O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Pesquisadores do MIT desenvolvem alternativa acessível ao Smart Glass

Pesquisadores do MIT desenvolvem alternativa acessível ao Smart Glass

Pesquisadores do MIT desenvolvem alternativa acessível ao Smart Glass

Quando se fala de materiais e suas propriedades de eficiência energética, um deles se destaca dos demais: o vidro. Janelas e planos de vidro são uma das maiores fontes de perda de calor de uma edificação e ao passo que a sociedade avança em direção a um futuro ambientalmente mais consciente, novas soluções passivas deverão ser desenvolvidas para mitigar a pegada energética dos edifícios. Recentemente, diversas tecnologias de smart glass foram desenvolvidas para automaticamente regular a luz e o calor baseadas nas condições ambientais. No entanto, os altos custos envolvidos têm impedido sua popularização. Agora, uma equipe de pesquisadores do MIT descobriu uma alternativa ao smart glass que pode ser comercializada a um custo acessível. 

Pesquisadores do MIT desenvolvem alternativa acessível ao Smart Glass , © Melanie Gonick/MIT
© Melanie Gonick/MIT

O método envolve "esticar" um material para aumentar sua transparência. A equipe de pesquisadores, composta por López Jiménez, Pedro Reis e Shanmugam Kumar, desenvolveu uma teoria para prever exatamente quanta luz é transmitida através de um material, dada sua espessura e grau de alongamento. Pense, por exemplo, em como um balão de borracha se torna mais transparente quando inflado. O grupo, então, aplicou esta teoria para criar compostos que alteram sua cor ou transparência em resposta a estímulos externos, neste caso, força mecânica. Para criar o composto, escolhera uma fina calada de PDMS - um polímero altamente elástico e transparente - misturado com uma solução de micropartículas de corante preto. Em "descanso", o material é opaco, mas ele é mecanicamente deformado, passa a permitir a passagem de luz. 

"Podemos prever e caracterizar a evolução da luz quando a filtramos", comentou López Jiménez. "Se você me der as propriedades do material inicial e medir a intensidade da luz recebida, sabemos exatamente quanta luz passará com a deformação."

© Melanie Gonick/MIT
© Melanie Gonick/MIT

A variedade de usos e a acessibilidade do PDMS fazem deste material um forte candidato para aplicações comerciais, mas o grupo de pesquisa planeja continuar testando sua teoria em superfícies e texturas mais complexas para alcançar um nível excelente de eficiência. 

"Este tipo de material oferece grandes possibilidades em termos de propriedades óticas ajustáveis", comentou Reis. "Aplicar este mecanismo relativamente simples, porém robusto e previsível, é um desafio animador que vale a pena seguir, visando aplicações concretas em engenharia, como em mecanismos de controle de luz interna através de janelas inteligentes."

Sobre este autor
Patrick Lynch
Autor
Cita: Lynch, Patrick. "Pesquisadores do MIT desenvolvem alternativa acessível ao Smart Glass " [MIT Research Team Develops Affordable Smart Glass Alternative] 17 Fev 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/782140/pesquisadores-do-mit-desenvolvem-alternativa-acessivel-ao-smart-glass> ISSN 0719-8906