Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial

Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial

Recentemente a Royal Academy of Arts de Londres (RA) celebrou a abertura do que muitos estão chamando de "a mais 'épica' e 'encantadora' exposição de 2014": Sensing Space: Architecture Reimagined. Com uma série de grandes instalações concebidas por alguns dos mais aclamados arquitetos, como Eduardo Souto de Moura e Kango Kuma, a exposição imersiva cria uma atmosfera que encoraja visitantes a se tornar parte da experiência e abrir suas mentes para a esfera sensorial da arquitetura.

"A arquitetura é com tanta frequência o pano de fundo de nossas vidas", disse o curador Kate Goodwin. "Frequentemente não pensamos nela - ela é prática e funcional, mas e quando ela faz algo a mais?

A seguir, uma prévia das instalações.

Instalação por Li Xiaodong © Benedict Johnson
Instalação por Li Xiaodong © Benedict Johnson

Cada instalação evoca emoções e experiências diferentes. As obras variam das torres chilenas de pinheiros, do escritório Pezo von Ellrichshausen, ao "labirinto de madeira" de Li Xiaodong, e o túnel interativo de Diébédo Francis Kéré, feito de painéis em forma de favos de mel.

Instalação por Diebedo Francis Kere. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris © Kere Architecture
Instalação por Diebedo Francis Kere. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris © Kere Architecture

"Por ser uma exposição muito conceitual, era difícil de avaliá-la até esta manhã. Eram essencialmente seis canteiros de obras, e a equipe estava trabalhando até ontem à noite para concluí-los", disse o Diretor Executivo da Academy, Charles Saumarez Smith, na abertura da exposição. 

Instalação por Kengo Kuma. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris
Instalação por Kengo Kuma. © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris

Outros trabalhos incluem a delicada floresta de bambus perfumados, de Kengo Kuma, que exalam o aroma de um antigo templo; a cobertura iluminada de Grafton Architects; a réplica de concreto da entrada da RA, de Eduardo Souto de Moura.

Acesse a página da RA para saber mais sobre esta exposição sensitiva.

Instalação por Grafton Architects © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris
Instalação por Grafton Architects © Royal Academy of Arts, London, 2014. Fotografia: James Harris

References: RA, Wallpaper, Wired

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: "Sete arquitetos transformam a Royal Academy de Londres em uma experiência multi-sensorial" [Seven Architects Transform London’s RA into Multi-Sensory Experience] 20 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/178490/sete-arquitetos-transformam-a-royal-academy-de-londres-em-uma-experiencia-multi-sensorial> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.