O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa NA / Sou Fujimoto Architects

Casa NA / Sou Fujimoto Architects

Casa NA / Sou Fujimoto Architects
Casa NA / Sou Fujimoto Architects, © Iwan Baan
© Iwan Baan

© Iwan Baan

Projetada para um jovem casal em um bairro tranquilo de Tóquio, os 914 metros quadrados da casa transparente contrasta os típicos muros de concreto vistos na maior parte do das densas áreas residenciais do Japão. Associado ao conceito de viver em uma árvore, o interior é espaçoso e é composto por 21 placas de piso individuais, todos situados em diversas alturas, que satisfazem o desejo dos clientes de viverem como nômades dentro de sua própria casa.

© Iwan Baan

Descrito como ”uma unidade de separação e coerência”, a casa atua como um quarto único e uma coleção de quartos. O programa vagamente definido e as placas de piso individuais criam um cenário para uma série de atividades que podem ocorrer em diferentes escalas. A casa oferece espaços de intimidade, se duas pessoas optam por estar perto, ao mesmo tempo, acomodar para um grupo de convidados, distribuindo as pessoas em toda a casa.

Sou Fujimoto afirma: “O ponto intrigante de uma árvore é que esses lugares não são hermeticamente isolados, mas são conectados uns aos outros em sua relatividade única. Para ouvir a voz de alguém do outro lado e acima, pulando para outro ramo, uma discussão acontece pelos galhos por membros de diferentes galhos. Estes são alguns dos momentos de riqueza encontrados através de uma vida tão espacialmente densa. ”

Cortes

Variando em tamanho de 1,95 a 7,52 metros quadrados, cada placa de fundo está ligada por uma variedade de escadas e patamares, incluindo pequenos trechos de degraus fixos e móveis. Placas de piso estratificadas numa escala semelhante a mobiliário permitem que a estrutura servir a vários tipos de funções, como prover espaços de estar, circulação e funcionamento.

© Iwan Baan

Os vãos curtos permitem a magreza da estrutura de aço branco. Complementados pelo fino piso de bétula branca matizada, muitos se perguntam onde os recursos são ocultados. Algumas placas de piso estão equipadas com aquecimento no chão para ajudar durante os meses de inverno, enquanto basculantes estrategicamente colocadas maximizam o fluxo de ar e proporciona a única fonte de ventilação e refrigeração durante o verão.

© Iwan Baan

O equipamento de climatização e de canalização, bem como contraventamento lateral e armazenamento e estão localizados na espessura, voltado para o norte, para a parede na parte traseira da casa. Contraventamentos laterais adicionais são fornecidos por uma estante de altura completa e leves painéis de concreto integrados aos alçados laterais.
Além disso, as cortinas foram instaladas para fornecer as partições temporárias que abordam a preocupação com a privacidade e separação.

Plantas

Sou Fujimoto afirma: “A própria estrutura branca do quadro de aço não compartilha nenhuma semelhança com uma árvore. No entanto, a vida vivida e os momentos vividos neste espaço é uma adaptação contemporânea da riqueza, uma vez experimentada pelos predecessores antigos, desde o momento em que eles habitavam árvores. Essa é uma existência entre a cidade, arquitetura, mobiliário e do corpo, e é igualmente entre natureza e artificialidade. ”

 

Diagrama conceitual

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Sou Fujimoto Architects
  • Ano: 2010
  • Área construída: 84,91 m²
  • Área do terreno: 54,99 m²
  • Tipo de projeto: Habitacional
  • Status:Construído
  • Materialidade: Metal e Vidro
  • Estrutura: Aço
  • Localização: Tóquio, Japão
  • Implantação no terreno: Adossado às 2 divisas

Cita: Leonardo Marquez. "Casa NA / Sou Fujimoto Architects" 04 Mai 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/47015/casa-na-sou-fujimoto-architects> ISSN 0719-8906