"O Véu da Noiva", aqueduto de 4000 furos na exuberante natureza do Maciço Central francês

"O Véu da Noiva", aqueduto de 4000 furos na exuberante natureza do Maciço Central francês

O arquiteto francês radicado em Valência, Espanha, Louis Sicard em parceira com o arquiteto Emil Yusta e o marceneiro Thorsten Fischer desenvolveram uma instalação chamada "O Véu da Noiva", na cascata Rossignolet que está situada na cidade de Mont Dore, na região dos vulcões franceses.

Como marco para a abertura do Festival de Arte e Natureza: Horizons Sancy de 2014, a intervenção consiste em um aqueduto com 4.000 aberturas que se desenvolve por cima do rio - a 3,5 mts de altura - como se fosse uma película artificial de chuva, que juntamente com os efeitos de luz e linhas retas, formam um percurso pelo coração da exuberante natureza do Maciço Central francês.

Mais detalhes do paisagismo e arquitetura, a seguir.

Cortesia de Louis SicardCortesia de Louis SicardCortesia de Louis SicardCortesia de Louis Sicard+ 12

Um véu de água de 40 metros de comprimento se estende por cima da correnteza, abaixo da cascata Rossignolet. É um limite vertical úmido, porém interativo que convida o visitante a cruzá-lo.

Cortesia de Louis Sicard
Cortesia de Louis Sicard

A cascata se chama "Véu da Noiva" por sua delicada aparência e sua distribuição uniforme sobre rochas de cinzas vulcânicas. Quando o sol está no ápice, as luzes e sombras do bosque e os reflexos da água, finalmente completam a cena mágica da cascata.

Desde os primeiros croquis do projeto, a ideia era de utilizar a água e suas características como componente principal da instalação. O som fresco da fonte brinca com as várias reflexões e a transparência da água. A segunda ideia era enfatizar a beleza do contexto, criando algo que coincidisse com as luzes e sombras dos grandes troncos de madeira do bosque.

Cortesia de Louis Sicard
Cortesia de Louis Sicard

Um depósito capta a água diretamente da cascata e seu leve transbordamento regula o fluxo de água. A água, então, flui no canal de madeira através das 4000 furos dispostos a cada centímetro. 

Cortesia de Louis Sicard
Cortesia de Louis Sicard

Uma parte da água da cascata é armazenada em um depósito onde é filtrada e sua taxa de fluxo é regulada. A água continua seu percurso descendo por um canal de pinos de 40 metros de comprimento, de seção triangular (aproximadamente 40cm) e com estrutura interna levemente inclinada. A água se distribui de forma uniforme nos 4000 furos - de menos de 2mm de diâmetro.

Cortesia de Louis Sicard
Cortesia de Louis Sicard

O projeto foi elaborado através de uma oficina de marcenaria na Espanha e seu processo de instalação levou 10 dias. Participaram da execução Louis Sicard e Emil Yusta, arquitetos e Thorsten Fischer, marceneiro.

Cortesia de Louis Sicard
Cortesia de Louis Sicard

A peça foi instalada no Festival de Arte e Natureza: Horizons Sancy 2014. Este festival consiste em 12 obras criadas in-situ por artistas internacionais selecionados através de uma convocatória de projetos. 

Autores: Louis Sicard, Emil Yusta, Thorsten Fischer
Localização: Valência, Espanha
Organização: Horizons « Arts-Nature» em Sancy 2014
Fotografias: Louis Sicard

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Yávar, Javiera. ""O Véu da Noiva", aqueduto de 4000 furos na exuberante natureza do Maciço Central francês" ["El Velo de la Novia", acueducto de 4000 agujeros en la exuberante naturaleza del Macizo Central francés] 06 Set 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/772899/o-veu-da-noiva-aqueduto-de-4000-aberturas-na-exuberante-natureza-do-macico-central-frances> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.