O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Os melhores portfólios de arquitetura

Os melhores portfólios de arquitetura

Os melhores portfólios de arquitetura
Os melhores portfólios de arquitetura

Ao se candidatar a uma vaga de emprego como arquiteto, é preciso se certificar que você tenha um portfólio perfeito. Enquanto um cartão de visitas inteligente e atraente pode inicialmente ajudá-lo a chamar a atenção da empresa, e um currículo ou CV bem pensado pode ajudar a provar o seu valor, na maioria dos casos será o portfólio que fará sua candidatura ter sucesso ou não. É o seu portfólio que será usado para medir sua adequação enquanto arquiteto em relação ao estilo do próprio escritório e para julgar se você realmente domina o que apontou em seu currículo.

É por isso que em abril nós lançamos uma chamada para nossos leitores nos enviarem seus portfólios para que pudéssemos compartilhar as melhores ideias com a comunidade do ArchDaily. Nossa seleção abaixo mostra os melhores dentre os quase 200 portfólios que recebemos, os quais não foram julgados pela qualidade dos projetos arquitetônicos (apesar de muitos serem excelentes), mas pela qualidade do design do portfólio. Ao fazer a seleção, procuramos materiais gráficos atrativos, uma apresentação clara do trabalho, a formulação de uma identidade visual que permeasse tanto o projeto apresentado quanto o design do portfólio, e, claro, aquele atributo indescritível e muito apreciado: a “criatividade”.

Antes de começarmos, achamos que poderíamos aproveitar essa oportunidade para apresentar as nossas melhores dicas para a criação de um portfólio: 

  • Tamanho do Arquivo: Você já deve saber que não se deve enviar arquivos muito grandes. O quanto isso significa exatamente varia de situação a situação, mas como orientação, o arquiteto brasileiro Gabriel Kogan recomenda manter seus arquivos com menos de 15MB.
  • Erros de ortografia: Se a língua de seu portfólio não é sua língua nativa, busque comunidades virtuais que possam lhe auxiliar ou peça para alguém revisá-lo.
  • Tamanho e Conteúdo: Portfólios demandam bastante tempo para serem feitos, então pode ser tentador querer produzir uma versão que se adeque a todas as situações. Isso é um erro. Numa primeira abordagem a uma empresa são exigidas informações diferentes daquelas exigidas numa entrevista de emprego, portanto, idealmente, você deve ter (pelo menos) uma versão de duas páginas do seu portfólio para abordagens iniciais e uma mais longa para entrevistas. De forma ideal, essa versão também seria complementada por uma versão online do seu portfólio. Você pode até considerar adaptar seu portfólio a cada empresa a que você se candidatar.
  • Criatividade: ao mesmo tempo que criatividade é importante num portfólio, ela não pode se sobrepor ao trabalho que está sendo mostrado.
  • Seleção das Imagens: Encontre o equilíbrio ideal entre os diferentes tipos de imagem; é bom demonstrar que você pode produzir desenhos de detalhes técnicos, por exemplo, mas eles não são tão interessantes, então um ou dois exemplos bastam. Da mesma forma, enquanto renderizações fotorrealistas são impressionantes, elas precisam ser complementadas por representações mais arquitetônicas para mostrar as suas verdadeiras habilidades enquanto arquiteto.
  • Layout: Evite a desordem e não tenha medo de espaço em branco. Se você usar pouco espaço em branco, garanta que seu layout esteja claramente estruturado para que o conteúdo do portfólio seja fácil de compreender.
  • Detalhes: Geralmente, a força de um design gráfico reside nos pequenos detalhes. Siga certas regras de layout e isso trará ao seu portfólio um sentido de coesão.

Gregory Barber

Submitted by Gregory Barber
Submitted by Gregory Barber

Sobre o Design: “Eu busquei faze-lo o mais simples e imersivo possível, com muitos desenhos axonométricos e imagens sem margem de modelos em perspectiva que me permitiriam contar uma história num piscar de olhos. ” – Gregory.
Porque gostamos: A seleção e a combinação de imagens, desenhos e textos de Gregory fazem exatamente o que ele pretende: contam a história num piscar de olhos. A forma com que os desenhos são sobrepostos nas imagens os unificam rapidamente na nossa mente, e eles potencializam e clarificam um ao outro.

Submitted by Gregory Barber
Submitted by Gregory Barber
Submitted by Gregory Barber
Submitted by Gregory Barber

Vingan Razvan

Submitted by Vingan Razvan
Submitted by Vingan Razvan

Porque gostamos: Cada desenho neste portfólio é apresentado com um conjunto completo de imagens: plantas em várias escalas, cortes, elevações e diagramas. Diagramado de forma organizada e consistente, este realmente deixa a arquitetura falar por ela mesma.

