Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Eric Oh

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Conselhos do ArchDaily Brasil aos calouros de arquitetura

Você, que acabou de entrar na faculdade de arquitetura, certamente já ouviu os mitos - as lendas de todas as viradas de noites, do incomparável vício pelo trabalho e amor à profissão. Talvez você saiba o que quer - resolver o grande problema da urbanização, criar a próxima maravilha sustentável ou, talvez, apenas iniciar a sua própria empresa e mostrar ao mundo da arquitetura como as coisas devem ser feitas. Talvez você não tenha ideia do que você quer fazer, trazido à arquitetura pelo romantismo em torno da profissão. Talvez você seja um artista que quer um emprego quando se formar. Um herói da cidade, você está prestes a ser jogado em uma sala de aula. Você estará cercado pelos mais brilhantes estudantes de resolução de problemas, de engenharia, de escrita, desenho e uma série de outras habilidades. Ansioso e animado, você está pronto para as portas da formação de arquiteto, com fome de inovação e pronto para compartilhar e aprender com os outros. Do primeiro ao último dia, prepare-se para os melhores - e mais difíceis momentos de sua vida até agora.

5 sites para baixar escalas humanas de diferentes etnias

A importância das pessoas nos renders de arquitetura não é nada novo - o acréscimo de realismo e elementos narrativos pode potencializar ou impedir o sucesso de uma imagem. Com sites como Skalgubbar, arquitetos e estudantes têm acesso fácil a "escalas humanas": fotografias de pessoas recortadas e salvas em formato PNG, prontas para serem inseridas em programas de edição de imagem.

Inicialmente, havia entre esses arquivos disponibilizados gratuitamente na internet uma homogeneidade de etnia. Sendo a maioria das pessoas que disponibilizavam essas figuras de origem caucasiana e de países escandinavos, houve uma onda de renders de todas as partes do mundo povoados com estas pessoas. Atentos para isto, outros grupos criaram bancos de dados de escalas humanas de outras etnias e culturas, oferecendo aos arquitetos e estudantes a liberdade de retratar seus projetos de modo mais coerente com o contexto. 

Compilamos, a seguir, 5 websites que oferecem escalas humanas de diversas etnias. Conheça-os, a seguir. 

Em foco: Santiago Calatrava

Santiago Calatrava Valls, arquiteto, engenheiro e artista mundialmente conhecido, completa hoje 66 anos. Calatrava é associado a um estilo "neofuturista" e famoso pelo virtuosismo estrutural de suas obras. O Milwaukee Art Museum, seu primeiro trabalho nos Estados Unidos, é lembrado por suas "asas" que se abrem e fecham em função da posição do sol. Seu complexo de edifícios em Valência, cidade onde nasceu, é outro grande ponto de peregrinação para entusiastas da arquitetura. 

Pesquisadores de Harvard criaram um material que muda de forma sozinho

Um novo material desenvolvido pelos pesquisadores de Harvard é capaz de alterar, sozinho, seu tamanho, volume e forma, segundo afirma um artigo publicado na "The Harvard Gazette". O novo material, inspirado na técnica de origami chamada snapologia, é composto por cubos extrudados que possuem 24 faces e 36 arestas.

Arquivo digital disponibiliza gratuitamente centenas de revistas de arquitetura

O organização North Carolina Modernist Homes (NCMH) e a Hanley Wood (empresa matriz da ARCHITECT) se uniram para criar o Colossus: um novo acervo digital de publicações de arquitetura do século XX. Quando concluído, este será o maior arquivo digital de revistas de arquitetura moderna do mundo, contando com mais de 1,3 milhões de páginas.

Estúdio de design "Poopycat" cria casinhas de gato inspiradas em ícones da arquitetura

Aqueles que desfrutam da companhia felina podem agora presentear seus gatos com casinhas inspiradas em ícones da arquitetura. O estúdio de design "Poopycat" lançou uma série de casinhas de gato feitas de papelão criadas a partir de famosos monumentos e edifícios. A série inclui o Taj Mahal, a Casa Branca, a Torre Eiffel, além de monumentos mais antigos, como as Esfinge do Egito e uma pirâmide maia. 

