O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. BIM versus Brexit

BIM versus Brexit

BIM versus Brexit
BIM versus Brexit, BIM vs BREXIT, @Ben_Kerckx, Licença CC0
BIM vs BREXIT, @Ben_Kerckx, Licença CC0

Uma tempestade se aproxima. No entanto, não sabemos de que modo o Brexit afetará a União Europeia do modo como a conhecemos, e diante de um panorama incerto e complicado, surgem algumas perguntas. Seremos capazes de continuar com o Objetivo 2018? Será o Brexit uma desculpa para manter as coisas como estão? Quem vai carregar o bastão, agora que o Reino Unido parece ter abandonado o barco?

Nesse sentido, durante anos o Reino Unido foi uma referência em relação à implementação do BIM. Lá foram desenvolvidos padrões e normas que tornaram o pensamento BIM necessário desde as fases iniciais do projeto. É o espelho para o qual se voltam todos os que acreditam nesta metodologia, um exemplo a ser seguido. As dificuldades que podem surgir com a saída do Reino Unido da União Europeia não podem se transformar em desculpas para paralisar um processo necessário.

Na Espanha, no entanto, alguns profissionais estão começando a percorrer um caminho que outros já percorreram há 10 anos. Pouco a pouco todos os envolvidos na construção civil vão sendo conscientizados. Ninguém coloca em dúvida as vantagens de um sistema que busca eficiência, rapidez e redução de custos, propondo uma visão holística ao projeto arquitetônico, que até pouco tempo atrás era mais um quebra-cabeças cujas peças não encaixavam muito bem. Graças ao impulso de organizações como a Building Smart, os passos parecem claros, porém, ainda há um longo caminho a ser percorrido. Com um sistema educacional ancorado no passado, margens de lucro que apenas cobrem gastos, e um sistema de financiamento insuficiente para obras públicas, como resistir à ressaca do Brexit?

Por enquanto há muitas perguntas e poucas respostas. Talvez o que está por vir confirme que o projeto do bloco era audacioso demais, talvez seja forte o bastante para suportar o golpe. O preocupante é que enquanto não se esclarecer o mapa geopolítico, o setor da arquitetura não poderá reagir. Teremos tempo o suficiente para reação? Estaremos suficientemente bem preparados?

Sobre este autor
Miguel Picado
Autor
Cita: Picado, Miguel. "BIM versus Brexit" [BIM versus Brexit] 19 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/805424/bim-versus-brexit> ISSN 0719-8906
Ler comentários