O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Por que edifícios de madeira estão em ascensão? Uma entrevista com a especialista em estruturas de madeira da Perkins+Will

Por que edifícios de madeira estão em ascensão? Uma entrevista com a especialista em estruturas de madeira da Perkins+Will

Por que edifícios de madeira estão em ascensão? Uma entrevista com a especialista em estruturas de madeira da Perkins+Will
Por que edifícios de madeira estão em ascensão? Uma entrevista com a especialista em estruturas de madeira da Perkins+Will, Edifício IZM / Architekten Hermann Kaufmann - Alemanha. Imagem © Norman A. Müller
Edifício IZM / Architekten Hermann Kaufmann - Alemanha. Imagem © Norman A. Müller

Material Minds, apresentado por ArchDaily Materials, é a nossa nova série de entrevistas com arquitetos, designers, cientistas, e outros que utilizam materiais arquitetônicos de maneiras inovadoras.

Madeira. Os Estados Unidos são o maior produtor deste recurso natural no mundo, Mas ainda sim é difícil vê-lo empregado em construções comerciais em altura. Então fomos perguntar para uma especialista em madeira - Rebecca Holt, da Perkins+Will - sobre seus potenciais benefícios.

AD: Por que a madeira é um material que deveria ser utilizado em edifícios em altura?

Existem muitas razões para considerar a madeira - primeiramente por ter um baixo impacto ambiental se comparado à outras escolhas tradicionais como o concreto e o aço. Madeira é o único dos principais materiais de construção que é feito pelo sol e é completamente renovável.

Na América do Norte, o manejo de florestal é fortemente regulado para garantir que florestas sejam exploradas legalmente e atendam a demanda de longo prazo da sociedade por produtos florestais. Produtos de madeira apresentam menos energia incorporada, são responsáveis ​​por diminuir a poluição do ar e da água, e tem uma pegada de carbono menor do que outros materiais usados na construção.

A madeira pode impactar de forma significativa a qualidade do espaço - no interior e no exterior. As pessoas costumam descrever espaços que incluem a madeira aparente como aconchegantes e acolhedores. Elas tendem a ter reações positivas e conexões com os espaços que tenham a elementos de madeira. Isso foi certamente enfatizado pelos participantes da pesquisa Tall Wood Survey como uma razão importante para escolher trabalhar com esse material. Menor tempo de construção - muitos dos produtos de madeira foram bem adaptados a componentes pré-fabricados, o que torna rápida a instalação e montagem. Isso traz uma série de vantagens - redução de custos em um cronograma de construção mais curto, vantajoso para locais urbanos densos, com pouco espaço para armazenar componentes. Os elementos podem chegar no local precisamente no momento de serem instalados. Uma estrutura de madeira oferece um ambiente de trabalho mais limpo, mais seco e saudável para a equipe de construção. Finalmente, é importante considerar a madeira onde ela faça sentido e onde ela seja utilizada apropriadamente - assim como qualquer outro material.

AD: Quais são os benefícios ambientais de se utilizar madeira?

Acredito que existam muitas questões a considerar, certamente é um material de baixos índices de carbono. [...] Além disto, uma das mensagens mais consistentes dos participantes da pesquisa é que soluções em madeira são integrais e complementárias à objetivos como melhorar o desempenho energético e criar espaços de alta qualidade. A madeira foi identificada como um material eficiente para a construção de envoltórias; também é uma má condutora de calor, ela minimiza as pontes térmicas, melhorando a eficiência dos isolamentos quando comparada a outros materiais. Muitos participantes da pesquisa enfatizaram a vantagem complementar da madeira para alcançar um bom isolamento de ar proporcionado pelo corte de precisão e ajuste de componentes de painéis pré-fabricados, com menos articulações e orifícios, oferecendo um produto mais bem vedado em comparação a outros materiais / sistemas. Também deve-se destacar que a madeira contribui significativamente para um ambiente interior saudável e espaços de alta qualidade que promovem uma sensação de bem-estar.

AD: Como exatamente um edifício de madeira retém carbono?

Árvores naturalmente absorvem dióxido de carbono da atmosfera, incorporando-o em seu tronco, folhas, raízes e o solo ao seu redor (um sumidouro de carbono). Este carbono apenas é liberado quando a madeira começa a romper. Os produtos de madeira retém o carbono armazenado, mantendo-o fora da atmosfera durante a vida útil da estrutura - ou ainda mais tempo nos casos da madeira ser reaproveitada, reutilizada e utilizada para confecção de outros produtos. É importante que as florestas sejam mantidas de maneira responsável para manter o equilíbrio e, claro, um ecossistema mais saudável.

Tamedia Office Building / Shigeru Ban. Imagem © Didier Boy de la Tour
Tamedia Office Building / Shigeru Ban. Imagem © Didier Boy de la Tour

AD: A Madeira Laminada Colada Cruzada (CLT, na sigla em inglês) e outras inovações permitiram que os edifícios de madeira ficassem mais altos; qual é o limite de altura estrutural ou capacidade de madeira?

O edifício mais alto incluído na pesquisa (e o mais alto concluído até o momento) possui 10 pavimentos - Forte, em Melbourne na Austrália - todos os participantes estavam confiantes que a altura limite dos edifícios de madeira poderia certamente ser muito maior. A Pesquisa demonstrou uma tendência temporária em relação às soluções construtivas e projetos refinados, logo a medida que novas técnicas são aplicadas e testadas, espera-se que as alturas aumentem. Além disso, os que responderam à pesquisa identificaram uma aceitação do mercado como uma parte importante do mercado crescente de edifícios em madeira em altura - ainda há muito trabalho pela frente para mudar as percepções do risco de incêndio e durabilidade.