Mergulhe no Metropolitan Museum of Art com este vídeo em 360°

Após o Facebook lançar a ferramenta de vídeo em 360°, o Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque divulgou um vídeo feito com a nova técnica mostrando o espaço de seu Grande Hall. Primeira grande aplicação da tecnologia do Oculus Rift pelo Facebook, os vídeos em 360° permitem que os usuários naveguem tridimensionalmente dentro de um vídeo em movimento, seja com o mouse do computador ou fisicamente, com um dispositivo móvel.

Projetado por Richard Morris Hunt em 1902, o Grande Hall do Met recebe mais de 6 milhões de visitantes do museu todos os anos. O vídeo foi filmado em dois "planos": um deles na entrada principal, sobre a escadaria, e o outro 90° em relação ao primeiro, seguindo  público que sobe a escada. 

WOHA revela “Fragmentos de um Futuro Urbano” para a Bienal de Veneza 2016

Do escritório WOHA, com base em Singapura, "Fragmentos de um Futuro Urbano" estará em exibição na Bienal de Veneza 2016, abordando algumas das questões críticas que as megacidades enfrentam atualmente – "urbanização sem precedentes, acelerando mudanças climáticas e a necessidade de preservação da biodiversidade tropical". Sendo parte da exposição colateral “TIME SPACE EXISTENCE,”, da Global Art Affairs Foundation, a contribuição de WOHA estará sediada no Palazzo Bembo.

Bee Breeders anuncia os vencedores do concurso para o Pavilhão Portátil Charlie Hebdo

Os organizadores do concurso internacional de arquitetura Bee Breeders anunciaram os três vencedores e menções honrosas do concurso de projeto para o pavilhão portátil do Charlie Hebdo. Com o propósito de ser uma exposição itinerante do trabalho da revista francesa “Charlie Hebdo”, aos participantes foi pedido que "suportassem e promovessem" os princípios da liberdade de discurso no projeto. Respondendo aos ataques terroristas contra o Charlie Hebdo e o subsequente diálogo internacional sobre liberdade de discurso, o concurso buscou desconstruir as "premissas convencionais da liberdade de expressão" e olhar especificamente para "o que torna livre o discurso e o quanto isto custa".

Cada proposta foi julgada pela maneira a qual desafiou estas premissas em termos de espaço, material e forma. Foi dada preferência aos projetos que possuíam conceitos claros, circulação, sequência e narrativa, além de engajamento público e uma "reconciliação entre o abstrato e o teórico com o físico e o real". Também foram dadas considerações pela forma como os projetos contribuíram para o discurso - em vez de expressar uma oposição - em relação às crescentes áreas "ideológicas, políticas e culturais binárias".

Exposição "Close-up" explora o potencial das tecnologias digitais nos detalhes arquitetônicos

A exposição "Close-up", promovida pelo SCI-Arc, está atualmente em cartaz na galeria SCI-Arc e apresenta detalhes arquitetônicos projetados com uso de tecnologias digitais por arquitetos renomados no campo. A exposição, que tem curadoria de Hernan Diaz Alonso e David Ruy, busca explorar o impacto das novas ferramentas de computação não apenas na análise de edifícios de grandes escalas, mas também nas "tradições da expressão tectônica" associadas ao detalhe arquitetônico.

Biblioteca Britânica disponibiliza milhões de imagens para uso público no Flickr

A Biblioteca Britânica continua a disponibilizar imagens de sua coleção digitalizada, agora atingindo a cifra de um milhão de imagens na plataforma Flickr. Desde 2013, a instituição vem selecionando aleatoriamente imagens ou páginas de seus mais de 65 mil livros de domínio público dos séculos XVII, XVIII e XIX.

Cortesia de The British Library Cortesia de The British Library Cortesia de The British Library Cortesia de The British Library + 15

Cartões postais “My Detroit” serão apresentados na exposição dos EUA na Bienal de Veneza 2016

Vinte cartões postais retratando Detroit foram selecionados para a “My Detroit,” parte da The Architectural Imagination, exposição do Pavilhão dos Estados Unidos na Bienal de Veneza de 2016. Escolhidos entre 463 inscrições pela curadora Cynthia Davidson e pelo sociologista Camilo José Vergara, os vinte cartões vencedores - elaborados por 18 pessoas - foram selecionados como uma série, por ajudar a contar a história de Detroit hoje. Dez dos 18 vencedores residem na região de Detroit.

