O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 9 Dicas de Photoshop para arquitetos

9 Dicas de Photoshop para arquitetos

  • 07:00 - 7 Setembro, 2017
  • por
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
9 Dicas de Photoshop para arquitetos
Imagem criada com <a href='http://casasinhaus.com/properties/vivienda-modular-espectacular-modelo-moraira-4d-2p-2-265/'>render por InHAUS</a> licença CC0
Imagem criada com render por InHAUS licença CC0

Este artigo foi originalmente publicado por RenderPlan como "9 Dicas Poderosas para um Fluxo de Trabalho Eficiente".

Um software poderoso como o Photoshop pode transformar uma imagem ou desenho de aparência mediana em um dos itens mais valiosos de um projeto. O truque é aprender a usar alguns dos seus melhores recursos e otimizar seu fluxo de trabalho para obter a máxima eficiência.

Ao longo dos anos, o Photoshop tornou-se a principal ferramenta para qualquer tipo de edição de imagens para os arquitetos. O software tornou-se indispensável graças aos seus versáteis recursos. É uma ferramenta poderosa para ajustar renderizações ou até mesmo criá-las do zero. Alguns dos mais reconhecidos desenvolvedores de imagens dependem fortemente do Photoshop e usam volumetrias bastante cruas feitas em programas 3D como ponto de partida. De renderizações fotorrealistas à edição de fotografias de projetos construídos, o Photoshop pode ser o melhor amigo de um arquiteto.

1. Fluxo de trabalho não-destrutivo

Tal como acontece com qualquer tipo de software, é importante manter o controle do projeto e poder fazer e desfazer as edições nas diversas etapas do trabalho, sem perder o trabalho realizado. Um fluxo de trabalho não destrutivo pode poupar muito tempo e dor de cabeça. Use máscaras [masks] e camadas de ajuste [adjustment layers] para preservar a flexibilidade, reduza o número de camadas [layers] na lista de camadas para que você possa experimentar e ajustar coisas específicas e ver como elas interagem. As máscaras permitem que você corte partes de camadas diferentes e aplique ajustes em áreas específicas da imagem. Agrupe as camadas e dê-lhes nomes específicos para evitar confusão. Se você duplicar uma camada e deixá-la como "cópia da camada 1", você pode facilmente acabar com um arquivo bastante confuso.

2. "Smart Objects"

Você já colocou uma imagem na tela, mudou sua escala e notou uma perda de qualidade? Isso não ocorre com os objetos inteligentes [smart objects]. Eles podem ser reduzidos ou aumentados até seu tamanho original e girados sem perder qualidade, ao contrário de uma imagem rasterizada. Uma das ótimas coisas sobre os objetos inteligentes é como eles salvam as transformações que você aplica neles. Se você distorcer um objeto inteligente, por exemplo, e aplicar uma transformação, ela ainda estará disponível se você precisar ajustá-la mais tarde. Você pode duplicar objetos inteligentes com as cópias comportando-se como instâncias. Se você quiser trabalhar com elas, escolha a opção Novo Objeto Inteligente via a opção Copiar.

3. Teclas de atalho

O uso de comandos pode acelerar significativamente o seu fluxo de trabalho. Aprenda a usar o teclado para acessar rapidamente recursos e opções específicas. Aqui estão algumas das teclas de atalho que você mais precisará:

Cortesia de RenderPlan
Cortesia de RenderPlan

Criar uma camada:
MAC: Shift+Cmd+N
WINDOWS: Shift+Ctrl+N

Tornar um grupo de camadas uma só:
MAC: Cmd+Alt+Shift+E
WINDOWS: Ctrl+Alt+Shift+E

Inverter seleção:
MAC: Cmd+Shift+I
WINDOWS: Ctrl+Shift+I

Remover a seleção da imagem inteira:
MAC: Cmd+D
WINDOWS: Ctrl+D

Nova camada via cópia:
MAC: Cmd+J
WINDOWS: Ctrl+J

Nova camada via recorte:
MAC: Cmd+Shift+J
WINDOWS: Ctrl+Shift+J

Aumentar/diminuir tamanho do pincel:
MAC: ]/[
WINDOWS: ]/[

Transformação Livre:
MAC: Cmd+T
WINDOWS: Cmd+T

Blending:
MAC: Shift+mais(+) ou menos(-)
WINDOWS: Shift+mais(+) ou menos(-)

Mudar o tamanho da imagem:
MAC: Cmd+Opt+i
WINDOWS: Ctrl+Alt+i

Mudar o tamanho da tela:
MAC: Cmd+Opt+c
WINDOWS: Ctrl+Alt+c

4. Colete amostras de cores fora do Photoshop

Ao invés de importar uma imagem para o Photoshop só para experimentar uma cor específica, você pode selecionar a ferramenta Eyedropper, clicar com o botão esquerdo, segurar e arrastar o cursor para qualquer lugar fora do Photoshop (desktop, outras pastas, imagens, navegador da web, etc.).

5. Proteja suas imagens

Como profissional, possivelmente você enviará arquivos do Photoshop para os clientes. É importante proteger seu trabalho e garantir que os clientes não o utilizem sem sua permissão ou envolvimento. Você pode criptografar o arquivo para que ele precise de uma senha para imprimir ou editar. Você pode salvá-lo como um PDF, e selecionar Segurança > Permissões e digitar uma senha para impedir a impressão e edição.

6. Revelar tudo

Ao trabalhar com camadas diferentes e importação de imagens, você pode não se dar conta de que há pixels escondidos fora da sua tela de trabalho. É aqui que o Revelar Tudo [Reveal All] pode se tornar útil. Vá para Imagem > Revelar Tudo para tornar a tela grande o suficiente para caber todos os pixels de todas as camadas.

7. Teste filtros

A aplicação de filtros em imagens pode ser uma tarefa que use bastante memória. Pode demorar um pouco para aplicar um filtro em uma imagem relativamente grande. É por isso que é bom selecionar uma área menor e aplicar um filtro como teste.

8. Correspondência de cor de uma imagem

Para manter a consistência da cor entre várias imagens do mesmo projeto, o comando de Corresponder Cor [Match Color] pode economizar muito tempo. Você pode abrir as duas imagens - a de origem e a de destino - como duas imagens ou camadas separadas e, em seguida, escolha Imagem > Ajustes > Corresponder Cor... e selecione a imagem de origem no menu suspenso. Isso lê as estatísticas de cores de uma imagem e as aplica na outra. Você também pode ajustar a luminância, a intensidade da cor e o seu desvanecimento.

9. Aprenda a se desapegar

Mexer em imagens no Photoshop pode tomar muito do seu tempo se você não aprender a tomar decisões. A variedade de opções e o fluxo de trabalho não destrutivo são ótimos, mas isso pode facilmente se virar contra você. É importante definir um cronograma para você mesmo e não se deixar levar pela tentativa de testar todos os estilos possíveis. Aprenda a desapegar.

Cita: RenderPlan. "9 Dicas de Photoshop para arquitetos" [9 Important Photoshop Tips for Architects] 07 Set 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/878927/9-dicas-de-photoshop-para-arquitetos> ISSN 0719-8906