O chileno Samuel Bravo recebe o Wheelwright Prize 2017, de Harvard

O chileno Samuel Bravo recebe o Wheelwright Prize 2017, de Harvard

A edição de 2017 do Wheelwright Prize, prêmio da Harvard University Graduate School of Design (GSD), foi entregue ao arquiteto chileno Samuel Bravo, que recebeu uma bolsa de 100.000 dólares com o intuito de desenvolver sua pesquisa sobre assentamentos informais e arquiteturas tradicionais.

Sua proposta de pesquisa intitula-se Projectless: Architecture of Informal Settlements e valoriza o conceito de "arquitetura sem arquitetos", cunhado pelo arquiteto e historiador social Bernard Rudosky em 1964. Bravo planeja visitar uma dezena de lugares na América do Sul, Ásia e África, com o objetivo de desenvolver estratégias que integrem projetos coletivos e vernaculares nos projetos contemporâneos.

Bravo foi um dos quatro finalistas da atual edição, que contou com mais de 200 participantes de 45 países. Formado na Pontificia Universidad Católica de Chile (2009), Bravo lidera seu próprio escritório e tem realizado uma série de projetos na América do Sul, incluindo o Projeto Tarapacá, uma série de intervenções na cidade de Tarapacá (Chile), após o terremoto de 2005, e um centro de cura e reserva natural baseado na medicina tradicional do povo shipibo na selva amazônica peruana, junto a Sandra Iturriaga.

Samuel já havia sido finalista na edição anterior, a qual premiou Anna Puigjaner.

Via Wheelwright Prize

Sobre este autor
Cita: Valencia, Nicolás. "O chileno Samuel Bravo recebe o Wheelwright Prize 2017, de Harvard" 06 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872973/o-chileno-samuel-bravo-recebe-o-wheelwright-prize-2017-de-harvard> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.