O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios De Escritórios
  4. Brasil
  5. Pedro Paulo de Melo Saraiva
  6. 1974
  7. Clássicos da Arquitetura: Edifício Acal / Pedro Paulo de Melo Saraiva

Clássicos da Arquitetura: Edifício Acal / Pedro Paulo de Melo Saraiva

  • 17:00 - 25 Julho, 2015
  • por Michelle Schneider Santos
Clássicos da Arquitetura: Edifício Acal / Pedro Paulo de Melo Saraiva
Clássicos da Arquitetura: Edifício Acal / Pedro Paulo de Melo Saraiva, © Michelle Schneider
© Michelle Schneider

Por Michelle Schneider Santos

O edifício tem dupla fachada: a oculta e a exposta. A fachada oculta é composta de quatro faces de vidro, tipo cortina, com caixilharia em alumínio. O distanciamento entre montantes é de um metro e trinta e dois centímetros. A fachada exposta é de concreto aparente, composta por sete módulos simétricos de dois metros e sessenta e cinco centímetros de largura e igual altura, no sentido horizontal, e doze módulos idênticos no sentido vertical. Cada face tem dezoito metros e setenta e cinco centímetros de largura e trinta e dois metros de altura, a partir do primeiro pavimento. Os módulos de concreto possuem duas barras diagonais, que resultam em um X inscrito em um quadrado, para o travamento estrutural, conformando uma grelha com o total de oitenta e quatro unidades em cada fachada. Trata-se de quatro planos suspensos com treliças tubulares, distantes sessenta centímetros do plano interno de vidro e sem intersecção nas arestas.

© Michelle Schneider
© Michelle Schneider

Oito pilares periféricos em concreto armado sustentam o edifício, além da estrutura do núcleo central. Fundem-se à fachada exposta, dois em cada face. O entrecolúnio é de sete metros e noventa e cinco centímetros, enquanto os balanços bilaterais são de cinco metros e trinta centímetros. O volume do núcleo, onde estão os sanitários e circulação vertical, encontra-se no centro da planta alinhado ao entrecolúnio das quatro fachadas. O corredor de acesso à torre encontra-se no intervalo do volume, disposto no sentido Nordeste-Sudoeste. Esse eixo demarca os dois níveis do platô no pavimento térreo, cuja diferença é de um metro e quarenta centímetros de altura.

© Michelle Schneider
© Michelle Schneider

O edifício está isolado no lote de esquina, com formato irregular. Uma loja com pé-direito de quatro metros e oitenta e cinco centímetros encontra-se na porção Nordeste, onde também existe um estacionamento descoberto. Outro ambiente comercial está localizado no meio nível acima, na porção Sudoeste. Diferentemente da fachada oculta da torre, o plano de vidro no pavimento térreo está exposto e possui arestas arredondadas. Os pilares periféricos, mimetizados na fachada-grelha a partir do primeiro pavimento, encontram-se destacados das faces envidraçadas no térreo.

Implantação. Desenho: Michelle Schneider
Implantação. Desenho: Michelle Schneider
© Arquitetura Brutalista (CC BY-NC 3.0)
© Arquitetura Brutalista (CC BY-NC 3.0)

A projeção da torre é um quadrado. Cada lado apresenta dezoito metros e setenta e cinco centímetros. A planta é dividida igualitariamente em quatro, derivando quatro salas de escritórios com setenta e cinco metros quadrados cada. A altura total do edifício é de quarenta e dois metros, a partir da cota mais baixa no nível térreo até a laje de cobertura do pavimento técnico.

© Michelle Schneider
© Michelle Schneider

Michelle Schneider Santos é sócia-proprietária do Studio Arqbox Arquitetos Associados, mestre e doutoranda pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Este Clássico da Arquitetura foi elaborado durante o II Workshop ArchDaily Brasil e selecionado por nossa equipe editorial. Se você quiser compartilhar suas ideias em ArchDaily Brasil, nos escreva para colabore@archdaily.com.

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua Professor Artur Ramos, 183 - Jardim Paulistano, São Paulo - SP, 01454-011, Brasil
  • Arquiteto Responsável

    Pedro Paulo de Melo Saraiva
  • Co-autores

    Sérgio Fischer e Henrique Cambiaghi Filho
  • Projeto Estrutural

    Eng. Júlio Kassoy e Eng. Mário Franco
  • Ano do projeto

    1974
  • Fotografias

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Pedro Paulo de Melo Saraiva
Escritório
Cita: Michelle Schneider Santos. "Clássicos da Arquitetura: Edifício Acal / Pedro Paulo de Melo Saraiva" 25 Jul 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/770831/classicos-da-arquitetura-edificio-acal-pedro-paulo-de-melo-saraiva> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.