O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Aplicativo "Journal": um possível futuro para o desenho analógico

Aplicativo "Journal": um possível futuro para o desenho analógico

Aplicativo "Journal": um possível futuro para o desenho analógico
Aplicativo "Journal": um possível futuro para o desenho analógico, Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio
Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio

Continuando sua série de novos aplicativos para arquitetos e designers, a Morpholio divulgou seu mais recente trabalho - um caderno digital conhecido como “Journal”. Um aperfeiçoamento dos sketchbooks digitais existentes, Journal procura capturar o mais fielmente possível o registro de ideias e inspirações corriqueiras de um caderno analógico. Diferentemente da maioria dos cadernos digitais, o Journal permite aos usuários combinar a fusão de fotos, imagens, croquis e desenhos que um caderno verdadeiro poderia abranger, trazendo novos materiais para o debate entre digital e analógico. Mas poderia um aplicativo realmente substituir o papel que os cadernos analógicos têm na vida de um arquiteto? Para descobrir, conversamos os criadores da Morpholio sobre o Journal e o futuro da mídia digital e analógica.

Trabalho de Karl Bengzon. Imagem Cortesia de Morpholio Trabalho de Jimenez Lai. Imagem Cortesia de Morpholio Trabalho de Stallan-Brand. Imagem Cortesia de Morpholio Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio + 10

"Um caderno de croquis tem o significado de ser um apanhado de tudo o que você quer lembrar. Eu mantenho fotos, bilhetes de trem, notas, mapas ou imagens encontradas, assim como meus escritos e croquis", explica Anna Kenoff, arquiteta e cocriadora da Morpholio. "A maioria dos cadernos digitais supõe que você só deseja esboçar numa tela em branco. O Journal é diferente e permite que as ideias venham de diversos meios".

Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio
Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio

Com uma série de características, o aplicativo busca procura emular esta experiência de múltiplas mídias, tanto quanto possível. Os usuários podem esboçar sobre qualquer coisa, trabalhar em qualquer imagem ou foto, e o desenho irá se mover, rotacionar e escalar com a foto que o acompanha. O giro de páginas é simulado, mas com velocidade suficiente para que todo o conteúdo seja acessível de ser avaliado em segundos. Além disso há calendário, caderno, e modelos com linhas e listas de tarefas, tornando a escrita fácil e legível, combinando um meio digital com a sensação física da escrita.

Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio
Trabalho de Javier Galindo. Imagem Cortesia de Morpholio

Mas enquanto recriar a experiência analógica foi importante na criação do Journal, o aplicativo também é capaz de oferecer a conveniência do digital:

"Um importante item para o Journal é o conjunto de ferramentas para arquitetos e designers", disse Joey Swerdlin, Gerente de Comunidade (Community Director) da Morpholio . "O aplicativo inclui um arsenal de canetas, pincéis e lápis incluindo pontas de cinzel, carvão e outras ferramentas capazes de reproduzir os efeitos únicos e especiais destes meios que raramente não nos damos o trabalho de utilizar, e certamente não podemos carregar todos os dias. O aplicativo também inclui dezesseis paletas de cores, criadas pelos premiados designers gráficos da MTWTF, de Nova York, para trazer elegância às suas imagens".

Trabalho de Jimenez Lai. Imagem Cortesia de Morpholio
Trabalho de Jimenez Lai. Imagem Cortesia de Morpholio

Claro que, juntamente com esses recursos projetados para simplificar experiências que são de difícil controle no mundo físico, alguns recursos do aplicativo são simplesmente impossíveis de serem replicadas no meio analógico:

"Há muitos benefícios que o digital permite", disse Toru Hasegawa, cocriador da Morpholio. "Três vêm à mente:. Zoom e Escala: fico frustrado quando desenho no papel e não posso aumentar o zoom para desenhar detalhes ou ampliar uma foto. Infinitude: é impossível levar comigo todos os meus velhos cadernos e o digital me permite tê-los o tempo todo. Agora tenho um que serve para viagens, projetos e uso pessoal. E, finalmente, a opção desfazer: imagine se a vida tivesse um botão de desfazer (undo). Graças a Deus o Journal tem".

Apesar destas ferramentas claramente úteis, há algumas para quem a potencial perda de seus amados cadernos de croquis de papel é uma proposição desconfortável. Felizmente para essas pessoas, Morpholio não enxerga como objetivo tornar os meios tradicionais e físicos obsoletos, como Joey Swerdlin explica:

"Esperamos que existirão mais diários analógicos enquanto a facilidade de cruzar tecnologias analógicas e digitais continuar a se desenvolver, até o momento que a divisão entre um e outro seja mínima. Desenhar em múltiplas superfícies será sempre importante e a posição de Journal é que o desenho digital seja visto como uma contribuição ao meio criativo e não um substituto ".

Trabalho de Stallan-Brand. Imagem Cortesia de Morpholio
Trabalho de Stallan-Brand. Imagem Cortesia de Morpholio

Ainda assim, quando se trata dessa simbiose entre o digital e o analógico, Morpholio não se contenta com pouco. Por um lado, seu próximo projeto - ainda um pouco mais que um rumor nesse momento - envolve uma "colaboração de mudança de jogo" com a Graphisoft, enquanto, por outro, eles já estão ansiosos para o que as próximas gerações de hardware possam trazer para aplicativos como o Journal:

"Nós amamos a sensação de uma superfície texturizada sobre o vidro. A tatilidade do papel ainda não é possível, mas o que a tecnologia háptica (o novo touch pad) parece sugerir é um futuro mais tátil para as superfícies", disse Toru Hasegawa. "O objetivo do Journal é, na verdade, ser tão analógico quanto possível e sua beleza está nas coisas que não podem ser vistas."

Interface do iPhone. Imagem Cortesia de Morpholio
Interface do iPhone. Imagem Cortesia de Morpholio

Lista de recursos

  1. Esboçar sobre qualquer coisa - com o aplicativo, projetos e desenhos podem ser feitos sobre qualquer outra imagem, e o desenho irá se mover, rodar e ser escalado com a foto que acompanha.
  2. Visualização rápida - uma interface de folheio de página otimizada simula o giro de um livro real, mas com velocidade suficiente para que todo o Journal seja acessível em segundos.
  3. Designware - construído em um conjunto de meios que seriam difíceis de transportar fisicamente, incluindo 8 pincéis, canetas e lápis que vão de pontas de cinzel ao carvão, juntamente com 16 paletas de cores criadas pelos premiados designers gráficos de Nova York, MTWTF.
  4. Collage - com a sofisticada plataforma, criar trabalhos de mídias mistas tornou-se mais fácil do que nunca, sendo capaz de usar e organizar milhares de fotos.
  5. Notas - juntamente com um calendário, caderno, modelos de grade e lista de tarefas, o aplicativo permite aos usuários fazer escritas fáceis e legíveis, combinando o meio digital com a sensação física da escrita.

O aplicativo Journal pode ser encontrado na loja de aplicativos aqui, e você pode encontrar mais informações sobre ele no site oficial da Morpholio.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Eric Oh
Autor
Cita: Oh, Eric. "Aplicativo "Journal": um possível futuro para o desenho analógico" [Is Morpholio's New "Journal" App the Future of Sketching?] 24 Ago 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/771834/is-morpholios-new-journal-app-the-future-of-sketching> ISSN 0719-8906