Restauro do Domo "Fly's Eye" de Buckminster Fuller

Restauro do Domo "Fly's Eye" de Buckminster Fuller

O conhecido historiador e preservacionista de arquitetura Robert Rubin adquiriu o maior dos domos "Fly's Eye" de Buckminster Fuller e planeja reabri-lo ao público neste verão pela primeira vez nos últimos 30 anos.

Um dos últimos projetos visionários de Fuller, o domo "Fly's Eye" foi projetado para ser uma habitação autônoma. Em seu livro Critical Path, Fuller descreve o projeto como o ápice de "tudo o que eu aprendi não apenas durante [os] cinquenta anos de desenvolvimento, mas em todos os meus trinta e dois anos mais jovens." Com cerca de 15 metros de altura, a estrutura recebe seu nome por causa das aberturas cilíndricas que pontuam o domo e lhe dão rigidez.

Cortesia do Festival de Arte de Toulouse
Cortesia do Festival de Arte de Toulouse

Rubin é, aparentemente, o candidato perfeito para adquirir o domo de Buckminster; ele tem paixão por trabalhos inquietantes, assim como um impressionante histórico quando se trata de estudar, restaurar e compartilhar conhecimentos sobre a arquitetura moderna. Atualmente Rubin está escrevendo um livro sobre sua própria casa, uma modernista Maison De Verre. Também há em sua coleção uma das Maison Tropicales pré-fabricadas de Jean Prouvé.

Sua nova aquisição é um dos apenas três domos projetados por Fuller. Os outros dois também se encontram em boas mãos; a versão de aproximadamente 3,6 metros pertence a ninguém menos que Norman Foster, enquanto que o empresario do ramo imobiliário Craig Robbins possui uma réplica de cerca de 7,3 metros. Quanto ao seu domo, Rubin pretende restaurá-lo e colocá-lo em exibição no Festival de Arte Contemporânea de Toulouse, na França, entre 24 de maio e 23 de junho deste ano.

Cortesia de Explorations Architecture
Cortesia de Explorations Architecture

Já iniciado na Califórnia, o restauro do domo está sob responsabilidade de Daniel Reiser, da DR Design, e John Warren - ambos já trabalharam no domo original, assim como no restauro da versão de Craigs Robins. Uma vez completo, o domo será colocado na Orla de Toulouse, criando um contraste com os edifícios históricos. De acordo com Rubin: "A ideia é tornar o domo um evento pedagógico, envolver os estudantes de arquitetura de Toulouse... É importante ver esta obra se deslocando de um lugar a outro."

Via The Architect's Newspaper

Sobre este autor
Cita: Rackard, Nicky. "Restauro do Domo "Fly's Eye" de Buckminster Fuller" [Buckminster Fuller's 50-Foot "Fly's Eye" Dome to be Restored] 31 Mar 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-106254/restauro-do-domo-flys-eye-de-buckminster-fuller> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.