O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cenografia e Arquitetura: Anfiteatro Grego em Siracusa / OMA

Cenografia e Arquitetura: Anfiteatro Grego em Siracusa / OMA

Cenografia e Arquitetura: Anfiteatro Grego em Siracusa / OMA
Cenografia e Arquitetura: Anfiteatro Grego em Siracusa / OMA, © OMA por Alberto Moncada
© OMA por Alberto Moncada

 

Em 11 de maio de 2011, a apresentação do clássico de Ésquilo, Prometeu Acorrentado, estreou no projeto do OMA (Office for Metropolitan Architecture) para o palco para o teatro grego de Siracura, na Sicília. O projeto consiste em três dispositivos arquitetônicos transformáveis que podem ser reinterpretados entre os diferentes espaços do teatro. Estes dispositivos remontam ao século 5 aC.

© OMA por Alberto Moncada

As intervenções concebidas pelo OMA consideraram estratégias adaptáveis para três peças diferentes, que serão encenadas neste verão pelo Istituto Nazionale del dramma Antico, que inclui Prometeu Acorrentado (dirigido por Claudio Longhi), Bacantes de Eurípides (dir. Antonio Calenda) e As Aves, de Aristofanes (dir. Roberta Torre). As três intervenções, o anel, a máquina, e a Jangada, geram diferentes configurações espaciais no teatro.

© OMA por Alberto Moncada

A primeira intervenção, o Anel, é uma passarela suspensa que completa o semicírculo dos assentos do terraço, compreendendo o palco e os bastidores, dando aos atores uma forma alternativa de entrar na cena.

© OMA por Alberto Moncada

A máquina é um cenário totalmente adaptável para as peças: uma plataforma inclinada circular, sete metros de altura, que espelham o anfiteatro. O cenário pode girar, simbolizando a passagem de 13 séculos durante a tortura de Prometeu; dividido ao meio, ela também pode ser aberto, permitindo a entrada dos atores, e simbolizando eventos dramáticos como o de Prometeu sendo engolido nas entranhas da terra.

© OMA por Alberto Moncada

A jangada, um palco circular para os atores e dançarinos, re imagina o espaço da orquestra como um thymele moderno, o altar que nos tempos antigos era dedicado a rituais dionisíacos.

© OMA por Alberto Moncada

A cenografia do Teatro Grego – executado pela AMO, a unidade dentro da OMA dedicada a projetos não-arquitetônicos e transitórios – é parte da longa história do escritório de projetar espaços performáticos inovadores, desde o Teatro de Dança da Holanda (1987) e do Teatro Wyly em Dallas (com Rex, 2009), até o Performing Arts Centre Taipei – três salas adaptáveis ​​conectadas a um cubo central, agora em construção em Taiwan.

© OMA por Alberto Moncada

AMO também projetou cenografia para eventos efêmeros, como desfiles da Prada (que já publicamos aqui) e o Museu 24 horas de Francesco Vezzoli em Paris no início deste ano.

© OMA por Alberto Moncada

Sobre este autor
Leonardo Márquez
Autor
Cita: Leonardo Márquez. "Cenografia e Arquitetura: Anfiteatro Grego em Siracusa / OMA" 03 Jun 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/51219/cenografia-e-arquitetura-anfiteatro-grego-em-siracusa-oma> ISSN 0719-8906