O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. #Dysturb: apropriando a rua como ferramenta de inquietação

#Dysturb: apropriando a rua como ferramenta de inquietação

#Dysturb: apropriando a rua como ferramenta de inquietação
 #Dysturb: apropriando a rua como ferramenta de inquietação, Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb
Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb

Fartos de não terem seu trabalho reconhecido ou publicado, os fotojornalistas franceses Benjamin Girette e Pierre Terdjman fundaram este ano o movimento #Dysturb, em que se apropriam das ruas para expor trabalhos fotográficos seus e de outros profissionais realizados em zonas de conflito.

O objetivo dessa iniciativa é “aumentar a consciência sobre o que está realmente acontecendo no mundo”, e nenhum espaço é mais apropriado para essa tomada de consciência que a rua, “a única plataforma social maior que o Facebook”, diz Girette.

Segundo a dupla, as revistas raramente estão interessadas em mostrar o que está acontecendo em países com regiões de instabilidade sócio-política, como o Egito, Geórgia ou Afeganistão, reservando-se a publicar poucas fotos. Nesse sentido, Girette e Terdjman pretendem destacar a importância do fotojornalismo como veículo e ferramenta de conscientização.

O movimento #Dysturb já chegou a diversas cidades da França, à Sarajevo, na Bósnia e Herzegovina, e mais recentemente à Nova Iorque. Fotógrafos e jornalistas desses e de outros lugares compartilham da ideia de que o fotojornalismo é uma linguagem universal com o poder de derrubar estereótipos, fomentar discussões, despertar a conscientização e, em última instância, ajudar as pessoas a melhor compreender os acontecimentos no mundo.

Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb
Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb

Ao se apropriar de espaços públicos com imagens em escala real, #Dysturb rompe com os meios tradicionais de publicação e oferece uma nova perspectiva e visibilidade para o fotojornalismo.

Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb
Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb

O movimento é aberto a qualquer pessoa interessada em colaborar, seja ajudando a afixar as imagens ou propondo suas próprias fotografias (livres de influências comerciais). Em breve será lançado um novo aplicativo para dispositivos móveis que ajudará a coordenar os esforços dos interessados e localizar as ações dos grupos.

Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb
Paris, França. Image Cortesia de #Dysturb

Saiba mais sobre o movimento #Dysturb na página oficial da iniciativa

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. " #Dysturb: apropriando a rua como ferramenta de inquietação" 16 Nov 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/757291/number-dysturb-apropriando-a-rua-como-ferramenta-de-inquietacao> ISSN 0719-8906