1. ArchDaily
  2. Plastique Fantastique

Plastique Fantastique: O mais recente de arquitetura e notícia

Arquitetura Pneumática: o ar configurando espaços efêmeros

Strawberry Ice Cream Cone / Plastique Fantastique. Image © Miguel Oliveira and Bárbara Moreira 2
Strawberry Ice Cream Cone / Plastique Fantastique. Image © Miguel Oliveira and Bárbara Moreira 2

É inevitável que estruturas estáticas e pesadas venham à nossa mente quando pensamos em arquitetura . Mas pilares, vigas e lajes não são as únicas coisas que definem uma arquitetura, definitivamente.

A arquitetura pneumática é aquela constituída por materialidades leves, flexíveis, suportada por bases fixas, mas sem a capacidade de suportar a si mesma decorrente da leveza, com a função de cobrir um vão a partir da injeção de ar. Isto é, são estruturas conformadas a partir de membranas pneumáticas infladas por sistemas de ar que atuam de mesma forma como o mecanismo de um balão inflado por ar quente ou antigos zepelins preenchidos por um gás menos denso que o ar. Há dois grupos constituídos por estas estruturas, aquelas sustentadas pela pressão do ar e aquelas que são enrijecidas por ele.

Plastique Fantastique envolve antiga escultura com pavilhão inflável para o Helsinki Design Week

O coletivo alemão Plastique Fantastique criou a “superKOLMEMEN”, uma estrutua inflável envolvendo uma antiga escultura localizada no centro de Helsinki para o Helsinki Design Week. Ao longo do evento, a instalação foi usada como um espaço para encontros, leituras, apresentações e oficinas.

Cortesia de Plastique FantastiqueCortesia de Plastique FantastiqueCortesia de Plastique FantastiqueCortesia de Plastique Fantastique+ 8

A arquitetura inflável de Plastique Fantastique

As estruturas pneumáticas do escritório Plastique Fantastique foram originalmente concebidas em 1999 por necessidade: "O fato de usarmos plástico era apenas porque não tínhamos dinheiro", explica o fundador do escritório, Marco Canevacci. "Então, o plástico era o material mais barato que podíamos imaginar, e você pode unir partes muito facilmente e criar arquitetura muito simples. Com um compressor de ar quente, estas arquitetura se tornam lugares muito aconchegantes." Em suas quase duas décadas de experimentações contínuas, as intervenções pneumáticas do escritório se tornaram emblemáticas de uma arquitetura efêmera, temporária e excêntrica. Seu trabalho dá continuidade a uma linhagem iniciada pelo grupo experimental utópico Haus-Rucker-Co, cujas estruturas infláveis dos anos 1960 eram criações livres e descartáveis que brincavam - literalmente e metaforicamente - com os limites de um mundo que eles viam como sério, rígido e tedioso.

Ano passado, o Plastique Fantastique foi convidado para o 180 Creative Camp organizado pelo Canal 180 em Abrantes, Portugal, onde sua enorme instalação Strawberry Ice Cream Cone ocupou um espaço público, proporcionando aos visitantes uma experiência espacial singular e divertida. Para registrar a ocasião, o Canal 180 produziu um vídeo que mostra alguns dos projetos mais recentes do escritório e documenta a construção de seu mais recente trabalho. Assista ao vídeo acima e veja algumas imagens da instalação, a seguir.

© Miguel Oliveira and Bárbara Moreira© Miguel Oliveira and Bárbara Moreira© Miguel Oliveira and Bárbara Moreira© Miguel Oliveira and Bárbara Moreira+ 19

Instalação "Domesticity" cria um espaço de estar nas ruas de Abrantes

Após ser anunciada como vencedora da chamada de intervenções urbanas do 180 Creative Camp no início deste ano, a equipe colombiana composta por María Mazzanti e Martin Ramirez construiu sua proposta no centro da cidade portuguesa de Abrantes. O projeto, intitulado "Domesticity", empregou mobiliário antigo dos habitantes de Abrantes, devidamente reformado pelos designers, na criação de um espaço de estar externo e compartilhado onde as pessoas podiam interagir.

Cortesia de 180 Creative CampCortesia de 180 Creative CampCortesia de 180 Creative CampCortesia de 180 Creative Camp+ 11

180 Creative Camp 2015

De 5 a 12 de julho que o 180 Creative Camp vai invadir o centro de Portugal, levando até Abrantes colaborações criativas únicas entre vários artistas nacionais e internacionais de renome nas áreas de arte urbana, vídeo, design, música e arquitetura.