House Fire, 2013. Imagem © Geoff George, Detroit, MI. Glimmers of the past (Michigan Theatre), 2010. Imagem © Harrell Scarcello, Southfield, MI. Belle Isle Aquarium, 2013. Imagem © Derek Chang, New York, NY. Belle Isle Bridge, 2012. Imagem © Salvador Rodriguez, Saint Clair Shores, MI. + 20

A Itália apresenta 20 "projetos para o bem comum" em sua exposição para a Bienal de Veneza 2016

"Taking Care, Projetando para o bem comum" é o tema que a Itália selecionou para seu pavilhão na Bienal de Veneza em 2016, examinando a arquitetura como um serviço que se preocupa com as pessoas, os espaços,os princípios e os recursos. A exposição apresentará 20 projetos de estudos de arquitetura italiana que abrangem uma vasta gama de problemas; da saúde à habitação, educação e cultura. A curadoria da exposição será organizada pela equipe TAMassociati, composto por Massimo Lepore, Raul Pantaleo e Simone Sfriso.

Documentário sobre Jane Jacobs será lançado ainda este ano

O documentário de Jane Jacos - um longa metragem que foca na vida e obra da celebrada autora e ativista urbana, tem lançamento previsto para a segunda metade deste ano. Coincidindo com seu centenário de nascimento, Robert Hammond, cofundador e diretor executivo do Friends of the High Line, e Matt Tyrnauer, produtor e diretor de Valentino: The Last Emperor, planejam levar o filme a festivais a partir do final do ano.

Atkins propõe masterplan para a primeira ferrovia de alta velocidade da Indonésia

O escritório Atkins foi escolhido para criar um masterplan de desenvolvimento orientado pelo trânsito (TOD) em torno do novo corredor de trens de alta velocidade (HSR) de Jakarta, Bandung, o primeiro HSR projetado na Indonésia. Previsto para ser finalizado em 2019, o corredor terá uma extensão de 142,3 km, estimulando crescimento econômico ao longo do corredor, enquanto reloca o tráfego da região, atualmente muito congestionada.

O masterplan integrará planejamento eficiente,valorização dos terrenos e integração entre os empreendimentos e a estação, com o Atkins cobrindo especificamente "o masterplan de desenvolvimento orientado pelo trânsito, o projeto de arquitetura e urbanismo, o paisagismo e a integração da estação entre as áreas de Halim e Manggarai".

Vídeo: Gifu Media Cosmos, por Toyo Ito

O mais recente vídeo da série Japanese Collection, criada pelo arquiteto e videomaker francês Vincent Hecht, retrato o projeto Gifu Media Cosmos de Toyo Ito. A biblioteca/galeria apresenta um forro de madeira ondulante e grandes funis translúcidos suspensos que definem áreas para atividades diversas. Uma série intermitente de aberturas na cobertura permite a entrada de luz natural no espaço interno.

Sou Fujimoto e Laisné Roussel propõem torre de madeira em Bordeaux

Atendendo a um convite feito pela cidade de Bordeaux em dezembro de 2015, Sou Fujimoto Architects e Laisné Roussel divulgaram sua proposta para “Canopia”: um complexo multifuncional que conta com uma torre residencial de madeira de 50 metros de altura e 199 residências, 3.770 m² de espaços para escritórios e 500 m² área comercial. A torre será uma das edificações de madeira mais altas do mundo.

Vista do apartamento. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. Vista da cobertura verde. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. Maquete. Imagem © Roberta Donatini Vista do terraço. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. + 21

7 novos métodos de fabricação que nos levarão a uma nova arquitetura

Mergulhada em uma era de digitalização e computação, a arquitetura foi profundamente afetada na última década por aquilo que alguns críticos têm chamado de "Terceira Revolução Industrial". Com questões éticas e de produção muito presentes no atual discurso da arquitetura, projetos que tiram vantagem destas novas tecnologias são frequentemente criticados por sua natureza vazia e inconsistente. Por outro lado, temos presenciado a emergência de trabalhos que exemplificam o lado mais otimista desta "Terceira Revolução Industrial" -- uma arquitetura que se apropria das novas tecnologias e da computação para o bem comum de nossas cidades e seus habitantes. 

Compilamos sete destes projetos, que englobam desde exemplos de engenharia até produções mais artesanais; projetos que, 80 anos depois da publicação de um dos livros mais reverenciados de Le Corbusier, dão pistas de um novo horizonte -- por uma (nova) arquitetura.