SLASH e Phillips/Pilkington Architects vencem concurso para o Royal Adelaide Hospital

SLASH e Phillips/Pilkington Architects vencem concurso para o Royal Adelaide Hospital

Slash e Phillips/Pilkington Architects venceram a competição para o Royal Adelaide Hospital, aberta para arquitetos e paisagistas de todo o mundo. A competição focou no redesenho do atual terreno do hospital, que será desocupado em 2016 para criar um lugar icônico em Greater Riverbank Precinct, na cidade de Adelaide. Veja a proposta vencedora e as finalistas a seguir.

+ 36

Shelley Penn, presidente do júri, disse que "o júri ficou satisfeito ao ver que os competidores da segunda fase tinham em grande parte desenvolvido a força de suas propostas iniciais" e ficou "impressionado pela profundidade e abrangência da pesquisa de SLASH e Phillips/Pilkington Architects sobre a história física e social e sobre a condição do local". "A proposta oferece uma visão para um local cívico dinâmico em desenvolvimento e um alto grau de viabilidade econômica" com a "mistura de usos para o lugar, proposta pelo vencedor, fortemente apoiada pelo júri".

De acordo com Government of South Australia a votação para o Prêmio Escolha do Público reuniu mais de 16 mil visitas à página e 4.293 votos". Nice Architects (Eslováquia) e Mulloway Studios' ganharam o prêmio.

Primeiro Lugar: Slash (Victoria) e Phillips/Pilkington Architects

SLASH. Imagem Cortesia de ODASA
SLASH. Imagem Cortesia de ODASA
SLASH. Imagem Cortesia de ODASA

"Procuramos re-imaginar o local sem começar de novo, construir sobre sua história como lugar para medicina, cura e aprendizado. Ecossistemas de sucesso se apoiam na diversidade. Esta proposta é diversificada em todos os níveis - programático, arquitetônico, cultural, econômico e paisagístico. Fazemos uma proposta de retenção que reduz, portanto, a energia que seria exigida na nova construção. A prioridade de reutilização adaptável é apoiada por várias iniciativas chave incluindo tratamento de desperdício no local, retenção de água e geração de energia no local que podem ser estendidos para serviços além do lugar."

Segundo Lugar Conjunto & Escolha do Público: Nice Architects (Eslováquia) e Mulloway Studios

Nice Architects. Imagem Cortesia de ODASA
Nice Architects. Imagem Cortesia de ODASA
Nice Architects. Imagem Cortesia de ODASA

Adelaide Rocks "é um novo quarteirão urbano. É um lugar cativante, inesperado, divertido, ativo e de várias camadas construído em torno de princípios ecológicos e sustentabilidade econômica. Uma paisagem vertical verde que conecta a cidade aos parques, a colina proporciona oportunidades de lazer ativo e passivo não facilmente disponível em Adelaide’s CBD. Uma colina formada por escombros de edifícios demolidos transforma o desperdício em um espaço urbano positivo, empolgante e único. O edifício proposto é visto como uma entrada icônica para a cidade. Proporciona uma delimitação para o desenvolvimento ao londo de North Terrace e contribui para os padrões mais amplos de desenvolvimento urbano."

Segundo Lugar Conjunto: Bondhag & De Rosa (Alemanha) e Taylor Cullity Lethlean

Bonhag + De Rosa. Imagem Cortesia de ODASA
Bonhag + De Rosa. Imagem Cortesia de ODASA
Bonhag + De Rosa. Imagem Cortesia de ODASA

ORAH Forum: "seguindo os passos de Park Lands e do hospital como institutos comunitários, o ORAH Forum será o espaço urbano para todos. ORAH se torna OpenORAH, o sistema aberto. O local é declarado um fórum urbano, moldado pelo tecido construído e por novas intervenções, e permeável por espaços públicos cobertos e ao ar livre. O lugar permanecerá durante um determinado espaço de tempo em um estado de "incompletude". "

