O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Governamental
  4. Holanda
  5. OMA
  6. 1978
  7. Clássicos da Arquitetura: Ampliação do Parlamento Holandês / OMA

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Clássicos da Arquitetura: Ampliação do Parlamento Holandês / OMA

Clássicos da Arquitetura: Ampliação do Parlamento Holandês / OMA
Clássicos da Arquitetura: Ampliação do Parlamento Holandês / OMA, Cortesia de OMA
Cortesia de OMA

Projetado pouco antes de Zaha Hadid deixar o Office of Metropolitan Architecture (OMA) - liderado por Rem Koolhaas - para fundar seu escritório Zaha Hadid Architects, a extensão proposta para o Parlamento holandês rejeita firmemente a noção de que a imitação é a forma mais sincera de adulação. Em vez de mimetizar o estilo dos edifícios históricos existentes, OMA escolheu prestar homenagem à construção acretiva do complexo através da inserção de uma coleção de elementos geométricos visivelmente pós-modernos. Estes novos edifícios, produtos do final dos anos 1970, serviriam como indicadores inequívocos da passagem do tempo, criando um lembrete gráfico da longa história do Parlamento.

"The Final Push". Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd. Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd. "The Podium: Accommodation for Orgies of Speech". Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd. Fachadas. Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd. + 9

Maquete. Cortesia de OMA
Maquete. Cortesia de OMA

O complexo que abriga o parlamento holandês, conhecido como o Binnenhof, está situado no coração de Haia - a capital governamental da Holanda. As estruturas mais antigas do Binnenhof foram construídas no século 13, com várias adições feitas para o complexo adaptar-se a uma variedade de programas - desde um palácio real à sede da incipiente República Holandesa. O centro do complexo foi dominado pelo Ridderzaal (ou Saguão dos Cavaleiros), uma estrutura gótica que recebeu uma restauração romântica no século 19. Nessa época o Binnenhof finalmente estabeleceu-se em seu papel atual como ponto de encontro do Parlamento holandês, e tornou-se uma aglomeração de edifícios que representam seiscentos anos de estilos arquitetônicos diversos.

Quando um concurso para uma nova extensão do Binnenhof foi anunciado em 1978, havia mais em jogo do que a criação de novos espaços. A demanda do concurso era de uma reinterpretação mais profunda do complexo, física e simbolicamente - separando os espaços de reunião do Parlamento dos espaços de escritórios do governo. [2] Os novos edifícios do Parlamento teriam que ser implantados em um terreno quase que triangular, pouco além do retângulo formado pela fortaleza medieval original. [3]

Het Binnenhof, Den Haag (Nederland). Cortesia de Flickr user Abdulsalam Haykal
Het Binnenhof, Den Haag (Nederland). Cortesia de Flickr user Abdulsalam Haykal

A proposta do OMA consistiu em três elementos principais, o produtos de três arquitetos diferentes: Zaha Hadid, Elias Zenghelis e Rem Koolhaas. Hadid propôs um bloco de escritórios retangular longo, alto e estreito, paralelo a um bloco mais baixo e mais largo desenhado por Zenghelis. Os dois elementos ortogonais permanecem em contraste com a contribuição de Koolhaas, uma extrusão de um plano irregular sobre pilotis. Embora conectadas por passarelas, as três estruturas seriam espacialmente independentes umas das outras. [4]

O principal ponto de incorporar o acesso público na adição proposta estava no bloco horizontal desenhado por Zenghelis. Faceando diretamente uma praça aberta, esta estrutura - construída de tijolos de vidro - seria o principal espaço para a atividade política. Por conseguinte, poderia abrigar múltiplas salas de reuniões para fins variados. Perto da extremidade norte do bloco ficava uma torre elíptica cujas salas ovoides conectavam-se por uma rampa em espiral. O mezanino da torre serviria como um espaço para a imprensa -. aqueles que serviriam como representantes para o público holandês [5] Indo além da distinção especificada entre o governo e Parlamento, isso adicionou uma camada de separação entre o governo e o público aumentou o número de facções a ser representados no Binnenhof para três.

Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd.
Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd.

