Laboratório cidadão, construindo espaços para uma cidade melhor

Laboratório cidadão, construindo espaços para uma cidade melhor

A campanha Minha Cidade Ideal, que procura construir uma visão de futuro "pelo povo, com o povo e para o povo" é uma aposta interessante para incentivar a participação cidadã em Bogotá. No entanto, continua a haver um vazio entre as idéias criativas que expressam os cidadãos nesta plataforma online e os processos para transformá-las em realidade.

Esta iniciativa de empresas e meios de comunicação privados criou um espaço online para os cidadãos compartilharem suas idéias e sonhos. Até agora, as pessoas compartilharam mais de três mil idéias que vão desde melhorias nos transportes públicos até aplicativos móveis. Será esta campanha a realização de uma nova maneira de construir e sonhar de maneira participativa ou apenas mais um espaço onde há boas intenções sem ações? Será que os cidadãos serão ouvidos por quem tomam as decisões?

O sucesso na coleta de dados na iniciativa Minha Cidade Ideal demonstra que Bogotá tem cidadãos interessados com idéias criativas ​​que não têm espaço para compartilhar seus sonhos, mas, infelizmente, não há nenhum ator público envolvido, com a capacidade de transformar muitos desses desejos em realidade. Esta, como muitas outras iniciativas de cidadãos e entidades privadas, pode ser esquecida se não houver um esforço coletivo envolvendo o setor público. Por isso, mais do que um espaço para disseminar idéias, faz-se necessário um laboratório urbano que conecte os esforços dos cidadãos com o governo.

Um exemplo interessante do que poderia ser esse lugar é o New Urban Mechanics, criado pela prefeitura de Boston há alguns anos para repensar a cidade e gerar diálogo. Este espaço tem como objetivo facilitar a interação entre cidadãos e governo, buscando criar soluções coletivamente. Utilizando novas tecnologias, foram desenvolvidos diversos projetos de sucesso em planejamento urbano participativo, educação e projeto. Entre as idéias que se tornaram realidade, pode-se destacar o Citizens Connect, um aplicativo móvel que permite aos cidadãos apresentar queixas e monitorar políticas, tornado-as públicas. Desde seu lançamento em 2009, mais de 10 mil problemas foram resolvidos e cerca de 20% das queixas de cidadãos chegaram em Boston através dele. Este exemplo indica que a ligação do cidadão e do governo, através da ajuda de novas tecnologias, pode gerar soluções eficazes para a cidade. Depois da experiência em Boston, o New Urban Mechanics foi replicado na Filadélfia e este ano na Cidade do México, com o nome Laboratório para a Cidade.

Através destes pontos de encontro, os governos de Boston, Filadélfia e Cidade do México estão unindo forças para explorar, experimentar e construir uma cidade melhor. As cidades latino-americanas devem apostar neste tipo de espaço para a troca de idéias, conhecimentos e capacidades. Para funcionar, no entanto, a aposta deve necessariamente incluir o setor público.

Por Juan Manuel Restrepo, via Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.


Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Laboratório cidadão, construindo espaços para uma cidade melhor" 31 Jul 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-131705/laboratorio-cidadao-construindo-espacos-para-uma-cidade-melhor> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.