1. ArchDaily
  2. Thames

Thames: O mais recente de arquitetura e notícia

Londres inaugura a primeira etapa do parque linear projetado por Diller Scofidio + Renfro

A primeira fase do parque linear projetado por Diller Scofidio + Renfro em Londres acaba de ser inaugurada. Desenvolvido em parceria com o escritório londrino de arquitetura Neiheiser Argyros, o primeiro parque linear de Londres está implantado na península de Greenwich às margens do Tâmisa na zona leste da capital britânica. Chamado de "The Tide", o parque linear é mais um espaço de lazer aberto à comunidade local, contando ainda com uma série de instalações urbanas e obras de arte de rua, oferecendo um ambiente agradável e acessível a todos.

The Tide. Imagem © Charles EmersonThe Tide. Imagem © Jeff MooreThe Tide. Imagem © Charles EmersonThe Tide. Imagem © Jeff Moore+ 8

Allies and Morrison propõe alternativa para a polêmica Garden Bridge de Heatherwick

A Garden Bridge, projeto de Thomas Heatherwick, vem sendo criticada desde quando foi divulgada em 2013, causando ceticismo com relação à honestidade do processo do concurso, sendo até chamada de “nada além de uma praga supérflua”. No mês passado, o novo prefeito de Londres, Sadiq Khan, deu um aval singelo ao projeto, considerando que £37.7 milhões de uma quantia de £60 milhões concedidos pelo governo já haviam sido gastos, cancelar o projeto agora, acabaria custando aos contribuintes mais do que dar continuidade a ele.

O atual impasse inspirou o escritório Allies and Morrison a projetar uma opção alternativa – que pudesse tanto poupar os contribuintes, como criar um novo projeto que se estendesse pelo Tâmisa. Muitas das reclamações em relação ao projeto original foram associadas ao custo de construir uma nova ponte que atenderia necessidades de transporte limitadas; Allies and Morrison eliminaram este problema, simplesmente ao relocar o percurso verde em uma infraestrutura existente, a Blackfriars Bridge.

Arquitetura e Água: Explorando propostas radicais para potencializar as vias aquáticas urbanas

Na primeira parte de sua nova série de micro-documentários sobre arquitetura e água, Ellis Woodman e uma equipe do Architectural Review (AR) colaboraram com arquitetos, empreendedores, urbanistas e pensadores para examinar as conexões latentes entre a infraestrutura aquática e nosso ambiente construído. Através de um passeio de barco por Londres, discutindo diversas ideias radicais que podem oferecer possibilidades de liberar o potencial do rio ao longo do caminho, o filme discute como podemos começar a moldar a relação da cidade contemporânea com suas vias aquáticas. Poderiam "parques flutuantes, casas anfíbios, praças públicas alagáveis, zonas úmidas ou novos canais fomentar relações mais significativas entre os cidadãos e as águas da cidade?"