Finalista: Zuzana & Nicholas (Queensland) Roarkus Moss Architects

Zuzana and Nicholas. Imagem Cortesia de ODASA
Zuzana and Nicholas. Imagem Cortesia de ODASA
Zuzana and Nicholas. Imagem Cortesia de ODASA

"Adelaide é parcialmente definida por sua abundância de parques. Ao invés de adicionar a isso, vimos o local como uma oportunidade para fornecer um recinto urbano vibrante para a cidade. A proposta procura reconciliar as múltiplas forças e trabalhar no local através de uma abordagem em camadas e não singular. O lugar desenvolverá uma identidade como recinto cultural, artístico e educacional. A proposta é emoldurada por um conjunto de "regras para desenvolvimento" que ditam restrições importantes que controlam a escala, extensão e natureza do desenvolvimento, mas permitindo flexibilidade suficiente para que possa ser gradual e em etapas separadas em associação com vários interesses privados.

Finalista: Oculus (New South Wales) & Fender Katsilidis Architects (Victoria) e DASH Architects

Oculus FKA. Imagem Cortesia de ODASA
Oculus FKA. Imagem Cortesia de ODASA
Oculus FKA. Imagem Cortesia de ODASA

City + Park: "acima de tudo, o lugar irá falará sobre Adelaide, a cidade rica em arte, música, educação e inovação. Heritage Plaza será localizada no nível de North Terrace, funcionando como uma tela em branco para eventos públicos, artistas de rua e relaxamento passivo bem como um meio para permitir que os edifícios históricos respirem. Estes edifícios serão re-energizados, transformados em uma paisagem cívica aberta e permeável que não só celebra a história do lugar e os edifícios individualmente, mas proporciona uma entrada acolhedora para este recinto cultural renovado. Moradia estudantil, bares, restaurantes, um mercado e um centro de troca de bicicletas irá atender as necessidades diárias.

Finalista: Ysalazam (Colômbia) e Siteplan

Ysalazam. Imagem Cortesia de ODASA
Ysalazam. Imagem Cortesia de ODASA

Adelaide Forest: "Reúna, pense, exercite e descanse. A floresta é o novo pulmão da cidade de Adelaide. Uma nova economia florestal nascida da inspiração de uma antiga economia florestal. A floresta: um lugar calmo dedicado ao povo Kaurna que uma vez ocupou estas terras. Uma oportunidade de ganhar mais espaços públicos e dessa forma admirar a antiga arquitetura do lugar. Será uma "floresta para o futuro", uma prova seca, gerada de atividade no coração da cidade e no coração de um distrito recentemente visualizado. O programa do edifício proposto é uma grande oportunidade de reforçar a vitalidade de Adelaide. É uma conexão para a comunidade dispersa. Um grande espaço flexível para exposições e uma grande praça para eventos. Posteriormente um mercado noturno irá transformar o ousado e aberto em cheio e acolhedor."

O júri foi composto por:

  • Shelley Penn (Presidente), Arquiteta e ex-presidente de Australian Institute of Architects
  • Tim Horton, Arquiteto
  • Catherin Bull, Paisagista
  • Marcus Spiller, Economista e Planejador Urbano Nacional
  • Timothy Hill, Arquiteto
  • Bob Nation, Arquiteto
  • Catherine Slessor, Editora de Architecture Review (UK)
  • Referências: ODASA

    Galeria de Imagens

    Ver tudoMostrar menos
    Sobre este autor
    Cita: Taylor-Foster, James. "SLASH e Phillips/Pilkington Architects vencem concurso para o Royal Adelaide Hospital" [SLASH with Phillips/Pilkington Architects Win the Royal Adelaide Hospital Competition] 12 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-167068/slash-e-phillips-slash-pilkington-architects-vencem-concurso-para-o-royal-adelaide-hospital> ISSN 0719-8906

    ¡Você seguiu sua primeira conta!

    Você sabia?

    Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.