O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Humanize suas representações "pós-digitais" com estas escalas da antiguidade

Humanize suas representações "pós-digitais" com estas escalas da antiguidade

Humanize suas representações "pós-digitais" com estas escalas da antiguidade
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT

Apesar da insistência de alguns, os discos de vinil não ressurgiram devido à sua suposta qualidade de som superior. Em vez disso, o vinil continua sendo apreciado por sua peculiaridade e ambiguidade. De modo semelhante, recentemente a colagem retornou como uma estratégia de representação, provocando um debate sobre uma suposta "representação pós-digital".

Estas representações fantásticas possibilitam os arquitetos a criarem narrativas claras para complementar seu trabalho. Em resposta a esta crescente popularidade, vários sites surgiram para reforçar a tendência. Um exemplo é a plataforma ARTCUTOUT, que disponibiliza uma coleção de imagens em formato .png tiradas de obras de arte de domínio público. O site poderia ser visto como uma versão "pós-digital" do famoso SKALGUBBAR, que há anos vem fornecendo escalas humanas para povoar renderizações de todos os cantos do mundo.

Mas, apesar da utilidade dessas ilustrações isoladas ao promover a popularidade deste estilo de representação, alguns adeptos dessas representações "pós-digitais" podem ser céticos em relação a esta facilidade de acesso. Em uma entrevista recente com a Revista Metropolis, Federica Sofia Zambeletti, co-fundadora do blog de arquitetura KoozA / rch, insiste que "não é contra a reapropriação de narrativas anteriores, desde que se assuma uma posição específica", lamentando que, para muitas pessoas que estão adotando esse estilo de representação, falta esse posicionamento. À medida que o meio ganha legitimidade, talvez percebamos que boa parte da alegria dessas colagem depende de sua natureza aleatória e muitas vezes injustificada.

Confira algumas das imagens do ARTCUTOUT a seguir, e visite o site aqui para baixar os arquivos .png.

Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT
Cortesia de ARTCUTOUT

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Thomas Musca
Autor
Cita: Musca, Thomas. "Humanize suas representações "pós-digitais" com estas escalas da antiguidade" [Spruce Up Your "Post-Digital" Drawings With These Free, Artistic PNG Cutouts] 26 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/874263/humanize-suas-representacoes-pos-digitais-com-estas-escalas-da-antiguidade> ISSN 0719-8906