Assista às mudanças das marés nessa proposta de museu para o Rio Tâmisa

Assista às mudanças das marés nessa proposta de museu para o Rio Tâmisa

O arquiteto Evgeny Didorenko lançou sua proposta conceitual, o Museu do Rio Tâmisa, que visa melhorar a conectividade na margem norte do rio Tâmisa e criar um espaço de museu emocionante em Londres.

O Museu Tâmisa é atualmente um conceito de museu sem acomodação permanente. Embora não oficialmente conectado ao Museu do Tâmisa, o trabalho de Didorenko sugere um local e um projeto que não só funcionaria com o contexto do museu, mas que também resolveria questões existentes na margem do rio.

Portanto, o terreno da proposta é uma parte subutilizada da margem norte -Queen's Quay, em Londres. Historicamente, Queen's Quay serviu como um centro de transporte para entregar mercadorias para os moradores da cidade a partir do mar, mas agora está abandonado, e permanece seco durante os períodos de maré baixa, quando os níveis de água baixam até oito metros.

Cortesia de Evgeny DidorenkoCortesia de Evgeny DidorenkoCortesia de Evgeny DidorenkoCortesia de Evgeny Didorenko+ 10

Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko

Além disso, a rota de pedestres existente ao longo do talude nesta área é essencialmente inexistente, sem acesso à beira-mar, e sem caminhos diretos, o que força os pedestres a andarem por dentro de várias quadras antes de retornar ao rio.

A proposta apresenta três componentes principais: uma orla contínua, para pedestres; o Museu do Rio Thames; e um lido público no topo do museu, a fim de transformar o espaço de volta em uma atração pública.

Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko

O ponto focal do projeto, no entanto, seria a "Tela Tâmisa", um grande "aquário invertido", uma janela que mostra a elevação do rio mudando no decorrer do dia, permitindo aos visitantes "explorarem o rio a partir do interior, refletindo a vida pulsante da cidade de Londres."

Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko

Paralelamente à dedicação do Museu do Rio Tamisa à arqueologia e à história do Rio, a proposta apresenta ainda uma exibição de camadas arqueológicas subterrâneas, para apresentar o Tâmisa como "o mais antigo monumento da cidade".

Cortesia de Evgeny Didorenko
Cortesia de Evgeny Didorenko

Evgeny Didorenko, entretanto, não tem nenhuma conexão oficial com o Museu do Tâmisa e sua proposta é especulativa, não fazendo parte dos planos futuros do museu.

Notícia via Evgeny Didorenko.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Santos, Sabrina. "Assista às mudanças das marés nessa proposta de museu para o Rio Tâmisa" [Watch the Tides Change from this Thames River Museum Proposal ] 01 Mar 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/806364/assista-as-mudancas-das-mares-nessa-proposta-de-museu-para-o-rio-tamisa> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.