O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitectura: “The Architect”

Cinema e Arquitectura: “The Architect”

Cinema e Arquitectura: “The Architect”
Cinema e Arquitectura: “The Architect”, Cartaz
Cartaz

Esta semana queremos apresentar “The Architect“, um filme que não aparece em nenhum outdoor nem ganhou nenhum Oscar, mas isso é irrelevante. A responsabilidade dos arquitetos nas construções de edifícios e  na composição do entorno urbano resultante da interação dos objetos construídos  e seus usuários é uma problemática que hoje em dia ganha mais  importância do que nunca. SINOPSE

A trama possuí como protagonistas: Leo (Anthony LaPaglia), um  famoso arquiteto, que em sua juventude projetou  um conjunto habitacional de baixo orçamento. O filme na atualidade,mostra o conjunto habitacional deteriorado, sendo o lugar perfeito para elevados índices de criminalidade. A outra protagonista é Tonya (Viola Davis), uma mulher que vive no complexo de apartamentos e lidera uma campanha para que ele  seja demolido. Tonya  procura a Leo para que ele apoie a sua petição para  a demolição  do conjunto, mas Leo não vê nenhuma razão para que sua obra seja destruída.

Enquanto isso,  a  vida familiar de Leo, casado com Julia (Isabella Rossellini) está também caindo aos pedaços como a sua grande obra ele projetou vinte anos atrás. Tonya luta sozinha para que sua solicitude seja aceitada; ela que já perdeu um filho, possuí outras duas filhas  que parecem não estar identificadas com ela nem com sua luta.

Imagem

“The Architect” é um filme que aparentemente é simples e direto, um drama cotidiano. Mas, em realidade  nos apresenta um olhar profundo da psique humana. De como as pessoas buscam conexão com os outros e constantemente falham na tentativa, pelos medos aos demais e a si mesmo. De como podemos perder o controle de nós mesmos, e começarmos  a não saber quem somos. Os diferentes personagens de “The Architect” estão perdidos, não sabem o que querem, apenas demonstram a urgente necessidade de se sentirem conectados a algo ou alguém.

Este é um filme de atuações sutis e complexas, é bem mais do que é mostrado e do que é dito, não significa que o script não é eficiente, pelo contrário, cada frase, cada linha está aí para mostrar-nos um  aspecto e um matiz da história e dos personagens. As atuações de LaPaglia, Davis e Rossellini, são excelentes, atores que sabem bem lidar com os silêncios e os espaços. A maneira em que nos mostram como cada um dos personagens se destroem  por dentro é dura e difícil de assimilar.Definitivamente um filme para ver.

TÉCNICO

Título Original: The Architect
Ano: 2006
Duração: 82 min.
Origem: EUA
Diretor: Matt Tauber
Roteiro: David Greig & Matt Tauber
Trilha Sonora: Franz Waxman
Elenco: Anthony LaPaglia, Isabella Rossellini, Viola Davis, Hayden Panettiere, Sebastian Stan, Walton Goggins, Paul James

 

Cita: Joanna Helm. "Cinema e Arquitectura: “The Architect”" 27 Abr 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/45841/cinema-e-arquitectura-the-architect> ISSN 0719-8906