O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. AS+GG vence competição para EXPO 2017 em Astana

AS+GG vence competição para EXPO 2017 em Astana

AS+GG vence competição para EXPO 2017 em Astana
AS+GG vence competição para EXPO 2017 em Astana, © Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture

O escritório com sede em Chicago Adrian Smith + Gordon Gill Architecture (AS+GG) foi eleito vencedor da competição para a Exposição Mundial de 2017 em AstanaCazaquistão. Selecionado dentre 105 participantes, que incluíam Coop Himmelb(l)au, Zaha Hadid Architects e UNStudio, o projeto de 173 hectares de AS+GG toma o mote da Expo "Future Energy" (Energias Futuras) e propõe a "primeira cidade da Terceira Revolução Industrial".

O projeto "incorporará os cinco pilares da Terceira Revolução Industrial" - uma frase tomada emprestada do economista Jermey Rifikin, cujo popular livro The Third Industrial Revolution teoriza sobre como a tecnologia da internet e as energias renováveis transformarão a economia e o Mundo. A ideologia de Rifikin foi adotada pelo presidente do Cazaquistão Nursultan Nazarbayev, que acredita que a nova era terá como essência as energias renováveis e espera que o projeto vencedor de AS+GG seja o primeiro passo do país em direção a um futuro sustentável.

Uma vez concluída, em junho de 2017, a primeira etapa da Expo City contará com diversos edifícios e pavilhões sustentáveis, lojas, espaços de arte e performances e hotéis integrados a uma "rede inteligente" que permitirá aos edifícios atuarem como "geradores de energia". Toda a energia será gerada através de fontes renováveis e será armazenada através de tecnologias inovadoras. 

© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture

Em seu centro, a Expo City terá o Pavilhão do Cazaquistão. Os visitantes ficarão fascinados por sua "pele em transformação" que "reduzirá perdas térmicas e ofuscamento devido à luz solar", ao passo que uma série de sistemas, incluindo painéis fotovoltaicos, aumentará o desempenho energético do edifício.

"As formas e linguagens dos edifícios são projetadas para reduzir suas necessidades energéticas e operar como "estações de energia" que captam energia do sol e/ou do vento", disse Gordon Gill, do escritório AS+GG. "Os edifício utilizarão esta energia diretamente ou a redistribuirão através da rede elétrica urbana. 

© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture
© Adrian Smith + Gordon Gill Architecture

“A diferença crucial deste projeto é que ele não é uma demonstração. A EXPO 2017 será a base de uma comunidade sustentável real que servirá como um legado para Astana e para o Cazaquistão" disse Robert Forest, do AS+GG. "As estratégias sustentáveis do projeto terão continuidade após o encerramento da Expo. O projeto será um catalisador para pesquisas científicas e acadêmicas e para empreendimentos que criarão a necessidade de novas indústrias e novas oportunidades de emprego.

Após o término da Expo, a segunda fase do projeto terá sequencia. Conhecida como "Legacy Mode", esta fase concluirá a comunidade da Terceira Revolução Industrial. Os edifícios da Expo serão convertidos em um parque empresarial e de pesquisas - uma tentativa de atrair companhias internacionais e empreendedores - enquanto que os estacionamentos e áreas de serviços serão convertidos em bairros residenciais. Isto representará um acréscimo de 700 unidades habitacionais, escritórios, hotéis, mercados e equipamentos de educação.

Referências: AS+GG, EXPO-2017, Gizmodo

Sobre este autor
Karissa Rosenfield
Autor
Cita: Rosenfield, Karissa. "AS+GG vence competição para EXPO 2017 em Astana" [AS+GG Wins Competition for Astana World EXPO 2017] 28 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/155390/as-plus-gg-vence-competicao-para-expo-2017-em-astana> ISSN 0719-8906