O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Madri negociará com o Airbnb a regulação do aluguel turístico

Madri negociará com o Airbnb a regulação do aluguel turístico

Madri negociará com o Airbnb a regulação do aluguel turístico
Madri negociará com o Airbnb a regulação do aluguel turístico, Palácio Real de Madri. Imagem © Hernán Piñera [Flickr], Licença CC BY-SA 2.0
Palácio Real de Madri. Imagem © Hernán Piñera [Flickr], Licença CC BY-SA 2.0

A Prefeitura de Madri buscará um acordo com as empresas Airbnb e HomeAway, as principais plataformas mundiais de aluguel turístico, para regular seu funcionamento na capital espanhola. Segundo informou o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentável, José Manuel Calvo, em entrevista ao Europa Press, as habitações voltadas ao turismo já representam 25% do total da oferta hoteleira em Madri.

O plano da Prefeitura buscaria diferenciar os locadores particulares dos profissionais, e que o lucro privado se reflita nos impostos pagos. Deste modo, só poderão ser disponibilizadas habitações particulares em que o proprietário apresente um certificado que reside na mesma, descartando, assim, empresas que adquirem imóveis apenas para disponibilizar para locação no Airbnb. 

Madri. Imagem © Nico Trinkhaus [Flickr], Licença CC BY-NC 2.0
Madri. Imagem © Nico Trinkhaus [Flickr], Licença CC BY-NC 2.0

Também será limitado a 60 dias por ano o aluguel de qualquer residência através destas plataformas. Uma vez atingido o tempo máximo, o anúncio deve desaparecer do website. Além disso, haverá um imposto de um euro para cada dia que a unidade for alugada. "A residência turística não está pagando impostos, embora obtenha rendimento", argumenta Calvo, "assim, parece razoável que parte deste rendimento seja revertido à Administração para cobrir a demanda por serviços de limpeza, equipamentos, transporte e também para exercer a disciplina urbana." 

Segundo o ABC, em 2016 os locadores de Airbnb de toda a Espanha lucraram 560 milhões de euros e seus 5,4 milhões de hóspedes gastaram 3,52 bilhões de euros durante suas estadias. Deste total, Madri recebei 654 mil usuários do Airbnb.

A iniciativa de Madri se inspira nas leis já aplicadas em cidades saturadas pelo Airbnb, como Berlim, Amsterdã, Paris e Washington, entre outras.

Fontes: El País, 20 Minutos, ABC.

Sobre este autor
Nicolás Valencia
Autor
Cita: Valencia, Nicolás. "Madri negociará com o Airbnb a regulação do aluguel turístico" [Madrid negociará con Airbnb la regulación del alquiler turístico] 03 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872486/madri-negociara-com-o-airbnb-a-regulacao-do-aluguel-turistico> ISSN 0719-8906