Cidade do México quer ser mais verde

Cidade do México quer ser mais verde

Em 9 de Abril passado, o New York Times publicou um artigo escrito por Damien Cave, o qual destaca o esforço que esta cidade caótica está sustentando para tornar-se verde. Cave destaca iniciativas como jardins verticais, tanto num aspecto estético – escultura na cidade – como no ecológico – transformando o CO2 em O2 – o incentivo ao uso da bicicleta, a expansão do transporte urbano, a restauração de rios, as hortas urbanas, entre outros.

© Rodrigo Cruz para The New York Time

Tudo na expectativa de uma nova consciência cidadã que está convertendo o “mal exemplo” num que agora é muito bom.
Os arcos verdes, gigantescos e em plena via pública, desenhados pelo arquiteto mexicano Fernando Ortiz Monasterio e realizados por VerdMX, organização sem fins lucrativos que realiza ações ambientais. O México converteu-se em uma incubadora destes tipos de iniciativas, as quais podem obter financiamento graças ao apoio de distintas corporações.
Este jardim gigante sobre a Avenida Chapultepec, certamente surpreendeu Cave, nela ônibus e automóveis transitam a toda velocidade transformando a instalação num elemento quase imperceptível no tempo. Segundo Cave, somente aqueles que vivem o tempo real são afortunados de por enxergá-la.

 

Sobre este autor
Cita: Victor Delaqua. "Cidade do México quer ser mais verde" 20 Abr 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-44032/cidade-do-mexico-quer-ser-mais-verde> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.