Paralelamente ao fórum público de Zenghelis estava o volume alto e estreito do bloco do Parlamento de Hadid. Considerando que a estrutura inferior seria aberta ao público, o seu vizinho mais nobre era reservado para os assuntos dos políticos. [6] Os níveis superiores do edifício proviam espaço para os partidos políticos se reunirem e discutirem suas posições, enquanto os níveis mais baixos eram para acomodar os profissionais gestores dos procedimentos parlamentares. Os dois grupos poderiam, então, avançar em direção ao centro do edifício, onde um ambulatório levava-os à assembléia em si. [7] O espaço de escritório para os membros do Parlamento e seus funcionários permaneceriam nas estruturas existentes do complexo, onde arcadas propostas levariam de três pátios ao saguão da assembléia. [8]

A assembléia não estava totalmente contida dentro dos blocos de Zenghelis de Hadid. Em vez disso, levantava-se para cima a partir da cobertura do bloco público, então se inclinava para a horizontal perfurando através do bloco do Parlamento. Esta conectividade carregava uma intenção simbólica clara: em essência, a assembléia foi concebida como uma ponte entre o amador e o profissional, o civil e o governo. O balanço do conjunto também serviu como uma nova porta de entrada para o interior do Binnenhof, emoldurando uma vista do Ridderzaal no interior. [9]

"The Podium: Accommodation for Orgies of Speech". Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd.
"The Podium: Accommodation for Orgies of Speech". Cortesia de A.D.A. EDITA Tokyo Co., Ltd.

Quase inteiramente separado das outras duas adições, a contribuição de Koolhaas literalmente elevava-se sobre ambas. Sua forma era uma extrusão de uma planta poligonal irregular. [10] Embora com sete andares de altura, a torre só continha cinco níveis habitáveis sobre pilotis de altura dupla. [11] Foi desde sob essa torre, entre a pequena floresta de pilotis, que a longa rampa treliçada conduzia desde os escritórios parlamentares para a própria assembléia. [12]

Cortesia de OMA
Cortesia de OMA

O resultado final da colaboração entre Hadid, Zenghelis, e Koolhaas fez mais do que simplesmente tratar das diretrizes programáticas e simbólicas estabelecidas no edital do concurso. O trio de edifícios do final do século 20, ainda que visualmente bastante diferentes de seus vizinhos antigos, não aparentavam estar fora do lugar. Na verdade, a sua modernidade foi concebida para respeitar o que OMA considerou o "processo de transformação em câmera lenta" que levou a representação eclética do Binnenhof de épocas arquitetônicas holandesas. [13] Apesar de nunca ter sido construída, a proposta de OMA continua a ser uma visão fascinante do que poderia ter sido, e levanta a questão de como o Binnenhof vai continuar a transformar-se no futuro.

Cortesia de OMA
Cortesia de OMA

Referências

[1] "Dutch Parliament Extension." OMA. Acessado em 18 de Abril de 2016. [link]
[2] Fabrizi, Mariabruna. "Applying the Cadavre Exquis: The Competition for the Dutch Parliament Extension, OMA (Koolhaas, Zenghelis, Zaha Hadid) – 1978." Socks. November 22, 2013. [link]
[3] Futagawa, Yukio, ed. GA Architect: Zaha M. Hadid. Tokyo: A.D.A. EDITA Tokyo, 1986. p38.
[4] Fabrizi.
[5] Futagawa, p39.
[6] “Dutch Parliament Extension.”
[7] Futagawa, p39.
[8] “Dutch Parliament Extension.”
[9] Futagawa, p39.
[10] Fabrizi.
[11] Futagawa, p38.
[12] “Dutch Parliament Extension.”
[13] Fabrizi.

  • Arquitetos

    OMA
  • Localização

    Binnenhof, Holanda
  • Equipe de Projeto

    Rem Koolhaas, Zaha Hadid, Richard Perlemutter, Ron Steiner, Elias Veneris, Elia Zenghelis
  • Cliente

    Governo Holandês
  • Ano do projeto

    1978

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
OMA
Escritório
Cita: Fiederer, Luke. "Clássicos da Arquitetura: Ampliação do Parlamento Holandês / OMA" [AD Classics: Dutch Parliament Extension / OMA] 07 Nov 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/798049/classicos-da-arquitetura-ampliacao-do-parlamento-holandes-oma> ISSN 0719-8906