1. ArchDaily
  2. Patrimônio Histórico

Patrimônio Histórico: O mais recente de arquitetura e notícia

11 Patrimônios brasileiros que são bens culturais da humanidade da Unesco

Este mês, no dia 17, foi comemorado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico. Criada em 1998 para homenagear o historiador e primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Rodrigo Melo Franco de Andrade, que completaria um século de vida naquele ano, a data tem por objetivo reforçar a importância do reconhecimento e da valorização do patrimônio histórico e cultural do país.

Patrimônio histórico é tema do 1º Concurso de Fotografia do CAU/GO

Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso Público Nacional de Fotografia do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO), que tem como tema “Patrimônio Histórico na Arquitetura e Urbanismo”. As imagens serão recebidas até as 16 horas do dia 24 de setembro, na sede do CAU/GO.

Patrimônio Histórico: o que são bens materiais e imateriais

Pinacoteca do Estado de São Paulo. Image © Nelson Kon
Pinacoteca do Estado de São Paulo. Image © Nelson Kon

Hoje, 17 de agosto, é comemorado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico, data que institui reconhecimento ao esforço pela preservação dos bens de significância popular, histórica e artística no território brasileiro. Comemora-se a data no mesmo dia em que nasceu o historiador e jornalista Rodrigo Mello Franco de Andrade, que teve importante papel na criação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Criado no ano de 1937, é o órgão responsável por promover e organizar todo o processo de preservação do Patrimônio Cultural Nacional, e “proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras”. [1]

Dia Nacional do Patrimônio Histórico: conheça a lista de conjuntos urbanos tombados pelo Iphan

Cidades são o testemunho vivo das transformações culturais, sociais, econômicas e políticas pelas quais passam a sociedade. Em constante transformação, marcas superficiais do passado vão desaparecendo ao passo que as cicatrizes mais profundas se sobrepõem às múltiplas camadas de presentes que se desenrolam nas cidades ao longo das décadas e séculos. 

No curso da história, algumas cidades, por uma combinação de fatores, conseguem se manter mais preservadas, mostrando com mais intensidade vestígios do passado, do Brasil colonial, enquanto que em outras as marcas dos primeiros tempos da urbanização no país foram apagadas ou tragadas pelas eras que se seguiram.

Segunda torre mais alta de Chicago será construída ao lado da icônica Chicago Tribune Tower

A famosa Chicago Tribune Tower está no centro de um empreendimento de US$ 1 bilhão que busca levar mais de 700 unidades residenciais ao centro da terceira maior cidade dos EUA. Os grupos CIM e Golub divulgaram uma proposta que prevê a remodelação da torre em estilo neo-gótico, que passará a ter 163 apartamentos, e a construção de um arranha-céu apenas 9 metros mais baixo que a Willis Tower, o edifício mais alto de Chicago.

Cortesia de CIM / GolubCortesia de CIM / GolubCortesia de CIM / GolubCortesia de CIM / Golub+ 9

Schmidt Hammer Lassen é selecionado em concurso para revitalização do bairro histórico de Riga

O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects

A firma dinamarquesa Schmidt Hammer Lassen Architects foi escolhida para projetar a reforma de Kimmel Quarter, um bairro histórico no coração da capital da Letônia, Riga, depois de um concurso internacional. O complexo da cervejaria Kimmel, do século XIX, agora em grande parte abandonado, será transformado em um centro de uso misto com um novo prédio de escritórios, hotel e uma variedade de instalações públicas. Schmidt Hammer Lassen foi um dos onze participantes, com empresas como Henning Larsen e Zaha Hadid convidados para a competição aberta.

A proposta para o distrito de 11.500 metros quadrados se manifesta como um programa vibrante e voltado ao público, que inclui academia, creche, café, praça de alimentação e spa. Uma série de pátios e praças conectam-se ao longo do esquema, ligando o antigo e o novo em uma “aparência atemporal clássica que também é singularmente contemporânea”. O projeto ficou em 2º lugar em um concurso no qual nenhum vencedor foi selecionado, uma vez que o júri avaliou que nenhuma entrada satisfez totalmente os critérios de competição. Como a entrada com melhores notas, os organizadores do concurso se comprometeram a iniciar negociações com Schmidt Hammer Lassen para refinar o projeto.

Superfícies e fachadas são construídas com tijolos reciclados. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsCroqui. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsTerraço dos escritórios. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsPátios oferecem uma conexão entre o antigo e o novo. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects+ 19

Alberto Campo Baeza recebe o Prêmio Piranesi de Roma 2018

A Accademia Adrianea di Architettura di Roma concedeu o Prêmio Piranesi 2018 ao arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza por sua destacada carreira profissional relacionada ao Patrimônio Histórico.

O Prêmio Piranesi é um importante reconhecimento internacional, patrocinado pela Accademia Adrianea, a Ordine degli Architetti de Roma e a Casa dell'Architectura, que reconhece as qualidades do trabalho de um arquitecto e a sua aproximação ao clássico.

Conselho Municipal do Patrimônio diz ser contra condomínios fechados em São Paulo

A arquiteta Nádia Somekh, nova diretora do Departamento do Patrimônio Histórico e nova presidente do Conpresp (Conselho Municipal do Patrimônio), declara que os chamados "condomínios-clubes" e os "condomínios-bairros" terão dificuldades para serem aprovados em São Paulo.