AD: Uma coisa que as pessoas assumem em relação à madeira é que ela é justamente menos resistente ao fogo que outro material como o aço, o que não é necessariamente verdade. Quais os passos para se classificar um edifício de madeira quanto à sua resistência ao fogo?

Produtos estruturais de madeira, ou de massa de madeira, como o CLT ou o VLV possuem uma resistência inerente ao fogo. A madeira queima lentamente e a camada de carvão criada na superfície à medida que ela queima ajuda a proteger e a isolar a madeira não queimada abaixo da camada carbonizada. A porção não queimada de uma peça robusta retém 85-90% de sua força. Além disso, painéis de madeira podem eliminar os espaços vazios entre paredes e pisos onde o fogo tende a se espalhar facilmente, tornando-o mais resistente que outros tipos de materiais e métodos de construção. Estratégias de proteção do fogo variam dependendo do tipo de produtos de madeira utilizados e os requisitos da legislação. Entre todos os projetos consultados na pesquisa, elementos em madeira foram aumentados de tamanho para conter uma camada de carvão, além de encapsular elementos de madeira com gesso em algum grau. Sistemas de rega e tinta intumescente aplicada à madeira exposta também foram estratégias comuns de proteção ao fogo.

AD: Danos causados ​​pela umidade pode ser um problema em estruturas de madeira. Como são previstos os danos causados ​​pela umidade num projeto de grande escala?

Em todos os casos, qualquer elemento estrutural de madeira aparente está localizados dentro da envoltória do edifício, protegidos por um beiral ou no caso de painéis em balanço, expostos apenas no lado inferior, [...] assim como qualquer outro edifício ou material, as qualidades e capacidades da madeira devem ser respeitadas, e edifícios devem ser bem mantidos para garantir longa durabilidade. Durante operação a umidade é combatida na maioria dos casos por um sistema mecânico de ventilação, mas todos os participantes da pesquisa enfatizaram a importância de educar os ocupantes do edifício em estratégias de operação otimizada. Para direcionar a percepção que a umidade pode ser uma preocupação, dois dos edifícios da pesquisa instalaram sensores de umidade dentro da envoltória do edifício para monitorar o desempenho a longo prazo (Limnologen, Forte). 

A Escada por Perkins+Will no Edifício das Ciências da Terra da UBC. Imagem © Martin Tessler
A Escada por Perkins+Will no Edifício das Ciências da Terra da UBC. Imagem © Martin Tessler

AD: Quais são os benefícios econômicos da utilização da madeira em edifícios de grande escala?

Os resultados da pesquisa enfatizaram o benefício de cronogramas de construção reduzidos onde elementos pré-fabricados foram utilizados. Os participantes da pesquisa notaram que a qualidade da construção foi superior em muitos dos casos, resultando num edifício de maior durabilidade e melhor investimento a longo prazo. Economias operacionais de energia certamente contribuem para a construção do caso financeiro. Pelo menos dois dos projetos listados na pesquisa se destacaram, destacando que a estrutura de madeira pode competir economicamente com uma estrutura de concreto, e se mostraram exitosos.

AD: Existe alguma razão específica que justifique o fato de que grandes estruturas de madeira são mais comuns na Europa do que nos Estados Unidos?

Há um forte conjunto de normas na Europa que regem as políticas de apoio à construções de baixo carbono, eficiência energética, ou recursos renováveis​​, incentivando direta ou indiretamente as construções em madeira. Assim como a experiência em setores relacionados parece ter se beneficiado de uma maior mistura de papéis profissionais, criando uma forte cultura de colaboração entre desenvolvedores, projetistas, fabricantes de madeira e pesquisadores. Essas nuances parecem ser significativas para o avanço do mercado de construções altas em madeira, e estão apenas começando a surgir na América do Norte.

AD: Por fim, quais são alguns exemplos importantes de construções verticais em madeira?

Uma coisa interessante da maioria dos edifícios que participaram da pesquisa é que eles não parecem ser de madeira quando observados do exterior. Em quase todos os casos, a madeira está oculta na estrutura e apenas exposta nos interiores - quando está aparente. Onde a madeira está exposta seu impacto é mais notável, e existem muitos belíssimos exemplos que participaram de nossa pesquisa: O Edifício Tamedia apresenta uma estrutura de madeira muito contemporânea. Os interiores das suítes do 3XGrun e Forte são espaços residenciais adoráveis, convidativos e aconchegantes. O espaço de escritórios do LCT ONE é magnífico - tendo passado um dia inteiro trabalhando dentro dele, posso dizer por mim mesmo o sentimento de bem estar proporcionado pelos elementos de madeira naqueles espaços bem acabados. A escada de madeira do Edifício das Ciências da Terra da UBC é certamente um sinal marcante dos elementos de madeira dentro da estrutura desta ala acadêmica.

Interessado em mais Materiais? Confira nosso novo catálogo de produtos, ArchDaily Materials.

Sobre este autor
Andrew Galloway
Autor
Cita: Galloway, Andrew. "Por que edifícios de madeira estão em ascensão? Uma entrevista com a especialista em estruturas de madeira da Perkins+Will" [Why Tall Wooden Buildings are On the Rise: An Interview with Perkins+Will's Wood Expert] 12 Jul 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623862/por-que-edificios-de-madeira-estao-em-ascensao-uma-entrevista-com-a-especialista-em-estruturas-de-madeira-da-perkins-mais-will> ISSN 0719-8906

Mais entrevistas em nosso Canal de YouTube