Submitted by Vingan Razvan
Submitted by Vingan Razvan
Submitted by Vingan Razvan
Submitted by Vingan Razvan

Wilmer Coronado Castillo

Submitted by Wilmer Coronado Castillo
Submitted by Wilmer Coronado Castillo

Sobre o design: “Você sabe que na maior parte do tempo, a curiosidade domina as nossas vidas. A partir do momento que você decidir abrir a caixa, você encontrará rabiscos que no fim se tornaram parte das minhas melhores ideias... Começando como uma caixa com uma aparência intrigante que inclui alguns projetos, eles imediatamente tornam reconhecíveis um estilo de trabalho."
Porque gostamos: Num mundo virtual, é bastante ousado criar um portfólio que só funciona quando enviado fisicamente – e num pacote, ao invés de um envelope.Neste caso, achamos que a coragem valeu a pena, e nenhum arquiteto jamais vai esquecer que recebeu este portfólio.

Submitted by Wilmer Coronado Castillo
Submitted by Wilmer Coronado Castillo
Submitted by Wilmer Coronado Castillo
Submitted by Wilmer Coronado Castillo

Derek Pirozzi

Submitted by Derek Pirozzi
Submitted by Derek Pirozzi

Sobre o design: “A intenção deste portfólio foi manter toda a informação direta e coerente. Cada página do portfólio busca criar páginas completas, com a ideia de apresentar uma proposta a cada duas páginas opostas. ” – Derek
Porque gostamos: Arquitetos geralmente são aconselhados a usar o mínimo de texto em suas apresentações gráficas. Mas o que você faz quando simplesmente tem muito a dizer? Este é um ótimo exemplo de um portfólio que usa bastante texto, mas o faz sem tirar o foco da parte visual.

Submitted by Derek Pirozzi
Submitted by Derek Pirozzi
Submitted by Derek Pirozzi
Submitted by Derek Pirozzi

Rina Ben Shimol

Submitted by Rina Ben Shimol
Submitted by Rina Ben Shimol

Sobre o design: “Branco sobre branco.” – Rina.
Porque gostamos: Este portfólio online se apropria de um simples conceito – uma paleta de cores minimalista perfeita – e a usa do início ao fim para demonstrar sutilmente uma identidade forte.

Cristóbal Riffo

Submitted by Cristóbal Riffo
Submitted by Cristóbal Riffo

Porque gostamos: O layout deste portfólio é incrivelmente rigoroso: em quase todos os casos, há exatamente uma imagem por página. Qualquer informação auxiliar, como número de páginas e títulos dos projetos, é mostrada num tamanho absolutamente mínimo para apresentar a força do trabalho. O portfólio é simples, limpo e impressionante.

Submitted by Cristóbal Riffo
Submitted by Cristóbal Riffo
Submitted by Cristóbal Riffo
Submitted by Cristóbal Riffo

Miguel Roig Burgal

Submitted by Miguel Roig Burgal
Submitted by Miguel Roig Burgal

Sobre o design: “Eu gostaria de mostrar minha forma de ver e fazer arquitetura, e é por isso que eu considero meu portfólio bastante minimalista, sem muita informação e desenhos, apenas aqueles que eu considero suficiente para explicar os projetos. Da tipografia ao posicionamento das imagens e esquemas, todo o portfólio é bem leve e elegante, o que é uma precisa reflexão de mim mesmo. ” – Miguel.
Porque gostamos: Uma das coisas mais impressionantes deste design é a forma como cada imagem é recortada no limite de seu conteúdo, ao invés de um simples retângulo. Não há céus nas renderizações, o que juntamente com a orientação das plantas e diagramas cria um espaço interessante e flexível que muda a cada página.

Submitted by Miguel Roig Burgal
Submitted by Miguel Roig Burgal
Submitted by Miguel Roig Burgal
Submitted by Miguel Roig Burgal

Li Dai

Submitted by Li Dai
Submitted by Li Dai

Porque gostamos: Este portfólio mostra o panorama completo do trabalho de Li Dai, incluindo diagramas, gráficos e até histórias em quadrinhos além dos usuais desenhos e renderizações. Cada projeto é anunciado com um consistente e rígido layout de título da página, dando estrutura a algo que de outra maneira seria uma cacofonia de diferentes estilos de apresentação.

Submitted by Li Dai
Submitted by Li Dai
Submitted by Li Dai
Submitted by Li Dai

Maël Barbe

Submitted by Maël Barbe
Submitted by Maël Barbe

Sobre o design: “Com esta abordagem, a característica dos projetos são intensificadas e a essência das atmosferas desejadas são representadas. Ela revela uma arquitetura sensorial e radical pelo jogo de fortes contrastes. ” – Maël
Porque gostamos: O design monocromático e altamente contrastante deste portfólio unifica um número de diferentes técnicas de apresentação, incluindo croquis e fotos de maquetes.

Submitted by Maël Barbe
Submitted by Maël Barbe
Submitted by Maël Barbe
Submitted by Maël Barbe

Benjamin Wichman

Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman

Sobre o design: “Este layout de portfólio se funde ao design plano das grandes tipografias geométricas e se mescla completamente com o esqueumorfismo das imagens táticas, defendendo o artesanal e a narrativa do processo. ” – Benjamin
Porque gostamos: Como pretendido, este design único demonstra o processo e não apenas o resultado, tornando-se um pouco como um tipo de scrapbook de projeto que reflete como Benjamin pensa seu trabalho.

Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman
Submitted by Benjamin Wichman

Eytan Levi

Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi

Sobre o design: “Depois de algumas tentativas de fazer um portfólio, eu descobri que ter muito espaço em branco melhora e fortalece imagens e desenhos. Esta é a orientação principal que usei quando estava criando este portfólio. A imagem em círculo no início de cada projeto relembra ao leitor que ele está olhando algo novo. “ = Eytan
Porque gostamos: Quase paradoxalmente, o uso do espaço em branco neste portfólio é quase corajoso. Cada imagem então parece preciosa e importante. O layout excelente dos títulos das páginas demonstra um nível crucial de organização. 

Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi
Submitted by Eytan Levi

Aayush Jindal

Submitted by Aayush Jindal
Submitted by Aayush Jindal

Porque gostamos: A chave deste portfólio é a seleção de imagens: o gosto de Aayush por renderizações dramáticas é destacado graças às grandes imagens que ocupam pelo menos dois terços do espaço disponível.

Submitted by Aayush Jindal
Submitted by Aayush Jindal
Submitted by Aayush Jindal
Submitted by Aayush Jindal

Lazar Belic

Submitted by Lazar Belic
Submitted by Lazar Belic

Sobre o design: “Meu portfólio contém um único projeto, explicando a metodologia por trás dele. O projeto começa com a descrição textual do conceito e do contexto, acompanhados pela informação geral, palavras-chave e as imagens. Há uma organização hierárquica da apresentação: introdução ao terreno, volumetria, estrutura, organização espacial, interiores e detalhes. Desta forma, um projeto abrange diferentes escalas e assuntos. ” – Lazar.
Porque gostamos: Quando você tem um único projeto que você acha que demonstra o melhor do que você tem para oferecer, não há forma melhor de apresentar isso. Na verdade, o portfólio parece até um comunicado de imprensa, oferecendo um entendimento completo do projeto no menor tempo possível.

Submitted by Lazar Belic
Submitted by Lazar Belic
Submitted by Lazar Belic
Submitted by Lazar Belic

Thea Mihu

Submitted by Thea Mihu
Submitted by Thea Mihu

Sobre o design: “Eu trabalhei com um layout de página tamanho A4 e tinha um template desenhado no InDesign, o qual usei para a maioria das páginas, por exemplo encaixando o assunto principal num quadrado. Em relação à parte gráfica, eu gosto de usar a cor para enfatizar as características principais das renderizações/plantas/diagramas/detalhes técnicos apresentados.” – Thea.
Porque gostamos: Este é um ótimo exemplo do uso da cor para trazer uma identidade estética a uma coleção de trabalhos.

Submitted by Thea Mihu
Submitted by Thea Mihu
Submitted by Thea Mihu
Submitted by Thea Mihu

Bastian Marzoli

Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli

Sobre o design: “Em uma era em que portfólios são feitos para serem vistos principalmente de uma tela, o modo mais lógico pra mim foi conceber o meu na forma de um website simples e lúdico. O uso de uma única letra para cada categoria do meu portfólio me permitiu manter o menu de navegação bastante simples, ao mesmo tempo que adicionava um certo mistério ao site... Esta ideia de um novo lugar que você tem que descobrir quase andando sem rumo era importante pra mim, e eu propus diferente menus e animações para criar uma trajetória cheia de surpresas, então entretendo o visitante e ao mesmo tempo deixando-o descobrir meu trabalho.” – Bastian.
Porque gostamos: Este portfólio online intrigante e lúdico é belamente apresentado. Enquanto o design certamente oferece o mistério desejado, ele também possui um layout atrativo e limpo.

Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli
Submitted by Bastian Marzoli

Keyhan Khaki

Submitted by Keyhan Khaki
Submitted by Keyhan Khaki

Porque gostamos: Enquanto cada imagem preenche o espaço a ela destinado, a simples divisão em quatro utilizada a cada duas páginas opostas garante que o espaço não pareça demasiadamente cheio. O design do portfólio complementa a própria arquitetura para dar ao documento como um todo uma sensação forte e chocante. 

Submitted by Keyhan Khaki
Submitted by Keyhan Khaki
Submitted by Keyhan Khaki
Submitted by Keyhan Khaki

Pilar Ribot Reus

Submitted by Pilar Ribot Reus
Submitted by Pilar Ribot Reus

Sobre o design: “Baseado na simplicidade, onde apenas imagens fortes e representativas são mostradas. O vazio da página se torna parte dessas imagens”. – Pilar.
Porque gostamos: Outro exemplo com um uso corajoso do espaço em branco, esse design considera a composição das páginas inteiras e executa essas composições de forma muito bonita.

Submitted by Pilar Ribot Reus
Submitted by Pilar Ribot Reus
Submitted by Pilar Ribot Reus
Submitted by Pilar Ribot Reus

Ver a galeria completa

Sobre este autor
AD Editorial Team
Autor
Cita: AD Editorial Team. "Os melhores portfólios de arquitetura" 06 Jun 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872461/os-melhores-portfolios-de-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.