O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Nossas Cidades: a rede de cidadãos que busca melhorar as cidades onde vivem

Nossas Cidades: a rede de cidadãos que busca melhorar as cidades onde vivem

  • 07:00 - 19 Fevereiro, 2016
  • por Amanda Marton
  • Traduzido por Romullo Baratto
Nossas Cidades: a rede de cidadãos que busca melhorar as cidades onde vivem
Nossas Cidades: a rede de cidadãos que busca melhorar as cidades onde vivem, Rio de Janeiro, Brasil. Imagem © alobos Life, via Flickr
Rio de Janeiro, Brasil. Imagem © alobos Life, via Flickr

Imagine uma plataforma onde as pessoas possam apresentar propostas de lei para melhorar suas cidades, outros cidadãos votam por essas iniciativas, a quantidade de votos serve como um "barômetro" para as autoridades e os políticos, então, acatam a estas ideias e as propõem nas câmaras municipais. 

Esta plataforma, chamada "Nossas Cidades", já existe no Brasil e está se expandindo por outros países da América do Sul.

Nossas Cidades se define como uma rede que confia na participação ativa e contestadora dos cidadãos como o melhor caminho para a construção de um mundo melhor. Criada em 2011 no Rio de Janeiro com a iniciativa "Meu Rio", logo se expandiu para outras cidades brasileiras: Ouro Preto, São Paulo, Recife, Campinas, Porto Alegre, Curitiba, Garopaba e Blumenau. Hoje é uma rede de ativismo e mobilização que reúne mais de 250 mil pessoas. 

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

Através de ferramentas online e ações offline, Nossas Cidades estimula o compartilhamento de conhecimentos, os talentos e as tecnologias na criação e difusão das mobilizações que transformam as cidades segundo os desejos de seus cidadãos. 

A rede funciona através de cinco modos descritos em sua página online: "Multitude", onde qualquer pessoa pode ser voluntária para compartilhar tempo e talento com a rede, disponibilizando seus serviços aos demais;

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

“De Guarda”, onde os cidadãos se tornam guardiões virtuais de iniciativas coletivas,  verificando se ela está sendo efetuada ou não e como está avançando na votação popular.

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

“Panela de Pressão", onde qualquer pessoa pode exercer pressão sobre as autoridades do poder público por e-mail, redes sociais ou telefone.

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

“Compartilhaço", onde, através das redes sociais, se amplia a visibilidade de uma mobilização ou causa social. 

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

E, finalmente, "Legislando", que segue a ideia de "por que esperar pelos caminhos se podemos trilhar nós mesmos?". Em vez de esperar que os políticos elaborem um projeto de lei que melhore a cidade, os próprios cidadãos podem escrever suas propostas, que poderá, então, ser avaliada pelas autoridades. 

© Nossas Cidades
© Nossas Cidades

Graças a estas iniciativas cidadãs, Nossas Cidades já obteve várias vitórias: a ação de milhares de membros impediu, por exemplo, a demolição da quarta maior escola pública do Rio de Janeiro, que seria colocada a baixo para dar lugar às obras da Copa do Mundo. A plataforma também já colocou em marcha um projeto de reciclagem em uma favela da cidade, que se salvou de se tornar um aterro sanitário. 

De acordo com Alessandra Orofina, cofundadora do Nossas Cidades “estes são apenas alguns exemplos que demonstram que a participação cidadã na tomada de decisões pode trazer resultados importantes para as cidades."

Agora, a rede busca pessoas dispostas a desenvolver este mesmo modelo em outras cidades do país e do mundo, começando pela América do Sul. Após vencer o prêmio Google de Desafio e Impacto Social no Brasil, Nossas Cidades abriu em sua página a seção "Inscrições", para empresários e ativistas interessados em levar as ações da rede para suas cidades. 

Saiba mais sobre a iniciativa na página do Nossas Cidades.

Cita: Amanda Marton. "Nossas Cidades: a rede de cidadãos que busca melhorar as cidades onde vivem" [Nossas Cidades: la red de ciudadanos que busca mejorar el lugar en el que viven] 19 Fev 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/782203/nossas-cidades-a-rede-de-cidadaos-que-busca-melhorar-o-lugar-onde-vivem> ISSN 0719-8906