015, recebeu o Prêmio BigMat de Berlim e o Prêmio Internacional de Arquitetura Espanhola (PAEI 2015). Além disso, ganhou o primeiro prêmio Ex Aequo para construir a nova sede do Museu do Louvre.

Pabellón Polideportivo y aulario. Universidad Francisco de Vitoria. Image © Javier Callejas
Pabellón Polideportivo y aulario. Universidad Francisco de Vitoria. Image © Javier Callejas

Suas obras foram amplamente reconhecidas. Desde as Casas Turégano e de Blas, tanto em Madri, quanto para Casa Gaspar, Casa Asencio ou Casa Guerrero em Cádiz, Casa Rufo em Toledo e Casa Moliner em Zaragoza. Também destacam-se as Casas Olnick Spanu em Garrison, Nova York, a Casa del Infinito em Cádiz e a Casa Cala em Madri. No que diz respeito aos edifícios maiores, o Centro BIT no Inca (Maiorca), o espaço público Entre Catedrales, em Cádiz, a Caja de Granada e o Museu da Memória da Andaluzia, ambos em Granada. Além disso, construiu um berçário para Benetton em Veneza, ou os escritórios em Zamora para a Junta de Castilla y León. Recentemente, o Pavilhão Esportivo da Universidade Francisco de Vitoria em Madri foi finalizado.

Além de seu trabalho construído, Alberto Campo Baeza publicou vários livros como "A Ideia Construída", "Pensar con las manos" e "Principia Architectonica" que foram publicados em várias línguas. Em 2014, ele publicou "Poetica Architectonica", em 2015 "The Built Idea", que foi traduzido para inglês e chinês e, em 2016, seus últimos textos foram publicados sob o título "Varia Architectonica". Recentemente, todo o seu trabalho foi compilado em um livro "Complete Works" da Thames & Hudson, e em 2017, ele publicou "Ensinar a ensinar".

Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas
Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas

Alberto acredita na arquitetura como uma ideia construída e que seus principais componentes são a gravidade que constrói o espaço e a luz que cria o tempo. O nome e a obra do arquiteto espanhol constituem um novo capítulo importante na história do Prêmio Piranesi de Roma, que enriquece ainda mais um rol com grandes figuras que construíram a arquitetura contemporânea, um campo privilegiado de aplicação para um A pesquisa continua na própria essência da arquitetura e os valores permanentes do clássico no futuro e na mudança da realidade. O Prêmio Piranesi de Roma para a carreira foi anteriormente concedido a Rafael Moneo (2010), Guido Canali (2011), David Chipperfield (2012), Peter Eisenman (2013), José Ignacio Linazasoro (2014), Bernard Tschumi (2015), Yoshio Taniguchi (2016) e Eduardo Souto de Moura (2017).

Sobre este autor
Javier García Librero
Autor
Cita: García Librero, Javier. "Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018" [Alberto Campo Baeza recibe el Premio Piranesi de Roma 2018] 08 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890402/alberto-campo-baeza-recebe-o-premio-piranesi-de-roma-2018> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.