1. ArchDaily
  2. Porto Maravilha

Porto Maravilha: O mais recente de arquitetura e notícia

Prefeitura do Rio proíbe novos tombamentos na região do Porto Maravilha

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, assinou no final de julho uma resolução que proíbe novos tombamentos de imóveis em vários setores da área do “Porto Maravilha”, uma operação urbana sob a forma de parceria público-privada (PPP) que abrange parte do centro histórico da cidade.

Já para as áreas definidas na Operação como Áreas Especiais de Interesse Urbanístico (AEIU), a resolução decreta que só valem os tombamentos feitos até 2009. Nas áreas dentro do perímetro da intervenção, onde ainda é possível reconhecer e preservar algum bem, o pedido de tombamento terá de ser avaliado primeiro pelo Fundo de Investimento Imobiliário Porto Maravilha. Só depois da permissão do Fundo é que o pedido poderá será avaliado pelo órgão responsável pela preservação cultural da cidade, a Rio Patrimônio da Humanidade. Vale lembrar que este Fundo é controlado pela Caixa Econômica Federal, que comprou todos os CEPACs quando estes foram lançados, com recursos do FGTS.

Alunos de arquitetura do Rio de Janeiro criarão projetos para áreas do Porto Maravilha

A cidade do Rio de Janeiro recebe, pela primeira vez, o Desafio de Design Odebrecht Braskem, um programa entre universitários que estimula novos talentos a desenvolver aplicações inovadoras com plástico em peças de mobiliário urbano, considerando critérios como modernidade, sustentabilidade, praticidade e sofisticação.

As peças vencedoras serão utilizadas em áreas públicas de convivência do Porto Maravilha, região que passa por um processo de requalificação urbana.

Porto Maravilha pelas lentes de Pedro Mauger

O fotógrafo Pedro Mauger compartilhou conosco uma série de fotografias sobre o controverso projeto urbano Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. Seus registros mostram um olhar para aquilo que não se vê com frequência: o processo de construção, o esforço dos operários, os detalhes por concluir, a inerente destruição que precede a construção.

As fotografias fazem parte do projeto #outrascidades, que tem como objetivo trazer à tona a discussão do olhar a partir das cidades e seus habitantes.

© Pedro Mauger© Pedro Mauger© Pedro Mauger© Pedro Mauger+ 20

Projeto de Calatrava no Rio, Museu do Amanhã está próximo de ser concluído

Com 94% de sua obra concluída, o Museu do Amanhã, projeto do arquiteto e engenheiro espanhol Santiago Calatrava, está muito próximo de ser inaugurado. Localizado no Rio de Janeiro, mais precisamente na renovada Praça Mauá, prolongando-se em direção ao mar na Baía de Guanabara, o projeto abrirá suas portas na segunda quinzena de setembro, segundo informações da prefeitura.

O projeto está em fase de finalização e conta com os esforços de 750 operários para garantir a conclusão no prazo anunciado pelas autoridades. Quinze mil metros quadrados de área construída sob uma envoltória inspirada, segundo o arquiteto, em uma flor de bromélia, a área total da obra atinge quase 30 mil m² se forem considerados os jardins e espelhos d’água.