Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial

Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial

Recentemente a Royal Academy of Arts de Londres (RA) celebrou a abertura do que muitos estão chamando de "a mais 'épica' e 'encantadora' exposição de 2014": Sensing Space: Architecture Reimagined. Com uma série de grandes instalações concebidas por alguns dos mais aclamados arquitetos, como Eduardo Souto de Moura e Kango Kuma, a exposição imersiva cria uma atmosfera que encoraja visitantes a se tornar parte da experiência e abrir suas mentes para a esfera sensorial da arquitetura.

"A arquitetura é com tanta frequência o pano de fundo de nossas vidas", disse o curador Kate Goodwin. "Frequentemente não pensamos nela - ela é prática e funcional, mas e quando ela faz algo a mais?

A seguir, uma prévia das instalações.

Instalação por Li Xiaodong © Benedict Johnson
Instalação por Li Xiaodong © Benedict Johnson

Cada instalação evoca emoções e experiências diferentes. As obras variam das torres chilenas de pinheiros, do escritório Pezo von Ellrichshausen, ao "labirinto de madeira" de Li Xiaodong, e o túnel interativo de Diébédo Francis Kéré, feito de painéis em forma de favos de mel.

Instalação por Diebedo Francis Kere. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris © Kere Architecture
Instalação por Diebedo Francis Kere. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris © Kere Architecture

"Por ser uma exposição muito conceitual, era difícil de avaliá-la até esta manhã. Eram essencialmente seis canteiros de obras, e a equipe estava trabalhando até ontem à noite para concluí-los", disse o Diretor Executivo da Academy, Charles Saumarez Smith, na abertura da exposição. 

Instalação por Kengo Kuma. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris
Instalação por Kengo Kuma. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris

Outros trabalhos incluem a delicada floresta de bambus perfumados, de Kengo Kuma, que exalam o aroma de um antigo templo; a cobertura iluminada de Grafton Architects; a réplica de concreto da entrada da RA, de Eduardo Souto de Moura.

Acesse a página da RA para saber mais sobre esta exposição sensitiva.

Instalação por Grafton Architects © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris
Instalação por Grafton Architects © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris

References: RA, Wallpaper, Wired

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial" [Seven Architects Transform London’s RA into Multi-Sensory Experience] 20 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-178490/sete-arquitetos-transformam-a-royal-academy-de-londres-em-uma-experiencia-multi-sensorial> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.