O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Palácio Barolo: Um edifício inspirado na Divina Comédia em Buenos Aires

Palácio Barolo: Um edifício inspirado na Divina Comédia em Buenos Aires

Palácio Barolo: Um edifício inspirado na Divina Comédia em Buenos Aires
Palácio Barolo: Um edifício inspirado na Divina Comédia em Buenos Aires, © Leandro Grovas
© Leandro Grovas

Em 1919, se iniciava a construção do Palácio Barolo na Cidade de Buenos Aires, um projeto com numerosas referências à Divina Comédia de Dante Alighieri, que na época foi considerado como o prédio em concreto mais alto da Argentina.

Localizado entre a Avenida de Mayo e a Avenida Hipólito Yrigoyen, apresenta um estilo arquitetônico único que é uma tentativa importante em combinar diferentes traços da tradição européia às modernas técnicas de construção e as características locais. Ao mesmo tempo, incorpora uma cúpula inspirada no templo hindu Rajarani Bhubaneshvar de modo a comunicar o amor tântrico entre Dante e Beatriche.

Saiba mais sobre a história do Palácio Barolo a seguir.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

Luis Barolo, produtor agropecuário, chegou à Argentina em 1890. No centenário da Revolução de Maio, conheceu o arquiteto Mario Palanti (1885-1979), quem contratou para realizar o projeto de um edifício que se tornaria uma propriedade exclusiva para alugueis.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

Luis Barolo pensava, como vários europeus instalados na Argentina, que a Europa sofreria guerras iminentes que destruiriam o continente. Desesperado por preservar as cinzas do famoso Dante Alighieri, quis construir um edifício inspirado no trabalho do poeta: "A Divina Comédia".

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

O terreno escolhido para materializar o palácio possuía área de 1.365 metros quadrados e testada de 30,88 metros. Com um total de 24 pavimentos (22 andares e 2 subsolos), os 100 metros de altura foram possíveis graças a uma concessão especial concedida pelo Prefeito Luis Cantilo em 1921, já que ultrapassou em quatro vezes o máximo permitido na avenida.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

A construção foi concluída e o edifício foi inaugurado em 1923. O ponto mais alto da cúpula chega a 90 metros, atingindo 100 metros com um grande farol giratório de 300.000 velas que o tornaram visível desde o Uruguai.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

A divisão geral tanto do Palácio como da Divina Comédia se faz em três partes: inferno, purgatório e paraíso.

As nove abóbadas de acesso representam as nove etapas de iniciação e as nove hierarquias infernais. As nove abóbadas são divididas, desde o centro, da seguinte forma: três em direção à Avenida de Mayo, três em direção a Hipólito Yrigoyen, a abóbada central se estende para a cúpula e aquelas que contém as escadas em direção às laterais.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

O farol representava os nove coros angelicais; sobre este está a constelação da Cruz do Sul que alinha-se ao eixo de Barolo nos primeiros dias de junho às 19:45 horas.

A altura do edifício é de 100 metros e 100 são os cantos da obra de Dante; tem 22 andares, mesmo número de estrofes de algumas músicas da Divina Comédia.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

Detalhes cuidadosos caracterizam este projeto: Desde as citações pessoais em latim sobre a obra de Dante no edifício, até a inauguração, realizada na data do aniversário do poeta.

© Leandro Grovas
© Leandro Grovas

* Texto cortesia do Palácio Barolo.

* Para conhecer mais informações do Palácio Barolo, entre aqui.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Fabian Dejtiar
Autor
Cita: Dejtiar, Fabian. "Palácio Barolo: Um edifício inspirado na Divina Comédia em Buenos Aires" [Palacio Barolo: un edificio inspirado en la Divina Comedia en Buenos Aires] 21 Set 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Pereira, Matheus) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/879819/palacio-barolo-um-edificio-inspirado-na-divina-comedia-em-buenos-aires> ISSN 0719-8906