Um pavilhão de luz feito com garrafas plásticas recicladas

Um pavilhão de luz feito com garrafas plásticas recicladas

Rising Moon é o nome do pavilhão temporário construído pelo estúdio Daydreamers Design para o Festival Hong Kong Mid-Autumn 2013, no Parque Victoria. Esta estrutura semi esférica é composta por 7 mil garrafas de plástico iluminadas com LED e conta com efeitos sonoros e luminosos. Ela causa um impacto visual externo que procura reinterpretar as tradições chinesas através de uma "lua sintética", promovendo, assim, uma mensagem de proteção ao meio ambiente.

© Vía i-ref© Vía i-ref© Vía i-ref© Vía i-ref+ 14

Saiba mais a seguir.

Há mais de cem anos é celebrado o Festival Mid-Autumn, uma tradição chinesa que consiste em encontros com amigos e familiares sob a luz da lua; um símbolo de união. A lua sempre foi o foco principal do festival, com seu intenso brilho, enorme dimensão e seu círculo perfeito no céu. O conceito que norteia o projeto consiste em aproximar a lua, buscando um contato mais direto com o Parque Victoria, oferecendo aos visitantes um impacto visual dinâmico, uma lua sintética. 

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ciewyF8ra_Q

Nos últimos anos, nossa sociedade tem buscado uma maior consciência do termo sustentabilidade em diferentes aspectos de nossa vida, desde a alimentação até os transportes. Para este pavilhão temporário, propôs-se o uso de materiais sustentáveis que seria reciclados após a desconstrução da estrutura, e também a utilização de materiais reciclados na construção.

© Vía i-ref
© Vía i-ref

Foram utilizadas 7 mil garrafas d'água de policarbonato que envolveram inteiramente a cúpula. Este material apresenta uma textura bastante interessante e reage de formas variadas em contato com a luz. Cada garrafa está conectada a um dispositivo LED que pode ser controlado individualmente, criando diferentes efeitos lumínicos na superfície da "lua".

© Vía i-ref
© Vía i-ref

A lua crescente se localiza na parte superior da piscina refletora. O objetivo era que a meia esfera parecesse uma esfera inteira quando vista do exterior, sendo metade dela o reflexo da outra parte.

© Vía i-ref
© Vía i-ref

A estrutura consiste em uma geodésica de módulos triangulares. Uma vez concluída a instalação, um mar de garrafas com LED criaram um forte impacto visual que atraia os visitantes para dentro o pavilhão.

© Vía i-ref
© Vía i-ref

O projeto recebeu o Gold Award na Competição Lantern Wonderland Design em maio de 2013.

Via

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Yávar, Javiera. "Um pavilhão de luz feito com garrafas plásticas recicladas" [Un pabellón de luz hecho de 7.000 botellas de plástico recicladas] 07 Dez 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-158085/um-pavilhao-de-luz-feito-com-garrafas-plasticas-recicladas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.