1. ArchDaily
  2. Minecraft

Minecraft: O mais recente de arquitetura e notícia

Como projetar espaços para crianças em áreas marginalizadas? 3 exemplos da UN-Habitat

A Un-Habitat ou agência das Nações Unidas para assentamentos humanos e desenvolvimento urbano sustentável, cujo foco principal é lidar com os desafios da rápida urbanização, vem desenvolvendo abordagens inovadoras no campo do desenho urbano, centradas na participação ativa da comunidade. O ArchDaily se associou a UN-Habitat para trazer notícias semanais, artigos e entrevistas que destacam este trabalho, com conteúdo direto da fonte, desenvolvido por nossos editores.

Nesta segunda colaboração com UN-Habitat, descubra diferentes exemplos de como projetar com e para crianças em áreas marginalizadas. Na verdade, o planejamento responsivo à criança leva a uma cidade inclusiva vibrante e animada. Com foco em espaços para crianças, destacam-se casos em Bangladesh, Níger e Vietnã. Esses projetos de implantação de espaços públicos buscam promover cidades habitáveis, ecologicamente corretas, assumindo abordagens participativas e envolvendo os jovens desde o início do processo.

Rayerbazar Boishakhi Playground - Bangladesh. Image Cortesia de UN-HabitatRayerbazar Boishakhi Playground - Bangladesh. Image Cortesia de UN-HabitatTrang Keo Park - Vietnam. Image Cortesia de UN-HabitatSinka Park - Niger. Image Cortesia de UN-Habitat+ 35

Lições da ONU-Habitat: como projetar espaços para e com as pessoas?

A ONU-Habitat ou Agência das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos e Desenvolvimento Urbano Sustentável, cujo foco principal é lidar com os desafios da rápida urbanização, tem desenvolvido abordagens inovadoras no campo do desenho urbano, centrado na participação ativa da comunidade.

Descubra neste artigo a primeira lição a ser aprendida com a ONU-Habitat, sobre como projetar com e para as pessoas. Para criar espaços públicos melhores, o único segredo é ouvir a comunidade. Refletindo sobre “como podemos projetar juntos”, este artigo apresenta casos em Gana, Brasil e Índia, com foco em projetos de implantação de ruas, mercados e espaços públicos abertos.

Mind the Step - Jardim Nakamura, São Paulo, Brazil. Image Cortesia de UN-HabitatMind the Step - Jardim Nakamura, São Paulo, Brazil. Image Cortesia de UN-HabitatChild Play Spaces in Malata & Nima Markets - Accra, Ghana. Image Cortesia de UN-HabitatChild Play Spaces in Malata & Nima Markets - Accra, Ghana. Image Cortesia de UN-Habitat+ 48

MVRDV dá vida ao Minecraft com o projeto RED7 em Moscou

O escritório holandês MVRDV divulgou o RED7, um projeto habitacional para Moscou e o primeiro edifício da empresa na Rússia. O MVRDV foi eleito vencedor do concurso para o edifício em dezembro de 2017, e o projeto foi aceito pelo comitê de arquitetura de Moscou. Assumindo a geometria de blocos empilhados que fazem lembrar o jogo Minecraft, o projeto tem como inspiração seu próprio contexto. Como um portal simbólico para o centro da cidade, o projeto contará com 289 apartamentos com terraços e vistas amplas para o horizonte da capital russa.

RED7. Cortesia de MVRDVRED7. Cortesia de MVRDVRED7. Cortesia de MVRDVRED7. Cortesia de MVRDV+ 12

LEGO vs Arquitetura: Documentário da BBC explica como tudo está conectado

Você poderia se considerar um arquiteto caso você não tivesse uma velha caixa de LEGO, da qual você não consegue se desfazer, armazenada em um sótão ou em algum lugar qualquer?

O LEGO tornou-se parte da consciência coletiva da arquitetura - uma inspiração, uma ferramenta de modelagem, um motorista nostálgico, uma raison d'être para os arquitetos que cresceram construído mundos com as pequenas peças e imaginando realidades alternativas. Com a conclusão das obras da LEGO House, projetada pelo BIG em Billund, a LEGO volta a ser o foco das atenções. Mas, como veremos neste breve documentário, ela nunca deixou de ser.

Como o Minecraft está inspirando a próxima geração de jovens arquitetos

Para muitos arquitetos, uma obsessão com o projeto vem desde uma idade muito jovem - muitas vezes, uma carreira de arquitetura começa com brinquedos como blocos de madeira ou o clássico LEGO. Nos últimos anos, porém, um novo concorrente surgiu para inspirar mentes arquitetônicas jovens: Minecraft. Neste artigo, originalmente publicado em Autodesk's Line//Shape//Space como "Minecraft Architecture: What Architects Can Learn From a Video Game,", Kim A O'Connell analisa a influência crescente do Minecraft no desenho e educação arquitetônica, incluindo a crescente presença da equipe global da "Blockworks".

Desde que estourou no cenário dos jogos em 2009, Minecraft tornou-se um dos jogos mais populares do mundo, tanto que a Microsoft comprou o jogo e a companhia que o produzia por uma quantia de $ 2,5 milhões, em 2014.

Hoje, a plataforma de construção também tem atraído a atenção de arquitetos e designers. Poderia um jogo de computador realmente mudar a forma como a arquitetura é ensinada e praticada?

Construído como entrada para o Planeta Minecraft para a competição “Revolução Industrial ”, a equipe BlockWorks foi capaz de mostrar o seu processo de trabalho sob a forma de uma compilação Minecraft . Imagem Cortesia de BlockWorksConstruído como entrada para o Planeta Minecraft para “Underwater Wonderland Contest,” o Faberzhe Palace mistura de fantasia e estilos arquitetônicos eslavos . Imagem Cortesia de BlockWorksCompetição com o tema Terra-do-Nunca. Imagem Cortesia de BlockWorks.Questionado pelo jornal The Guardian “para construir uma visão moderna da vida urbana em uma cidade limpa e sustentável em Minecraft, "Blockworks criou Climate Hope City utilizando tecnologias e protótipos verdes existentes para um projeto sustentável. Imagem Cortesia de BlockWorks.+ 6

15 modelos arquitetônicos incríveis criados no Minecraft

Com 70 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, seria injusto referir-se ao Minecraft como um simples jogo de blocos texturizados em um pixelado mundo 3D. Ao comprar o companhia criadora do jogo (Mojang) e seus direitos autorais em 2014, a Microsoft anunciou recentemente que também adquiriu o MinecraftEdu, a versão educativa oficial, utilizada como verdadeira ferramenta criativa em mais de 10.000 salas de aulas em 45 países em todo o mundo.

As infinitas possibilidades de jogo motivaram milhões de pessoas no mundo todo a criar e compartilhar suas maiores criações: cidades, edifícios próprios e até a reinterpretação de obras históricas. Seu impacto foi reconhecido em 2015 pelo Centro Pompidou, que dedicou uma exposição sobre seu potencial criativo entre crianças e adolescentes.

Veja, a seguir, 15 modelos impressionantes criados na plataforma.É possível fazer download da maioria deles (através de links externos disponibilizados pelos próprios criadores) para sua própria conta no Minecraft.

Adamantis. Imagem via jamdelaney1Tatsuyama, a montanha do Império do Dragão. Imagem via Wooraah Atlântida. Imagem via NewHeavenCidade Proibida. Imagem via bohtauri+ 75