O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Luis Claudio Mubarac: Desenho, Dibuxo e Disegno

Luis Claudio Mubarac: Desenho, Dibuxo e Disegno

Luis Claudio Mubarac: Desenho, Dibuxo e Disegno

O curso de Metodologia do Projeto da Escola da Cidade convidou o professor de artes Luis Claudio Mubarac para dar uma aula sobre as definições e trajetórias do desenho.

Luis Claudio explica que tudo o que desenhamos é fruto de nossa imaginação e daquilo que vemos cotidianamente. Assim, enquanto a arte rupestre representava – através de contornos – pequenos signos que transmitiam referências temporais, os egípcios aglomeravam – por quadriculas – tudo que desejavam representar. Os gregos, diferentemente dos egípcios, retratavam o corpo em movimento.

Na Idade Média há um regresso do desenho por conta da arte ser eminentemente uma questão religiosa cristã – explica Mubarac – assim, o desenho passa a seguir uma ordem matemática e geométrica, onde a imagem opera por dessemelhança iconográfica x iconoplástica. Em um segundo momento – quando os artífices e artesãos buscam tornar-se profissionais liberais – são feitas algumas reconsiderações com relação ao desenho. Dessa forma, o professor comenta os modos de representação de artistas como Pisaenello, Leonardo da Vince, Michelangelo, Picasso e Bel Viola.

Luis Claudio Mubarac possui graduação em Artes pela Universidade de São Paulo (1982) e doutorado em Artes pela mesma Universidade (1998). Atualmente é Professor Doutor MS-5, na Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicações e Artes da USP. É Orientador junto ao programa de Artes Visuais, Área de Concentração Poéticas Visuais, na ECA/USP. Áreas de conhecimento Gravura, Desenho, História da Arte, Pintura e História dos Processos de Impressão. Entre 1985 e 2003 foi Professor de Gravura na Fundação Armando Álvares Penteado e orientador do Atelier de Gravura do Museu Lasar Segall, o qual coordenou a partir de 1989.

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Luis Claudio Mubarac: Desenho, Dibuxo e Disegno" 16 Out 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/797350/luis-claudio-mubarac-desenho-dibuxo-e-disegno> ISSN 0719-8906