1. ArchDaily
  2. Rampa

Rampa: O mais recente de arquitetura e notícia

Nossas cidades não são projetadas para pessoas com deficiência

Embora as leis que abordam as deficiências tenham sido postas em prática décadas atrás, os arquitetos ainda lutam com os requisitos e aperfeiçoamentos necessários. Um artigo recente do CityLab explorou como o aumento da velocidade e da eficiência nas cidades negligenciou a acessibilidade em bairros adensados. E, embora a "cidade de 15 minutos", cuja ideia central é que a população possa acessar serviços essenciais em um raio de 15 minutos de caminhada, possa parecer o futuro dos ambientes construídos, ela não atende à pessoas com deficiência ou seus movimentos.

© Aitor OrtizCortesia de Ciclo Vivovia Shutterstock© Arup+ 4

Casa Canal / Studio MK27 - Marcio Kogan + Lair Reis

© Fran Parente© Fran Parente© Fran Parente© Fran Parente+ 49

  • Arquitetos: Studio MK27
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  1115
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2017
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Artefacto, Jader Almeida

Como projetar e calcular uma rampa?

Já sabemos que, a partir de suas diferentes possibilidades de projeto, uma rampa permite superar as barreiras físicas nas áreas urbanas e arquitetônicas.

Apesar de consistir basicamente de uma superfície contínua que vence uma diferença de altura, com um determinada inclinação, é necessário destacar uma série de especificações construtivas e, como sabemos, as normativas mínimas relativas ao desenho das rampas variam em cada local. Os seguintes esclarecimentos pretendem auxiliar e determinar as dimensões apropriadas para rampas gerais confortáveis e eficientes para todos, a partir de considerações de acessibilidade universal.

Até que ponto a inclinação de uma rampa pode variar? Como determinar sua largura e espaços de manobra? Quais considerações existem para os corrimãos? Revise alguns exemplos de cálculo e desenho para diferentes rampas, abaixo.

Casas brasileiras: 12 residências com rampas

Seja por motivos de acessibilidade universal, fluidez espacial ou continuidade plástica, rampas trazem qualidades singulares e geralmente muito bem vindas aos projetos de arquitetura. Ao menos, quando se consegue "encaixá-las" no desenho –tarefa normalmente trabalhosa devido às exigências das normas de acessibilidade que definem inclinações máximas.