O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Iluminação da fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson

Iluminação da fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson

Iluminação da fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson
Iluminação da fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson, © Studio Olafur Eliasson
© Studio Olafur Eliasson

Por Olafur Eliasson:

Estou muito contente em ver o projeto da Harpa tomando forma e verdadeiramente orgulhoso de estar profundamente envolvido com esta instituição islandesa. Ela ofereceu a oportunidade de uma colaboração única entre os campos da arte de da arquitetura que achei imensamente inspiradora.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (11)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168400_1346369010_harpa_eliasson_01-530x352.jpg" alt="" width="530" height="352">
© Studio Olafur Eliasson

Minha contribuição consiste nas fachadas do edifício, que desenvolvi com minha equipe de estudo e em estreito diálogo com Henning Larsen Archtects, que projetou o edifício, sua forma exterior e interior. As fachadas são, de maneira simples, um “spacefiller”, que chamamos quase de blocos empilháveis, módulos de doze lados feitos de aço e vidro. Baseado numa simetria que se repete cinco vezes, a geometria foi desenvolvida originalmente por Einar Thorsteinn, um colaborador bastante próximo de meu estúdio em Berlin.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (10)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168410_1346369032_harpa_eliasson_02-530x351.jpg" alt="" width="530" height="351">
© Studio Olafur Eliasson

Ao longo dos anos, tenho sido inspirado por formas e padrões feitos pela natureza. A Islândia é rica em fenômenos naturais únicos, como as colunas de basalto cristalizadas, das quais estes blocos são quase uma reminiscência. O tamanho uniforme dos blocos tridimensionais utilizados nas fachadas sul da Harpa, que se voltam para a cidade, também se refere ao corpo humano.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (7)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168436_1346369091_harpa_eliasson_05-299x450.jpg" alt="" width="299" height="450">
© Studio Olafur Eliasson

Enquanto tijolos comuns estabelecem os princípios padrões de construção de dimensões, este bloco, devido à sua forma, quase abre novas maneiras de conceber o espaço e a construção. Embora transparentes e aparentemente leves, os blocos são os únicos elementos que constituem a fachada. O bloco cumpre com os requisitos estruturais e funcionais, resultando em fachadas que, em contraste com o interior monolítico da Harpa, são leves e amplas. A fim de alcançar uma modulação dinâmica e sutil, os blocos das duas fachadas voltadas para sul se inclinam em direção à cidade de maneiras diferentes.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (9)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168420_1346369046_harpa_eliasson_03-530x351.jpg" alt="" width="530" height="351">
© Studio Olafur Eliasson

O princípio para as outras fachadas norte, leste e oeste e também para o teto foi desenvolvido com Henning Larsen Archtects. O conceito é derivado de cortes em duas dimensões diferentes do bloco.Ao se cortar a massa de blocos em diferentes ângulos, quatro padrões diferentes aparecem como possibilidade de blocos.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (6)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168442_1346369094_harpa_eliasson_06.jpg" alt="" width="189" height="284">
© Studio Olafur Eliasson

Penso nas fachadas como uma pele ou uma borda que é a mediadora entre o interior do edifício e a cidade, e que reflete as negociações entre o interior e o exterior. Ativa-se o olho de modo que as pessoas que entram e saem do edifício possam experimentar uma fachada que se altera visualmente. À distância, os blocos individuais desaparecem numa superfície mais homogênea, numa escala diluída. Aproximando-se, os blocos assumem contornos, tornando visível sua distância e a velocidade.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (1)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168481_1346369209_harpa_eliasson_11-530x351.jpg" alt="" width="530" height="351">
© Studio Olafur Eliasson

Ao longo de um dia, o movimento do sol de leste a oeste é refletido nas fachadas sul, próximo à vida da cidade. Dependendo do clima e do tempo, a refletividade e transparência das fachadas tornam explícita a influencia da luz natural em nossa percepção do edifício. Diferentes condições de luz acompanham também as atividades da casa: uma ópera pode ser realizada em plena luz do dia ou em uma noite de verão; um concerto para crianças pode acontecer na escuridão de uma tarde de inverno. Para responder a essa variação natural, alguns blocos estão equipados com um vidro especial dicromático que refletem tonalidades de verde ou mesmo amarelo e laranja e suas cores complementares. À noite, tiras de LEDs de coloração roxa, verde e azul se integram aos blocos e iluminam as fachadas. A coloração e a intensidade de cada bloco podem ser controladas individualmente, gerando um espectro de cores.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (5)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168447_1346369121_harpa_eliasson_07-300x450.jpg" alt="" width="300" height="450">
© Studio Olafur Eliasson

No hall de entrada, as sombras caleidoscópicas se projetam nas pareces e no chão, criando um espaço quase cristalino. Está noção do cristalino é uma metáfora sugestiva e precisa para a Harpa como uma casa de atividades culturais. É um espaço onde as idéias se cristalizam em formas, sons em sentimentos, sentimentos em ações e ações na vida.

fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson (3)" src="https://images.adsttc.com/adbr001cdn.archdaily.net/wp-content/uploads/2012/09/1348168466_1346369177_harpa_eliasson_09-298x450.jpg" alt="" width="298" height="450">
© Studio Olafur Eliasson

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Arquitetos: Henning Larsen Architects e Iluminação: Olafur Eliasson
  • Ano: 2011
  • Operação projetual:Intervenção
  • Status:Construído
  • Localização: Reykjavik, Islândia
  • Implantação no terreno: Isolado

 

Sobre este escritório
Arquitetos: Henning Larsen Architects e Iluminação: Olafur Eliasson
Escritório
Cita: Romullo Baratto Fontenelle. "Iluminação da fachada do Harpa Concert Hall / Olafur Eliasson" 25 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/71817/iluminacao-da-fachada-do-harpa-concert-hall-olafur-eliasson> ISSN 0719-8906